Terça-feira passada (13/3) saiu da linha de produção da Boeing em Renton, estado de Washington, o 10.000º Boeing 737 produzido pela empresa.

A aeronave, um 737 Max 8, saiu das linhas de produção com as cores da companhia americana Southwest e de quebra levou a Boeing novamente para o Guinness World Records como a aeronave comercial de passageiros a jato mais produzida em todo mundo.

Equipada com os novíssimos motores General Electric/Snecma CFM LEAP 1-B, o 737 Max voou pela primeira vez em 7 de maio de 2016 e é a quarta geração da aeronave que fez seu voo inaugural em abril de 1967, 51 anos atrás. Possui capacidade de transportar até 230 passageiros (Max 10) com uma autonomia de até 7.130 quilômetros.

O Boeing 737 é a prova de que um bom projeto é capaz de ser longevo e sobreviver e ser adaptado a diversas necessidades e aperfeiçoamentos.

DA

(782 visualizações, 1 hoje)