A Mercedes-Benz do Brasil anunciou oficialmente a importação da C300 Estate, a perua da Classe C com o motor mais potente, completando a linha do C300. Com o preço de R$ 265.900, a linha passa a contar com um desempenho ainda melhor do que do modelo C180, já avaliado pelo AUTOentusiastas ano passado.

O AE já havia divulgado a informação que a perua viria para o Brasil, conforme soubemos no evento de apresentação do C300 sedã, há um mês.

A C 300 Estate Avantgarde passa a ser, a partir de agora, a única station wagon oferecida pela Mercedes-Benz no Brasil. A nova versão, com motor de 245 cv e câmbio automático com nove marchas, substitui a C 180 Estate anteriormente ofertado aqui.

Além de mais potência e desempenho, a C 300 Estate traz um completo pacote de equipamentos, como sistema de estacionamento automático com sensores (6 traseiros e 6 dianteiros), o luxuoso interior com bancos de couro — o do motorista com ajustes elétricos, memória e ajuste lombar — e o amplo teto solar panorâmico. Mais detalhes estão nas matérias sobre a C180 Estate e C300.

A Estate  é prática para viagens e capaz de transportar um bom volume de bagagem, além de equipamentos esportivos e de lazer mantendo, ainda, características de agilidade e dirigibilidade similares às de um sedã esportivo.

Além da capacidade de carga que vai de 490 a 1.510 litros, a versatilidade do modelo é ampliada pelo rebatimento dos encostos dos bancos na proporção 40:20:40, o que abre uma ampla gama de possibilidades para utilizar o interior em configurações para cinco, quatro, três ou dois ocupantes, acomodando objetos ou volumes de maior porte.

Detalhes práticos tornam o compartimento de bagagem ainda mais versátil e fácil de usar. Os encostos dos bancos traseiros podem ser destravados e rebatidos por acionamento elétrico. A praticidade de carregamento é facilitada ainda mais com a tampa traseira com abertura elétrica.

Mecanicamente a Estate é idêntica ao sedã C300, com motor 2 litros turbo e injeção direta de combustível que faz o carro acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 6,1 segundos e chegar à velocidade máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente). O câmbio é o automático 9G-TRONIC. Com nove marchas, esta é a primeira caixa automática com conversor de torque hidrodinâmico do segmento premium, desenvolvido para alta eficiência em baixas rotações, e trocas suaves e quase imperceptíveis proporcionadas pelos reduzidos intervalos entre as marchas.

Três sensores de rotação monitoram o funcionamento, transmitindo ao controle eletrônico os dados necessários para selecionar as marchas mais adequadas e executar as trocas de modo altamente eficiente. A redução do atrito interno e o maior espectro de relações, incluindo marchas mais longas, aumentam o conforto e reduzem os níveis de ruído e o consumo de combustível.

JJ

(1.047 visualizações, 1 hoje)