Com uma diferença de poucos dias, a Ford cedeu ao AE para teste o novo EcoSport Freestyle 1,5-litro de 3 cilindros automático e a versão-topo da linha, Titanium 2,0 AT. O teste do primeiro, responsabilidade do Juvenal Jorge, foi publicado no dia 6 de deste mês.

Um suve realmente prazeroso de dirigir

Esta versão topo de linha, a Titanium, teve o motor Duratec 2,0 melhorado basicamente com a adoção de injeção direta, passando de 140/146 cv a 6.250 rpm para 170/176 cv a 6.500 rpm, e de 18,9/19,7 m·kgf a 4.500 rpm para 20,6/22,5 m·kgf à mesma rotação. Um ganho apreciável, portanto, que mais que compensa o aumento de peso de 1.316 kg para 1.359 kg. A relação peso-potência hoje é 8/7,7 kg/cv, contra 9,4/9 kg/cv antes. A mudança agradará em cheio os que gostam de sobra de potência sob o capô. O motor, de nome completo Duratec Direct Flex, é disponível na versão Titanium apenas.

Motor moderno, suave, silencioso e potente

O motor é moderno, reúne boas características como bloco, cabeçote e cárter em alumínio e duplo comando de válvulas com variador de fase em ambos e acionamento por corrente. Segundo a Ford, ele traz aceleração de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos (álcool) e a velocidade máxima é limitada em 180 km/h. Vale lembrar que a Ecosport, diferentemente de muitos suves, tem um bom coeficiente aerodinâmico, de 0,35, o que, além de ajudar na economia de combustível lhe permite atingir alta velocidade máxima. Com esses 176 cv, na certa passaria de 200 km/h, não fosse a limitação.

O teto solar é de série na versão Titanium

Esse motor 2,0-l da Titanium é silencioso e suave. Aliado a ele está a novidade do câmbio automático epicíclico, de 6 marchas, Getrag, no lugar do robotizado PowerShift de duas embreagens do mesmo fabricante. O novo automático é muito bem programado. Na alavanca, após a posição Drive há a S, a mais esportiva e apropriada para quando se quer maior desempenho. Para trocas manuais sequenciais há as borboletas atrás do volante, solução bem melhor e cômoda do que a tecla no pomo da alavanca seletora do câmbio PowerShift. As borboletas obedecem ao comando estando nos modos D e S, e no primeiro retorna à função automática após cerca de 10 segundos sem atividade manual.

Para-sóis contam com espelho e iluminação; mimos não faltam

Logo notei que os pneus eram bons Michelin Primacy 205/50R17, pneus de asfalto e não de duplo propósito. O resultado foi maior aderência, mais suavidade e menor ruído ao rodar. A Ford fez bem em equipar a versão mais potente com pneus condizentes.

A versão Titanium vem com pneus com o propósito de serem o melhor possível no asfalto

Na estrada, a 120 km/h reais em 6ª marcha o giro fica em 2.700 rpm, baixo e correto para o conjunto. Nessa condição o motor vai quase inaudível. Em rotação alta o motor continua suave. Com aceleração a fundo, as trocas são feitas a 6.500 rpm, sua rotação de potência máxima. A boa relação peso-potência proporciona ultrapassagens em pistas de mão dupla com segurança mesmo estando carregado.

Para quem gosta de ouvir boa música, a qualidade do som da Sony é ótimo

A correta posição de dirigir é facilmente encontrada. Há ampla variação da posição do volante, seja em altura ou distância. O banco do motorista é anatômico e tem espuma de densidade correta, dignos de um Ford. Como há regulagem de altura do banco do motorista e da ancoragem do cinto de segurança, este fica no posicionamento correto.

O zelo com o motorista é digno da antiga tradição da Ford

O EcoSport não é grande e largo, mas compacto, daí que o banco traseiro, devido à largura do veículo, só acomoda bem dois adultos. O porta-malas é só razoável: 362 litros. Porém, o encosto do banco traseiro dividido 60:40, ao ser rebatido, eleva o volume de carga para 1.178 litros com uma superfície plana.

Vou bem atrás de mim e a conversa comigo é agradável graças à boa inteligibilidade do interior

Por ser compacto ele é bastante agradável no trânsito. É ágil, há boa visibilidade geral, é fácil de estacionar, ainda mais com a ajuda da câmera de ré.

É razoavelmente econômico. O consumo oficial de homologação segundo as normas Inmetro/PBVE é 8,8/6,1 km/l na cidade e 12/8,3 km/na estrada. Nos dias em que fiquei com o carro obtive consumos (de gasolina) ligeiramente melhores em uso normal.

Painel e instrumentos melhoraram muito no desenho

O som é da Sony, muito bom. A tela multimídia é clara e de fácil acesso ao que interessa. O sistema multimídia SYNC3 é de nova geração, e a tela capacitiva tátil é de 8”. O SYNC3 conta com Bluetooth, duas entradas USB, função de leitura e envio de mensagens SMS (“torpedos”) e conectividade para Android Auto e Apple CarPlay. Tem nova interface gráfica e comandos de voz para áudio, telefone e navegação. O AppLink permite usar vários aplicativos de smartphones.

O porta-malas não é gigantesco, mas é suficiente

A versão Titanium tem preço público sugerido de R$ 93.990 e não tem opcionais senão cores. Para ter a bela cor de lançamento azul Belize do veículo testado há um acréscimo de R$ 1.300. De resto, tudo vem de série (veja lista completa de equipamentos em seguida à ficha técnica).

A cor azul Belize combina com a paisagem

O EcoSport é o suve para quem não gosta de dirigir suves devido ao porte geralmente avantajado. Seu comportamento dinâmico é exemplar, o rodar é macio, é bom de curva e, sobretudo, mostra-se um veículo prático. Tem tudo para agradar aos jovens, tanto os de RG como os de espírito.

AK

FICHA TÉCNICA NOVO FORD ECOSPORT TITANIUM 2,0 AT 2018
MOTOR
Denominação 2,0 Duratec Direct Flex
Tipo 4 cil. em linha, transversal, bloco e cabeçote de alumínio, duplo comando de válvulas com variador de fase em ambos, corrente, 4 válvulas por cilindro
Diâmetro e curso (mm) 87,5 x 83,1
Cilindrada (cm³) 1.999
Taxa de compressão (:1) 12
Comprimento da biela (mm) 146,25
Relação r/l 0,284
Potência máxima (cv/rpm, G/A) 170/176/6.500
Torque máximo (m·kgf/rpm, G/A) 20,6/22,5/4.500
Rotação de corte (rpm) 6.850
Formação de mistura Injeção direta
TRANSMISSÃO
Rodas motrizes Dianteiras
Câmbio Automático epicíclico, 6 marchas à frente e uma à ré
Relações das marchas (:1) 1ª 4,584; 2ª 2,964; 3ª 1,912; 4ª 1,446; 5ª 1,000; 6ª 0,746; ré 2,943
Relação de diferencial (:1) 3,51
SUSPENSÃO
Dianteira Independente, McPherson, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora
Traseira Eixo de torção, mola helicoidal e amortecedor pressurizado
DIREÇÃO
Tipo Pinhão e cremalheira, eletroassistida, indexada à velocidade
Relação de direção n.d.
Número de voltas entre batentes 2,6
Diâmetro mínimo de curva (m) 10,6
FREIOS
Dianteiros (Ø mm) Disco ventilado/n.d.
Traseiros (Ø mm) Tambor/n.d.
Controle ABS (obrigatório) e EBD
RODAS E PNEUS
Rodas 7Jx17
Pneus 205/50R17
CONSTRUÇÃO
Tipo Monobloco em aço, utilitário esporte 4-portas, cinco lugares, subchassi dianteiro
AERODINÂMICA
Coeficiente de arrasto (Cx) 0,35
Área frontal calculada (m² 2,39
Área frontal corrigida (m²) 0,83
DIMENSÕES (mm)
Comprimento incluído o estepe 4.269
Largura (sem/com espelhos) 1.765/2.057
Altura 1.693
Distância entre eixos 2.519
Altura livre do solo 200
CAPACIDADES (L)
Porta-malas 362 (1.178 com banco traseiro rebatido)
Tanque de combustível 52
PESOS)
Em ordem de marcha (kg) 1.359
Carga útil (kg) 391
DESEMPENHO
Aceleração 0-100 km/h (s, G/A) n.d./9,5
Velocidade máxima (km/h, G/A) 180/180 (limitada)
CONSUMO DE COMBUSTÍVEL INMETRO/PBVE
Cidade (km/l, G/A) 8,8/6,1
Estrada (km/l, G/A 12/8,3
CÁLCULOS DE CÂMBIO
v/1000 última marcha (6ª, km/h) 44,5
rpm a 120 km/h em 6ª 2.700
rpm à vel. máxima em 5ª 5.420

 

EQUIPAMENTOS FORD ECOSPORT TITANIUM 2,0 AT 2018
Acesso inteligente e partida sem chave
Acionamento elétrico dos vidros dianteiros e traseiros
Alerta de tráfego transversal à retaguarda
Ar-condicionado automático digital
Assistência de emergência
Assistente de partida em rampas
Assistente de frenagem
Assoalho inteligente do porta-malas
Bancos em couro na cor Light Stone
Bolsas infláveis (7, incluindo as duas frontais obrigatórias)
Borboletas de trocas de marchas no volante
Câmera de ré
Computador de bordo
Conectividade com CarPlay e Android Auto
Controle automático de velocidade de cruzeiro
Controle de estabilidade e tração (AdvanceTrack)
Controles de áudio no volante
Direção eletroassistida
Engates Isofix para dois bancos infantis
Espelho interno eletrocrômico
Espelhos retrovisores externos com repetidoras de setas
Faróis de xenônio
GPS
Luzes de rodagem diurna (DRL) em LED
Monitoramento de ponto cego
Monitoramento de pressão dos pneus
Painel de instrumentos com tela de 4,2″ colorida
Roda de alumínio de 17″
Sensor de chuva
Sistema anticapotagem
Teto solar elétrico
Volante revestido em couro
ÁUDIO E CONECTIVIDADE
AppLink
Bluetooth, 2 entradas USB
Sony Premium Sound – 9 alto-falantes
SYNC® 3 com tela tátil de 8”
(3.645 visualizações, 1 hoje)