Depois do impressionante recorde de aceleração e de 0 a 400 km/h seguida de frenagem até à imobilidade, a empresa sueca Koenigsegg volta às notícias. Agora a proeza foi a maior velocidade máxima atingida por um carro de produção, também com o Agera RS.

Depois daquele recorde, estabelecido na Noruega, o carro foi entregue ao proprietário nos Estados Unidos, onde foi planejado o novo recorde. A rodovia estadual Nevada 160 teve um trecho fechado ao tráfego entre Las Vegas e Pahrump, onde o carro foi novamente pilotado por Niklas Lilja, testador oficial da Koenigsegg.

Em duas medições a média foi de 277,9 mph, ou 447,23 km/h, com a velocidade mais alta velocidade tendo sido de 284 mph, 457 km/h.

O evento foi organizado não pela fábrica, mas por proprietários de Koenigsegg nos EUA, e foi cronometrado por equipamentos Racelogic VBox, utilizado em vários tipos de competições, tido como de confiabilidade à prova de erros.

Veja o vídeo e note como a aceleração é feita de forma tranquila, até lenta, principalmente na primeira medição.

JJ

(968 visualizações, 1 hoje)