O caminho para esta matéria começou com uma postagem no Facebook do amigo do Rio de Janeiro, o Dan Palatnik, que no dia 7 /02/2017 divulgou a foto de um VW TL RIO, que era o nome de exportação do VW TL de quatro portas ano 1975, que pertence ao Gaby Glaser, de Israel.

Disto resultou uma matéria sobre este TL (Um “VW Brasília LS” em Israel), publicada em 20/02/2017, e uma amizade no Facebook com o Gaby.

O Gaby Glaser me contou sobre os eventos de Fusca que eram realizados em Israel e este ano ele enviou algumas fotos da edição de 2018. A partir destas fotos eu fiz contato com o pessoal do VW Air Cooled Club of Israel (Clube de VW Arrefecidos a Ar de Israel), primeiramente com o Yossi Daniel e depois com o Shmulik Kitainik. Este último é argentino e foi morar em Israel e ambos são membros da diretoria comunitária deste clube — não há hierarquia e todos trabalham em grupo.

Ao microfone o Shmulik Kitainik e a seu lado o Yossi Daniel (1)

Os demais membros da diretoria são: Ronen Cohen, Ram Nave, Guy Breitman, Inbar Breitman, Yossi Ergil, Shlomi Vainberger, Hana Jourban, David Baron, Raanan Turgeman, Rafi Zigovskand and Benny Noam. O clube se reúne numa lanchonete para as reuniões deliberativas.

No meu contato com o Yossi Daniel eu lhe pedi um resumo do evento sob o ponto de vista dele, e sua resposta demonstrou todo o seu engajamento no cenário de amantes dos carros Volkswagen com motor arrefecido a ar, um verdadeiro amor pela causa: “O encontro anual arrefecido a ar, de 2018, é uma celebração do amor e da coexistência realizado em um lindo local, o Porto  de Jaffa, um dos portos mais antigos do mundo. Mais de 270 carros chegaram na sexta-feira, dia 11 de maio, ao Porto de Jaffa para a reunião anual do “Clube de VW arrefecidos a ar de Israel”. Esta reunião anual é uma tradição nos últimos 14 anos, e a qualidade e quantidade de carros vem crescendo de ano para ano. Carros e proprietários vieram de todo o país, dirigindo em comboios coloridos e despertando uma grande atenção. O “Clube de VW arrefecidos a ar de Israel” reúne proprietários de todo o país, de todas as religiões, sem exceções, com um grande amor mútuo aos nossos carros. A metade dos carros são Fuscas outros quarenta e cinco por cento são Kombis T2 e T3, mas nós tivemos alguns convidados especiais como quatro Karmann Ghias, um 67 e outro 69 Tipo 14, um 56 “Low Light” e um Tipo 34 automático muito raro. Também uma Kombi T1 e um jipe Tipo 181, bem como alguns bugues. Tinha de tudo: German Look, Cal Look, Rat Look, rebaixados, Baja, clássicos, cores diferentes, estilos diferentes … em suma, um amor.”

Logo do Clube de VW arrefecidos a ar de Israel

Num contato com o Shmulik Kitainik eu fiz um comentário sobe o Dia Mundial do Fusca e o fato do Fusca e sua família promoverem a reunião de pessoas em torno deles em todo o mundo. Aí o Shmulik comentou sobre a comunidade plural que participa destes eventos de Volkswagens arrefecidos a ar em Israel:

-“Como você bem disse os Volkswagens, em especial os arrefecidos a ar, têm o dom de nos unir em todo o mundo. Em nosso Clube há pessoas de todas as religiões, árabes, judeus, cristãos e drusos.”

A cidade de Jaffa e seu porto têm uma história registrada de mais de três milênios. O porto em si é mencionado em várias obras antigas, incluindo a Bíblia hebraica, como o livro de Jonas, e as obras de Josefo descrevendo a história judaica e a primeira revolta dos judeus contra Roma. Ele tem sido usado ativamente por mais de 7.000 anos, antecedendo muçulmanos, cristãos, judeus e até mesmo egípcios. Este porto ainda é funcional, e atualmente serve como um pequeno porto de pesca. Hoje é uma zona de lazer, com restaurantes e cafés. Um antigo farol está localizado acima do porto.

Vista da parte velha da cidade com o porto e seu farol (2)

Antes de entrar na descrição do evento a partir das fotos e do vídeo, vou mostrar o que o Gaby Glaser enviou “em especial”, a saber uma foto aérea da área do evento mostrando o momento que ele, a bordo de seu VW TL Rio, estava chegando ao evento que recebia os seus primeiros participantes:

O VW TL RIO vermelho aparece chegando ao evento no canto direito inferior da foto (3)

 

O local do evento fica à beira-mar, num estacionamento em uma área delimitada para o encontro. Aí vão mais umas vistas aéreas do estacionamento do Porto de Jaffa:

Em primeiro plano a área do estacionamento reservada para o evento, a 2/3 à esquerda o molhe do porto de Jaffa e ao fundo a skyline de Tel Aviv. Este é o Mar Mediterrâneo (3)

 

De um outro ângulo se pode ver a diversidade de veículos que compareceu ao evento (6)

As fotos do evento falam por si. Fiz uma seleção das fotos disponíveis para dar exemplos dos veículos que participam dos encontros anuais. Vamos começar com os Fuscas “normais”:

Muitas Kombis compareceram ao evento, uma única T1, e várias T2 e T3, em várias versões, vamos conferir alguns exemplos:

As Kombis para camping da Westfalia e outras adaptações para camping fazem sucesso em Israel, das profissionais até as amadoras:

Como o Yossi Daniel havia dito, compareceram alguns Karmann Ghias e aí vai uma foto com alguns deles:

 

O primeiro da fileira é um Karmann Ghia Tipo 34 com câmbio automático, o segundo é um Rat Look, e o quinto carro também é um Karmann Ghia (10)

Agora um exemplar que chama muito a atenção, o Karmann Ghia estilo Rat Look do Shmulik Kitainik (Fotos: Eden Farag):

O pessoal gosta de customizar os seus Fuscas também em Israel, e neste evento também compareceram exemplares pertencentes às mais variadas tribos, como as fotos que se seguem mostram:

Finalizando as galerias de fotos vamos ver alguns exemplos de membros da Família dos VW Arrefecidos a AR que estiveram neste evento:

Os carros foram dispostos no estacionamento do Porto de Jaffa de acordo com uma ordem seguindo o tipo dos carros, e isto pode ser visto na interessante foto aérea abaixo. Nela os carros são vistos de cima e parecem ser de brinquedo, dada a simetria com a qual eles foram estacionados, só que não, observe com cuidado e você reconhecerá o esquema de estacionamento dos carros participantes do evento de 2018:

Uma vista aérea de topo da área do evento mostrando a pujança do movimento de preservação dos veículos Volkswagen arrefecidos a ar em Israel (3)

O patrocínio para o evento deste ano foi concedido pelo Município de Tel Aviv, o Porto de Jaffa, a Companhia Milga e, claro, a Champion Motors, importadora Volkswagen para Israel e este apoio à cultura automobilística local merece todo o crédito e apoio. No canto direito inferior da foto acima se pode ver um tapete azul e um carro e uma van; este foi o estande da Champion Motors que trouxe dois de seus veículos modernos para apresentar ao público participante do evento. Detalhes destes carros e do display da Champion Motors podem ser vistos na foto abaixo:

Estande da importadora Volkswagen Champion Motors, um dos patrocinadores do evento de 2018 (1)

Aí vai um vídeo para dar uma visão em movimento de tudo o que descrevi até agora, inclusive com cenas filmadas por drone desta linda área do Mar Mediterrâneo pertencente ao Estado de Israel:

 


Com esta matéria damos sequência à apresentação de eventos de Fuscas e seus parentes próximos em vários países do mundo, série que vamos continuar a apresentar no futuro.

É interessante ver as semelhanças e as diferenças que existem entre os eventos que estou apresentando, mas uma grande semelhança é o amor dos aficionados pelos carros da era dos arrefecidos a ar, isto é uma unanimidade mundial.

AG

 

Créditos & Notas

Fotógrafos que participam deste trabalho:
(1) – Yossi Ergil
(2) – Wikipedia
(3) – Shabtai Tal
(4) – Avi Rahamim
(5) – Gaby Glaser
(6) – Lior Bello
(7) – Eden Farag
(8) – Shani Nave
(9) – Vadim Gordon
(10) – Shimi Buchnik

 

Um agradecimento especial ao amigo Gaby Glaser por ter enviado as fotos do evento de 2018 e abrir a possibilidade de fazer esta matéria. Um grande agradecimento ao Yossi Daniel e ao Shmulik Kitainik pela ativa participação na elaboração desta matéria com o envio de fotos e esclarecimentos que foram processados aqui. Ficam aqui os parabéns ao “Clube de VW arrefecidos a ar de Israel” pelo trabalho realizado todos estes anos na manutenção destes eventos anuais, bem como dos eventos menores que são realizados em diferentes locais de Israel.

É realmente interessante ver que até em Israel o Fusca tem adeptos, talvez mais um pequeno milagre que este carro tão carismático conseguiu realizar em nome de um hobby e do amor pelos carros arrefecidos a ar desta marca. Parabéns a todos os envolvidos. O próximo passo que eu pretendo fazer é divulgar o Dia Mundial do Fusca a todos deste clube e convidá-los a participar das comemorações do dia 22 de junho de cada ano.

NOTA: Nossos leitores são convidados a dar o seu parecer, fazer suas perguntas, sugerir material e, eventualmente, correções, etc., que poderão ser incluídos em eventual revisão deste trabalho.
Em alguns casos material pesquisado na internet, portanto via de regra de domínio público, é utilizado neste trabalho com fins históricos/didáticos em conformidade com o espírito de preservação histórica que norteia este trabalho. No entanto, caso alguém se apresente como proprietário do material, independentemente de ter sido citado nos créditos ou não, e, mesmo tendo colocado à disposição num meio público, queira que créditos específicos sejam dados ou até mesmo que tal material seja retirado, solicitamos entrar em contato pelo e-mail alexander.gromow@autoentusiastas.com.br para que sejam tomadas as providências cabíveis. Não há nenhum intuito de infringir direitos ou auferir quaisquer lucros com este trabalho que não seja a função de registro histórico e sua divulgação aos interessados.
A coluna “Falando de Fusca & Afins” é de total responsabilidade do seu autor e não reflete necessariamente a opinião do AUTOentusiastas.
(1.446 visualizações, 1 hoje)