Este breve artigo foi escrito por Peter Levett e publicado no último dia 26 no site inglês Just-Auto. Achei-o interessante por tratar da questão dos carros elétricos vista de outra perspectiva.

BS


 

Espero estar vivo em 2040 quando todos os carros forem elétricos

Por Peter Levettt

 

Quero ver o caos e os problemas de Saúde & Segurança quando as pessoas que não têm garagem ou área de estacionamento tiverem cabos espalhados na rua (e talvez uns 500 metros rua abaixo, que era onde havia vaga quando chegaram em casa).

Também, de onde virá toda essa energia elétrica já que, como se sabe, todas as geradoras e a rede elétrica nacional já estão operando a plena capacidade?

(just-auto.com)

Irão os marginais daquele ano cortar e roubar todos aqueles cabos de cobre? E de onde todo o cobre para fabricá-los virá? E falando nisso, e o lítio necessário para produzir as baterias, virá de onde? E o que dizer dos danos ambientais causados pela mineração de cobre e lítio?

O que acontecerá quando centenas de pessoas ficarem presas nas autoestradas no inverno  baterias (menos eficientes no frio) arriarem com o uso de aquecedores e luzes? Terão os automóveis clubes veículos elétricos de socorro também? Se tiverem, como farão para levar carros de 2.700 kg até o próximo (existente) ponto de recarga?

O que acontecerá se os pontos de recarga estiverem todos em uso quando você chegar a eles e você não tiver carga suficiente para chegar em casa? Haverá filas de pessoas empurrando seus carros a bateria de 2.700 kg para um ponto de recarga vago? Haverá “ira de recarga’, com pessoas brigando para decidir quem é o primeiro?

Espero mesmo estar vivo em 2040 quando todos os carros forem elétricos.

AE/BS

(2.547 visualizações, 1 hoje)