Já não se fazem mais chineses como antigamente. E o novo Lifan X80 é mais uma prova disso. O crossover grandão, com jeitão de SUV, mostra em seus 4.820 mm de comprimento que o nível de montagem e acabamento tem melhorado muito entre os chineses.

Este Lifan reproduz um cenário mostrado no recente Salão de Pequim: os chineses perceberam que somente o preço baixo não seduz os consumidores ocidentais. E correm atrás do prejuízo, melhorando o nível construtivo de seus produtos sobre rodas. Claro que a tarefa maior vai ser mudar a imagem de seus produtos em todo mundo, mostrando que os carros chineses também são capazes de ter mesma qualidade dos iPhones, que são “made in China” e se paga milhares de reais por eles.

Novo X80 marca a entrada da Lifan no segmento superior, o dos SUVs grandes e de luxo

E o novo X80, que acaba de chegar o Brasil, se mostra claramente superior aos produtos anteriores da Lifan. Mesma com uma estética hoje genérica entre os “SUVs de Shopping” (tem tração apenas dianteira) chega a chamar atenção pela sua aparência. Seu desenho faz parte da escola iniciada pelo Hyundai ix35 (lançado aqui em 2010), que mudou a estética destes carros da moda, esquecendo o jeitão de jipe para usar traços e perfis mais de automóveis. Porém, mantendo a aparência grandalhona e o controvertido prazer e status de dirigir “altinho”. Tanto que hoje que não tem um SUV pode precisar de terapia.

Painel TFT e tela central de 8′ completam o interior confortável do chinês tamanho família

E o Lifan X80 traz todos os equipamentos para os apreciadores de uma boa “placa-mãe sobre rodas”. Tem também acabamento luxuoso e montagem de melhor qualidade, além de oferecer três fileiras de bancos para abrigar até sete passageiros.

Câmera de ré se torna necessária pela pouca visibilidade traseira, comum em veículos altos

Silêncio a bordo, espaço e conforto com bancos e forrações em “couro” (material sintético), bastante eletrônica (inclusive painel TFT que permite várias configurações visuais), condicionador de ar com controle separado para os passageiros do banco traseiro (ou segunda fileira)… Tudo no X80 mostra que os chineses já aprenderam bastante sobre os consumidores ocidentais, inclusive na qualidade de acessórios e até nos gaps corretos (folgas) entre as peças da carroceria. E agora tentam conquistar a categoria de luxo.

Terceira fileira aumenta a capacidade para sete passageiros, mas não se tem muito conforto

Fabricado na China e montado em regime CKD no Uruguai, este Lifan tem poucos pênaltis em conforto e amenidades, caso dos vidros elétricos que são um-toque apenas para descer.

Em compensação, traz mimos exclusivos como o comando elétrico também no banco do acompanhante (apenas em profundidade e ângulo do encosto), ou mesmo as luzes de cortesia dos espelhos externos projetando o logo da Lifan no chão.

Teto solar é mais um dos muitos acessórios quase obrigatórios nesta categoria

Piso plano para os passageiros do banco traseiro, teto solar, câmera de ré (necessária pela pouca visibilidade traseira, rodas de aro 19″), freio de estacionamento elétrico, multimídia de 8’ … existem quase todos os acessórios exigidos nesta categoria.

A mecânica traz soluções hoje tradicionais, como um motor quatro-cilindros turbo acoplado a um câmbio automático de seis marchas (com troca manual apenas na alavanca).

Motor turbo 2,0 traz soluções atuais, mas o TSI não significa um projeto da VW

E aí o bicho pega. Apesar da evolução chinesa na construção e acabamento de carroceria, interior, equipamentos e luxo, em matéria de motorização o progresso não foi tão expressivo. O motor 2,0 turbo até ostenta na sua capa um orgulhoso logotipo TSI (que não pode ser usado na carroceria por ser patente da VW), mas seu rendimento deixa a desejar. Mesmo sendo um downsizing (motor menor com rendimento de maior cilindrada) ele satisfaz apenas quanto à potência máxima, de 184 cv a 5.500 rpm.

Seu torque de 28,6 m·kgf entre 1.600 e 3.600 rpm é modesto para o peso do “camburão”, com seus quase 1.900 kg. As acelerações são preguiçosas e para vencer subidas mais longas, sem perder velocidade, frequentemente são necessárias marchas mais baixas e manter a rotação do motor “lá em cima”, perto da potência máxima. E aí o consumo sobe bastante. Principalmente se o X80 estiver carregado com as sete pessoas (duas meio espremidas no terceiro banco).

Teoricamente, este motor traz tudo de mais atual para ser eficiente: turbo, injeção direta de combustível (só gasolina), duplo comando (ambos variáveis) para as 16 válvulas. Mas, falta certa harmonia no casamento de todos estes recursos, o que deixa o motor Lifan distante da bela sinfonia de suavidade, economia e esportividade de um verdadeiro TSI da VW. Ainda assim a Lifan é pouco modesta e indica a velocidade máxima como “acima de 200 km/h”. A marca de 0 a 100 km/h não é divulgada pela marca, mas coleguinhas jornalistas no exterior falam em cerca 12 segundos. Pessoalmente chutaria uns 14 s.

Até o consumo foi razoável (9/10,5 km/l rodando a 100/120 km/h, sem ar-condicionado) e deve melhorar com o uso, já que o X80 avaliado tinha menos de 1.000 km rodados. Mas, falta alegria e saúde para o motorzinho china.

Grandes rodas de aro 19″ e suspensão bastante eficiente; os freios poderiam ser mais potentes

A suspensão está bem-resolvida, com bom compromisso entre conforto e esportividade. Apenas os pneus chineses são um pouco escandalosos, deixando escorregar a frente do “galipão” (homenagem ao jornalista automobilístico carioca Jason Vogel, que adora este sinônimo carioca para camburão) antes da hora.

As saídas de frente foram até engraçadas, propositais, já que os pneus “Gay Parade” gritam bastante antes de escorregar na maionese. Digo, no asfalto.

Os controles de estabilidade e tração são eficientes e — se o motorista não corrigir a trajetória no começo da gritaria — os duendes eletrônicos trazem o carro de volta sem muito escândalo, sem borrar a maquiagem ou comprometer a cueca.

Os freios (discos nas quatro rodas) são razoáveis, mas poderiam ser mais potentes. Com rodas e pneus muito grandes, boa parte do atrito é gasto para frenar a inércia das rodas, antes de segurar o próprio carro.

Visual de crossover mostra influência dos coreanos, que mudaram os SUVs com o Hyundai ix35

As intenções da Lifan são modestas (venda de 120 unidades/mês) e o preço é até atraente para esta categoria de luxo: R$ 129.777 para a versão topo e única, com três anos de garantia (a Lifan adora o 777 no preço, é quase uma superstição).

Sucesso de marcas chinesas no Brasil depende também do desempenho da CAOA com a Chery

Em minha opinião, hoje tanto a Lifan como a JAC dependem da CAOA para deslancharem no Brasil. Se o doutor Carlos Alberto conseguir sucesso em reposicionar a Chery, as outras marcas chinesas irão a reboque. Afinal, para isso é necessário mudar a imagem dos produtos chineses, uma tarefa bem complicada. E a CAOA tem todas as ferramentas, recursos e experiência para encarar o desafio. Quem já mudou a imagem dos coreanos está credenciado para tentar o mesmo com os chineses.

Não percam os próximos capítulos. Se tiver final feliz, eu até compro um Chery QQ elétrico para ligar na tomada da garagem. Só para provocar os autoentusiastas mais tradicionalistas. O pior: já andei com o QQ elétrico na China e gostei. Mas isso é outra história…

JS

 

FICHA TÉCNICA LIFAN X80
MOTOR
Designação LF843ZLQ
Descrição 4-cilindros, transversal, bloco de ferro fundido, cabeçote de alumínio, duplo comando de válvulas, 4 válvulas por cilindro, corrente, variador de fase admissão e escapamento, injeção direta, turbocompressor com interresfriador, gasolina
Diâmetro x curso (mm) n.d.
Cilindrada (cm³) 1.984
Taxa de compressão (:1) 9,6
Potência máxima (cv/rpm) 184/5.000
Torque máximo (m·kgf/rpm) 28,6/1.600-3.600
TRANSMISSÃO
Câmbio Transeixo dianteiro com câmbio automático epicíclico DSI 6AT de seis marchas marchas à frente e ré, tração dianteira
Relações das marchas (:1) n.d.
Relação de diferencial (:1) n.d.
SUSPENSÃO
Dianteira Independente, McPherson, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora
Traseira Independente, multibraço, mola helicoidal,amortecedor pressurizado e barra estabilizadora
DIREÇÃO
Tipo Pinhão e cremalheira, eletroassistida indexada à velocidade
Diâmetro mín. de curva n.d.
Relação de direção (média, :1) n.d.
N° de voltas entre batentes n.d.
FREIOS
De serviço Hidráulico, duplo-circuito, servoassistido a vácuo
Dianteiros (Ø mm) Disco ventilado/n.d.
Traseiros (Ø mm) Disco/n.d.
Controle ABS (obrigatório), EBD e auxílio à frenagem
RODAS E PNEUS
Rodas Alumínio 7Jx19)
Pneus 245/55R19
PESOS (kg)
Em ordem de marcha 1.885
Carga máxima n.d.
CONSTRUÇÃO
Tipo Monobloco em aço, suve 4-portas, 7 lugares, subchassi dianteiro
DIMENSÕES EXTERNAS (mm)
Comprimento 4.820
Largura sem espelhos 1.934
Altura 1.760
Distância entre eixos 2.790
Distância mínima do solo 130
CAPACIDADES
Porta-malas (L) n.d.
Tanque de combustível (L) 72
DESEMPENHO
Aceleração 0-100 km/h (s) n.d.
Velocidade máxima (km/h) Superior a 200
CONSUMO DE COMBUSTÍVEL DE HOMOLOGAÇÃO
Cidade (km/l) 8,4
Estrada (km/l) 12,3

 

EQUIPAMENTOS LIFAN X80
SEGURANÇA
Abertura das travas das portas com sensor de presença da Smart Key)
Assistente de saída em aclive
Assistente para redução de inclinação em mudanças de direção bruscas
Aviso sonoro de cinto de segurança do motorista e passageiro desatado
Cintos de segurança de 3 pontos para 7 passageiros
Cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador e limitador de força
Controle de descida
Controle de estabilidade e tração
Engates Isofix para dois bancos infantis
Seis bolsas infláveis (2 frontais, 2 laterais e 2 de cortina para todos os bancos
Sensor crepuscular – acendimento automático dos faróis
Sensor de estacionamento dianteiro e traseiro
Smart Key com bloqueador e desbloqueador por presença
CONFORTO
Ar-condicionado dianteiro com controle eletrônico de temperatura
Ar-condicionado traseiro com controle de temperatura e intensidade
Banco do motorista com ajuste elétrico de altura, distância, inclinação e lombar.
Banco do passageiro com ajuste elétrico de distância e inclinação.
Botão de partida com chave presencial Smart Key
Direção eletroassistida
Regulagem elétrica de altura dos faróis
Teto solar elétrico
Vidros, travas e retrovisores elétricos
Volante multifuncional revestido em couro com ajuste de altura e distância
COMODIDADE
Banco traseiro com descansa-braço
Bancos em “couro” (material ecológico)
Controle de velocidade de cruzeiro
Duas tomadas 12V (painel e porta-malas)
Espelho retrovisor interno eletrocrômico
Freio de estacionamento eletrônico
Retrovisores externos eletrorretráteis com aquecimento
Segunda e terceira fileira de bancos rebatíveis
Segunda fileira de bancos deslizante
MULTIMÍDIA
Central Multimídia com tela tátil de 8″
. • Câmera de ré com linhas de trajetória
. • Compatível com Apple Carplay e Android Auto
. • Conexão Bluetooth para celular
. • Entradas USB e auxiliar
. • MP3/MP4/MP5/WMA
. • Rádio AM/FM
. • Seis alto-falantes
PAINEL E ILUMINAÇÃO
Ajuste da altura dos faróis
Comandos do multimídia no volante
Computador de bordo com funções de consumo e manutenção configurável
Controle de velocidade de cruzeiro no volante
Faróis de neblina
Luz traseira de neblina
Luzes de rodagem diurna em LED
Painel digital com 3 configurações de apresentação
(3.489 visualizações, 1 hoje)