Caríssimos leitores e leitoras,

Como sempre disse e também escrevi, nunca é hora de parar. Não é a idade (70, meu caso) que representa a sua capacidade profissional, mas sim o conhecimento, a moral, a personalidade, a presença e a vontade constante de enfrentar novos desafios.

Iniciei esta semana nova e permanente atividade profissional, na área em que atuei durante 34 anos, infelizmente incompatível com a minha participação num veículo de comunicação como o AE.

Com isto quero dizer que a coluna ”Do fundo do baú” ficará suspensa por tempo indeterminado.

Foram dois anos de histórias, mais precisamente 84, muitas alegrias e também muitos comentários que só enriqueceram o meu saber.

Agradeço de coração sua leitura e espero poder contar com a sua atenção no dia em que estiver de volta.

Com meu forte abraço a todos,

RB

A coluna “Do fundo do baú” é de total responsabilidade do seu autor e não reflete necessariamente a opinião do AUTOentusiastas.
(1.740 visualizações, 1 hoje)


Sobre o Autor

Ronaldo Berg
Coluna: Do Fundo do Baú

Ronaldo Berg, com toda sua vida ligada intimamente ao automóvel, aos 16 começou como aprendiz de mecânico numa concessionária Volkswagen em 1964. De lá para cá trabalhou na VW (26 anos), Audi (4), GM do Brasil (8), Kia (2), Peugeot Sport (4) e Harley-Davidson (2 anos). Sempre em nível gerencial e ligado a assistência técnica, foi também o gerente responsável pelas competições na VW e na Peugeot Sport, gerenciando a atividade dos ralis. No começo da década de 1970 chegou a correr de automóvel, mas com sua crescente atividade na VW do Brasil não pôde continuar.

Publicações Relacionadas