Notícia Renault

O Renault Kwid completa seu primeiro ano no mercado nacional como líder do seu segmento, com 34,9 mil unidades emplacadas de janeiro a julho – ou 44% dos volumes do mercado dos compactos de entrada. Desde o lançamento do veículo, em agosto de 2017, os licenciamentos do Kwid superaram as 57 mil unidades até o final do último mês. Entre os destaques que levaram o carro ao sucesso estão o baixo consumo de combustível, o maior espaço interno entre seus concorrentes, com o maior porta-malas da categoria

O sucesso no mercado nacional é repetido em países como Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela, além de nações da África, onde o Kwid também já é vendido. No total, cerca de 25 mil unidades foram exportadas para esses locais a partir do Complexo Ayrton Senna, no Paraná, onde o Kwid é fabricado.

“O Kwid é um veículo fundamental para a estratégia de crescimento da Renault no Brasil, sendo um dos elementos responsáveis por termos alcançado uma participação de mercado superior a 8% no acumulado de janeiro a julho – um marco histórico para a nossa marca. Ele é um carro que inovou no projeto, na pré-venda, que alcançou volumes quatro vezes superiores ao que esperávamos, e na forma de vender, com o K-Commerce, que permite a compra de um veículo de maneira totalmente on-line”, afirma Luiz Pedrucci, presidente da Renault do Brasil.

Lançado em janeiro deste ano, o K-Commerce é a plataforma mais completa para a compra de um veículo. A solução caiu no gosto dos consumidores brasileiros e, até o final de julho, já teve mais de 2,5 milhões de acessos, com a venda de quase 11 mil Kwids. O acesso ao site (loja.renault.com.br) é feito em quase 70% dos casos por celulares ou tablets.

JJ

(4.714 visualizações, 1 hoje)