Sainz Jr. muda para Woking com bagagem que muda imagem de sua nova equipe

Longe de ser uma notícia bombástica, a confirmação do espanhol Carlos Sainz Jr. como piloto da equipe McLaren para 2019 e alguns anos mais consolida uma nova fase da equipe que há muito praticava a escolha de seus pilotos pelo curriculum e não por imposições do momento ou do fluxo de caixa. Não se trata de desmerecer o talento do filho de Carlos Sainz, piloto que ficou conhecido como “El Matador” por suas incontáveis vitórias no mundo do rali e do cross-country: quando seu rebento dividiu a Toro Rosso com o holandês Max Verstappen, o holandês, guindado à condição de primeiro piloto da Red Bull em 2019, não teve vida fácil.

O que se pode ler no comunicado emitido esta manhã pela McLaren pós-Ron Dennis é a capitalização das vantagens que um piloto caro à Renault pode trazer para uma equipe que precisa otimizar o seu fluxo de caixa e o faz de maneira arriscada, posto que o espanhol ainda não convenceu seus críticos de que é um piloto de ponta e capaz de liderar uma equipe. Trocando em miúdos, aceitá-lo como substituto de Fernando Alonso agrada ao seu fornecedor de motor, garante uma parceria duradoura e importante para a recuperação da equipe e atrai investidores e patrocinadores da Espanha: espere ver a Estrella Galícia como apoiador da McLaren em 2019…

Possíveis companheiros: alto/esq: Vandoorne, Perez, Marleov. Embaixo: Norris, Latifi, Grosjean, Kimi.

A segunda vaga da equipe ainda é motivo de muita especulação: aposta-se pouco na manutenção do Stoffel Vandoorne, algumas fichas a mais no anúncio de que o escolhido será o inglês Lando Norris e ninguém descarta que um piloto com bons dotes financeiros, como o russo Artem Markelov, torne-se um concorrente considerado ao segundo carro da equipe. Romain Grosjean (cuja permanência na Haas é dúbia), o canadense Nicholas Latifi (cujo pai tem 10% das ações da McLaren) e Kimi Räikkönen (que disputa com Charles Leclerc o segundo carro da Ferrari e para muitos é o favorito) são nomes que vão aparecer nas bolsas de apostas do mundo inteiro. Por enquanto o máximo que a McLaren diz é que a composição final da equipe para 2019 será anunciada “in due course”, entenda-se “no momento oportuno”…

Curiosa diferença nos sites da McLaren: à esquerda o dedicado ao grupo, à direita o de mídia.

Não deixa de ser curioso que a primeira página do site do grupo McLaren traga o comunicado da contratação de Sainz Jr em destaque, algo que não acontece com o site dedicado à mídia. Culpa do estagiário?

WG

(691 visualizações, 1 hoje)