A empresa Liberty Media, dona dos direitos da Fórmula 1, anunciou que na temporada de 2018 não mais estarão presentes as moças que seguram as placas com o nome e número dos pilotos, e que embelezam os grids de largada em todos os autódromos do mundo.Tradição existente há décadas em várias categorias de corridas, foi julgada sexista e não relacionada aos interesses da categoria pelos organizadores, e simplesmente eliminada.Sem entrar em detalhes sobre o mau comportamento de pessoas de ambos os sexos em qualquer atividade do mundo, esse tipo de decisão rompe com uma tradição e elimina muitos empregos — não apenas das modelos, que tem suas carreiras valorizadas com a presença em um dos eventos mais importantes do mundo — o que deixa claro não haver ponto positivo no fato.

O diretor de operações comerciais da Fórmula 1, Sean Bratches, disse que “Durante o ano passado nós olhamos para várias áreas que sentimos que precisavam ser atualizadas, para estar mais sintonizada com nossa visão desse grande esporte”. “Enquanto a prática de utilizar as garotas no grid tem sido um hábito dos Grandes Prêmios de Fórmula 1 por décadas, nós sentimos que isso não combina com nossos valores de marca e claramente não está nas expectativas das normas sociais modernas. Nós não acreditamos que a prática seja apropriada ou relevante para a Fórmula 1 e seus fãs, novos e antigos, ao redor do mundo”.

Nem sempre concordamos com as opiniões das pessoas, não é verdade?

JJ

Este fato foi noticiado pelo site americano Autoweek.

(1.891 visualizações, 1 hoje)


  • Mr. Car

    Juvenal, eu tenho IMENSA pena de quem está nascendo hoje. Palavra de honra, não é força de expressão. Imensa pena. Vai viver em um mundinho de patrulha absolutamente insuportável. Quem viver, infelizmente verá.
    Abraço.

    • Mr. Car, está perto o dia de ser proibido damas de honra nas cerimônias de casamento por ser considerado exploração infantil. Como você, tenho pena até das crianças, como meu neto.

      • antonio carlos cavalcanti

        E a lei que quer proibir fumar no próprio carro? Nem Kafka teria tanta imaginação!

        • antonio carlos, se vier essa lei idiota vou impetrar mandado de segurança.

  • Danilo Grespan

    É lamentável. Será que a “dona” da F-1 foi cobrada por alguma associação de direitos femininos? Está na moda, não é?

  • Matheus Ulisses P.

    Vivemos hoje numa espécie de Ditadura do Politicamente Correto, o Brasil em especial!
    Não podemos nos expressar ou agir conforme nosso livre arbítrio por “ferir” alguma minoria que tenta se impor sobre a maioria por meio de militâncias ruidosas e sem qualquer escrúpulo. A hipocrisia corre solta. Estamos lentamente voltando ao Feudalismo, onde seremos apenas escravos.

  • CorsarioViajante

    É como a turma que combate o tabaco com ódio mortal mas defende a liberação da maconha. Mente estreita desse povo.

  • Ricardo Talarico

    Deus criou o homem, aprendeu com o erro, e assim criou a mulher.
    Um ser lindo, desde a capacidade de dar vida a outros seres, até a beleza de suas curvas e olhares e andares e… tanta coisa boa…
    VIVA A BELEZA DA MULHER !!!
    Eu quero mais é ver as lindas mulheres desfilarem e encantarem os homens.
    Eu quero mais é ver as lindas mulheres, causando inveja nas outras mulheres, que por essa inveja se embelezam cada vez mais, deixando o mundo cada vez mais lindo.

  • Claudio, definição perfeita do que é democracia no Brasil. Parabéns!

  • Fórmula Finesse

    Peço à nobre confraria que apenas leiam a notícia do link que estou postando; não se atrevam a ferir a sensibilidade olhando a imagem do quadro, da obra que polariza certa “preocupação política e social”…

    https://g1.globo.com/pop-arte/noticia/galeria-de-arte-de-manchester-remove-obra-com-meninas-nuas-de-exposicao.ghtml

    • Fórmula Finesse, o Mal da Vaca Louca não se restringiu aos bovinos, na cara.

    • Mr. Car

      Finesse, li algo assim em algum lugar e achei genial: “Antes, a queda de um imenso meteoro sobre a Terra era um temor, agora é uma esperança”. Pois que caia logo, antes disso aqui ficar de uma vez absolutamente insuportável. Pelo menos vamos partir tendo conhecido a liberdade e ainda donos de um resquício dela, coisa que as gerações futuras só vão conhecer “de ouvir falar”.
      Abraço.

      • Fórmula Finesse

        Mr.Car…não podemos morrer sem antes experimentar os carros autônomos!!!! rsrsrsrs

        • Fórmula Finesse, ou os carros autônomos nos experimentarem…

  • Christian, ficando??? Já está!

  • Heloi De Souza Freitas

    Pura palhaçada. Agora, só falta colocar travecos e assim, “assumir” o politicamente incorreto.

  • Fat Jack

    Não dá ideia!!!

  • Fat Jack

    Não tenha a menor dúvida de que uma gigantesca redução já vai haver nos próximos salões. Se os homens perderão a visão das belas moças, elas perderão muito mais, fonte de renda, contatos pra outras exposições, contato com empresas de marketing… Aí podemos acabar sendo acusados de machistas e sexistas. Tá difícil!

  • Fat Jack

    Foi com imenso prazer que eu li seu comentário, pois são poucas mulheres capazes de ter um entendimento parecido (felizmente tenho uma delas em casa).

  • Eduardo Edu

    É uma minoria barulhenta que enche o saco mesmo. Quem usa o caixa rápido do BB vê qual imagem na telinha? De um traveco!

  • Eduardo Edu

    Se a Liberty colocar alguém no setor G de Interlagos vão expulsar o Brasil da F-1…rs

  • E precisava de modelo em Salão? O que a gente quer ver é o carro!

  • Engraçado… assista qualquer programa no Off e você vai ver mulher de biquíni a granel, ou no canal E!, voltado ao público feminino.

  • Andre Franco De Campos

    Que bobeira.

  • Newton (ArkAngel)

    Eu já acho que serão substituídas por travestis ou qualquer uma das “minorias oprimidas”.

    • Newton, vai ver que será isso mesmo!

  • Newton (ArkAngel)

    O mais engraçado é que todas as medidas propostas pelas feministas e demais apoiadores do politicamente correto no sentido de “empoderar” (odeio essa palavra) as mulheres está saindo como um tiro no próprio pé.
    Justamente por causa de supostas acusações de assédio sexual, muitos empreendedores estão evitando contratar mulheres, pois correm o risco de terem seus empreendimentos arruinados caso se deparem com alguma reclamação do tipo.

    http://sensoincomum.org/2018/01/31/trans-banheiro-deficientes-empresa-pau/

    Enquanto isso, as mulheres muçulmanas seguem firmes, esquecidas completamente pelas feministas de plantão.

  • Ivan, e além de politicamente correto e empoderamento, temos a nova queridinha: startup. Um firma nova famosa pelo que vai fazer…