A Volkswagen anunciou hoje (18) disponibilidade imediata na rede de concessionárias da opção de câmbio automático de 6 marchas  para Polo e Virtus 1,6 MSI, até então dotados exclusivamente de câmbio manual de cinco marchas.

O câmbio é o Aisin AQ-160-6F, semelhante construtivamente ao AQ-250-6F das versões 200 TSI do Polo e do Virtus. A diferença de especificação está na capacidade do câmbio em suportar o torque do motor, maior no tricilindro 1-litro turbo (20,4 m·kgf) do que no 1,6 de aspiração atmosférica EA211 4-cilindros (15,8/16,5 m·kgf). As relações das marcha e do diferencial são diferentes e adequadas a cada motor.

Agora os MSI Polo (foto de abertura) e Virtus podem vir com câmbio automático

O câmbio automático é epicíclico e há controle de neutro pelo conversor de torque nas paradas enquanto o pedal de freio estiver firmemente pressionado. Há modo S e manual sequencial pela alavanca seletora ou borboletas atrás do volante. Há bloqueio do conversor da terceira marcha em diante.

Como era de esperar, o câmbio automático deixou os modelos mais lentos (números com gasolina não foram informados):

DESEMPENHO (álcool) 0-100 km/h, s Vel. máxima, km/h
Polo MSI 1,6 manual 9,8 195
Polo MSI 1,6 automático 10,5 188
Virtus MSI 1,6 manual 9,6 193
Virtus MSI 1,6 automático 10,8 190

Não foram informados os preços das versões com câmbio automático.

BS

(Atualizado com inclusão de tabela de desempenho comparando os dois câmbios em 18/07/18 às 20h30)

(6.697 visualizações, 4 hoje)