Expectativa é de obter cerca de R$ 300 mil em venda organizada pela RM Sotheby’s.

Um conjunto Mini-Komet, descrito como o último kart pilotado por Ayrton Senna, será leiloado na semana que vem pela casa RM Sotheby’s, em Londres. José Dias Dirani, atual proprietário do micromonoposto, afirma que o tricampeão mundial acelerou o veículo na pista de sua fazenda, em Tatuí (SP), no dia 19 de março de 1994 e desde então “nunca mais foi usado”. Após um longo processo de restauração do chassi e do motor, respectivamente pela fábrica Mini e pelos herdeiros de Lúcio Pascual Gascón, o “Tchê”, o preparador do Kart de Senna,  e uma série de negociações com o Instituto Ayrton Senna, foi possível confirmar a venda em leilão. O instituto receberá cerca de 10% do valor obtido no leilão.

Silviano Domingues, responsável pela divulgação do projeto, afirma que  “desde aquele 19 de março de 1994 o kart nunca foi à pista”. Sempre de acordo com Domingues, o processo de restauração foi iniciado em 2006; cinco anos mais tarde foram tratados os aspectos de documentação e certificação e, em 2014, as negociações com a Sotheby’s. Detalhes do leilão podem ser encontrados neste link.

WG

(889 visualizações, 1 hoje)