Vendas do modelo apresentado em Detroit começam em junho no Brasil

Os novos MINI apresentados no último Salão de Detroit, em janeiro, já conseguiram visto de entrada para as ruas e estradas brasileiras e começam a ser comercializados dentro de alguns dias, em meados de junho. Com uma boa dose de facelift, novidades com ênfase na conectividade e um novo câmbio, os pequenos esportivos serão comercializados em seis versões hatch de duas e quatro portas, desde o MINI Cooper Exclusive de duas portas (R$ 119.990) até o topo de linha John Cooper Works, versão mais potente e sofisticada (R$ 179.990). Na parte mecânica a maior novidade são os câmbios Getrag de 7 marchas e Aisin, de oito, este último exclusiva da versão JCW.

Modelos lançados no Salão de Detroit serão comercializados no Brasil a partir de meados de junho (MINI)

Externamente, quem olha a versão 2018, apresentada ontem na revenda Autostar, em São Paulo, nota os faróis dianteiros envoltos em um painel escurecido e olhando-a de trás (foto de abertura) não deixa de perceber que as lanternas mostram o esquema gráfico da bandeira do Reino Unido, identificada pelos plebeus britânicos como “Union Jack” (daí o título desta matéria). O mesmo motivo já foi explorado na carcaça dos espelhos retrovisores externos e extrapolado no teto de alguns modelos mais antigos.

Detalhe dos novos faróis dianteiros: moldura escurecida e LED oval em torno da lente (MINI)

Na parte estética outras novidades incluem o novo logotipo em duas dimensões aplicado na dianteira, traseira, volante, tela central de instrumentos e chave. O novo visual também pode ser conferido por três novas cores de acabamento metálico e rodas de liga de alumínio com estilo inédito. A decisão de lançar a linha 2018 no Brasil na versão hatch tem uma justificativa mais do que razoável a julgar pelas palavras de Julian Mallea, diretor da marca no País: “O modelo hatch é responsável por 50% das vendas no Brasil, que têm aumentado significativamente.”

Dos 411 veículos emplacados no primeiro trimestre deste ano, 29,25% a mais que no mesmo período de 2017, ou seja, em torno de 200 foram com essa carroceria. A linha MINIoferece também as versões Cabrio (conversível), a perua Clubman e a versão de tração 4×4 Countryman. Em 2017, a MINI registrou 10,6% de crescimento em vendas no País ante 2016, atingindo 1.588 unidades emplacadas, segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), mesmo com a queda de 3,03% no mercado nacional de automóveis premium. Em nível global, a MINI alcançou um novo recorde de vendas em 2017, com 371.881 vendidos, aumento de 3,2% em relação ao ano anterior.

Sentindo o impacto

Emblema agora aparece em alto-relevo; círculo remete ao projeto original de Sir Alec Issigonis (MINI)

Passado o impacto das novas cores externas (laranja Solaris, cinza Emerald e azul Starlight), e da lanterna “embandeirada”, ao ingressar no habitáculo pode ser que você note a opção do revestimento em couro dos bancos na tonalidade marrom Chester Malt ou, com certeza, novamente o esquema gráfico da “Union Jack” iluminando o lado direito do painel, novidade introduzida na última versão da pequena perua Clubman e agora adotada em todos os modelos da marca.

Dois novos desenhos das rodas de aro 17″, outras novidades da linha 2018 (MINI)

No tocante à conectividade do veículo com a internet, tanto a MINI quanto a BMW (o seu fabricante) privilegiam o aplicativo Apple CarPlay como padrão, opções Android não são espelhadas na tela do veículo; se nos BMW o sistema é comercializado como “Connected Drive”, neste caso usa-se “MINI Connected”. Além dos serviços já considerados básicos neste tipo de equipamento, a partir da versão topo Cooper é possível explorar a utilização de interfaces Bluetooth para comunicação com aplicativo instalado no celular destinado à localização de itens como bolsas, chaves e até o próprio carro, todos ligados ao mapa que pode ser visualizado no telefone.

Interior é muito atraente e confortável, especialmente os bancos (MINI)

A motorização dos novos modelos inclui as opções B38 (três cilindros) e B48 (quatro cilindros). A primeira, de 1,5 l, é dotada de turbocompressor e produz 136 cv de 4.400 até 6.000 rpm; o torque de 22,4 m·kgf, entre 1.250 e 4.300 rpm. As versões MINI Cooper Exclusive 2-portas, MINI Cooper Top 2-portas e MINI Cooper 4-portas, propulsionadas por esse motor, atingem 210 km/h e aceleram de 0 a 100 km/h em apenas 7,9 segundos usando uma nova solução de caixa de câmbio, a Getrag Steptronic dupla-embreagem de sete marchas.

Traseira do modelo 2018 destaca a nova lanterna e o aspecto esportivo dos para-choques (MINI)

Já o motor do Cooper S traz o 2-litros  4-cilindros de 192 cv de 5.000 a 6.000 rpm e 28,5 m·kgf de 1.350 a 4.600 rpm. Velocidade máxima de 233 km/h e a aceleração de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos são possíveis com o mesmo câmbio, disponível para as versões Cooper S de 2 e 4 portas.

Câmbio tem acionamento pela alavanca seletora (foto) e pelas borboletas junto ao volante (MINI)

Objeto de desejo de autoentusiastas de carteirinha fãs do MINI é a versão “apimentada” John Cooper Works. O que a marca não explora no Brasil é que a palavra ‘Works’ tem o mesmo significado da expressão “de fábrica” que identifica carros de corrida utilizados nas equipes oficiais dos seus fabricantes. Neste caso o trem de força é formado pelo motor 2-litros turbo, porém com potência de 231 cv entre 5.200 rpm e 6.200 rpm, torque de 32,6 m·kgf de 1.250 a 4.800 rpm. Nessa versão, a velocidade máxima é de 246 km/h e a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 6,1 segundos. O motor John Cooper Works é disponível apenas para o Mini Hatch 2-portas, que tem como câmbio uma unidade epicíclica Aisin de 8 marchas dotada de controle de largada. Todas elas oferecem trocas manuais com borboletas junto ao volante. A diferença de potência entre os motores quatro cilindros deve-se ao gerenciamento eletrônico do motor e ao emprego pistões e bielas forjados.

Hatch oferece duas opções de motores de 3 e 4 cilindros (foto), ambas turbo (MINI)

Todos os motores MINI TwinPowerTurbo (não é biturbo com o nome sugere, mas um turbocompressor de dupla voluta) presentes nos novos MINI hatch estão agora mais leves e eficientes, com redução de até 5% nas emissões de poluentes, otimização dos sistemas de tubulação de ar de admissão,  arrefecimento e escapamento, e adoção do uso de componentes em carbono reciclado usado na produção de automóveis BMW da submarca ‘i’ (i3 e i8).

 

VERSÕES E EQUIPAMENTOS

 

MINI Cooper Exclusive 2-portas (R$ 119.990)

 

A versão oferece, entre os itens de série, bancos dianteiros esportivos com ajuste de altura; alarme; ar-condicionado; Colour Line em Preto Carbono; computador de bordo; controle de cruzeiro com função freio; pneus runflat; faróis de neblina; kit de primeiros  socorros; luz de neblina traseira; luzes de direção na cor cristal; pacotes de armazenamento e luzes; parafuso de roda com segredo; sistema de infoentretenimento com rádio MINI Visual Boost, tela de 6,5 polegadas e interface Bluetooth Hands Free; superfícies do interior em cinza Hazy; tapetes em veludo; travamento automático das portas em movimento; volante esportivo em couro com botões multifuncionais e rodas em liga de alumínio de 16 polegadas. Como itens opcionais, a versão disponibiliza câmera de ré e sensor de estacionamento traseiro; faixas decorativas no capô brancas/pretas; pacote Parking (assistente e sensor de estacionamento dianteiro); sistema de áudio Hi-Fi Harman/ Kardon; sistema de navegação MINI e teto solar panorâmico.

 

MINI Cooper Top 2-portas (R$ 129.990)

Os itens de série são: bancos dianteiros esportivos com ajuste de altura; ar-condicionado digital automático bizona; Colour Line em Preto Carbono; computador de bordo; controle de cruzeiro com função freio; descans-braço dianteiro; roda de liga de alumínio aro 17” Tentacle Spoke com pneus runflat; faróis de neblina em LED; faróis principais totalmente de LED; kit de primeiros socorros; luz de neblina traseira; luzes de direção na cor cristal; Mini Connected; pacote de armazenamento e luzes; parafuso de roda com segredo; rádio MINI Visual Boost; tela de 6,5 polegadas; interface Bluetooth Hands Free;  anel LED; ligação de emergência inteligente; serviço de ConectedDrive; Tele-services; sensores de chuva e crepuscular; superfícies do interior em cinza Hazy; tapetes em veludo; travamento automático das portas em movimento e volante esportivo em couro com botões multifuncionais. Os opcionais disponíveis são câmera de ré e sensor de estacionamento traseiro; faixas decorativas no capô brancas/pretas; pacote Parking (assistente e sensor de estacionamento dianteiro); sistema de áudio Hi-Fi Harman/ Kardon; sistema de Navegação MINI e teto solar panorâmico.

 

MINI Cooper 4-portas (R$ 135.990)

Essa versão traz todos os itens da versão Mini Cooper Exclusive 3p mais ar-condicionado dual-zone; descansa braço dianteiro; rodas em liga leve de 17 polegadas; faróis de neblina em LED; faróis Full LED; Mini Connected; sensores de chuva e crepuscular; Teleservices; ligação de emergência inteligente e serviço de Mini Conected. Como opcionais, essa versão disponibiliza câmera de ré e sensor de estacionamento traseiro; faixas decorativas no capô brancas/pretas; sistema de áudio Hi-Fi Harman/ Kardon; sistema de Navegação MINI; teto solar panorâmico e o pacote Parking (assistente e sensor de estacionamento dianteiro).

 

MINI Cooper S 2-portas (R$ 159.990)

Oferece todos os itens de série da versão MINICooper Top 2-p, porém com faróis em LED adaptativos, mais ajuste eletrônico de amortecimento; MINI Driving Modes; MINI Excitement Package (Luzes de ambiência); MINI Head-Up Display; pacote de armazenamento; retrovisor interno eletrocrômico; Sistema de áudio Hi-Fi Harman/Kardon; MINI Connected XL; sistema de Navegação MINI Professional com tela multimídia de 8,8 polegadas e HD de 20 GB, MINI Touch Controller, Interface Bluetooth Hands Free, anel em LED, ligação de emergência inteligente, serviço de MINI Conected, Tele-services e Apple CarPlay; superfícies do interior em preto Xadrez e volante John Cooper Works em couro com botões multifuncionais e borboletas. Os opcionais são: faixas decorativas no capô brancas/pretas; pacote Parking (assistente e sensor de estacionamento dianteiro); rodas 17” Roulette Spoke (com pneus runflat) e rodas 17” Propeller Spoke (com pneus runflat).

 

MINI Cooper S 5p (R$ 165.990)

Essa versão os mesmos equipamentos de série e opcionais da versão MINI Cooper S 3p, com a inclusão apenas de faróis direcionais full LED.

 

MINI John Cooper Works (R$ 179.990)

A versão mais potente da linha traz todos os equipamentos da versão MINI Cooper S 3p mais bancos esportivos John Cooper Works; faixas esportivas John Cooper Works no capô; forro de teto em Anthracite; defletor traseiro; superfícies do interior em preto Piano e teto e capa dos retrovisores externos vermelhos ou pretos, além de Sistema de áudio Hi-Fi Harman/Kardon. Os itens opcionais são o pacote Parking (assistente e sensor de estacionamento dianteiro); roda aro 18 polegadas JCW Cup Spoke 2-tons com runflat.

WG

(1.504 visualizações, 1 hoje)