O último cavalo-mecânico Titan Tractor produzido saiu das linhas de produção esta semana. depois de uma saga de 15 anos e 15 mil unidades fabricadas.

Lançado em 2002, o Volkswagen 18-310 foi desenvolvido a partir do antigo cavalo-mecânico 40-300 empregando a cabine-padrão Volkswagen surgida no Brasil em 1980. Tratava-se de um veículo destinado a tracionar reboques com três eixos com peso bruto total combinado (PBTC) até 43.500 kg, até então o limite para a época, focando operações em trechos curtos.

Para tal, a cabine sofria uma reestilização interna visando incrementar o conforto do motorista, com a adição de um pequeno sofá-cama, voltado apenas para o descanso do motorista, embora conversões independentes adicionassem um pequeno leito atrás do motorista.

O motor era o tradicionalíssimo e conhecido Cummins Série C turbo e com pós-resfriador, de 8,3-L e injeção mecânica com bomba injetora Bosch em linha, regulado para atendimento as normas Euro II, com uma regulagem especial para produzir 303 cv a 2.200 rpm. Embora bastante “esticado” em termos de potência, apresentava excelente durabilidade, marca registrada dos motores da marca.
Acoplado ao motor, o câmbio ZF 16S 1650 de 16 marchas sincronizadas à frente e duas à ré propiciava a presença de uma marcha adequada para melhor aproveitamento da faixa de trabalho do motor em função da velocidade desenvolvida.

O resultado foi uma máquina econômica, leve e de baixo custo de aquisição, comparativamente aos modelos Mercedes-Benz, Scania e Volvo, todas com excelentes produtos no mercado, contudo produtos maiores, mais caros para o desempenho de função semelhante ao Titan.

O acerto da marca no produto solicitado pelo mercado se deu pelo sucesso imediato do veículo, em especial com frotistas em que a compra do caminhão se dá mais focado do resultado financeiro do que em razões subjetivas, e neste quesito o Titan foi a mercadoria certa no momento certo de mercado.

Até 2006 o Titan reinou absoluto em seu segmento. quando então foi substituído pelo Constellation já empregando motorização eletrônica (o Cummins Série C eletrônico) e com alterações na Lei da Balança favorecendo a presença de veículos de maior capacidade de tração.

Desde então o Titan vem sendo comercializado apenas no mercado externo em países com legislação mais branda em termos de emissões. O “fim do Titan” encerra o ciclo de um produto que trouxe grande projeção à marca.

DA

 

FICHA TÉCNICA VW 18-310 TITAN TRACTOR
MOTOR
Modelo Cummins 6CTAA, Diesel
Alimentação Forçada por turbocompressor e interresfriador
Nº/disposição dos cilindros 6 em linha
Cilindrada (cm³) 8.270
Diâmetro dos cilindros (mm) 114
Curso dos pistões (mm) 135
Taxa de compressão (:1) 16,5
Potência líquida máxima (cv/rpm) 303/2.200
Torque líquido máximo (m·kgf/rpm) 122/1.500
Consumo específico (g/cv·h/rpm) 150/1.400
Sequência de injeção 1-5-3-6-2-4
Bomba injetora Bosch – P-7100 – em linha
Compressor de ar Wabco
TRANSMISSÃO
Câmbio ZF 16S1650
Acionamento Alavanca no assoalho
Nº de marchas 16 à frente, 2 à ré
Relações das marchas (:1) 1ª 15,39; 2ª 13,09; 3ª 10,57; 4ª 9,00; 5ª 6,96; 6ª 5,92; 7ª 4,58; 8ª 3,90; 9ª 3,36; 10ª 2,86; 11ª 2,31; 12ª 1,96; 13ª 1,52; 14ª 1,29; 15ª 1,00; 16ª 0,86; ré 14,44/10,59
Rodas motrizes/configuração Traseiras/4×2
Eixo traseiro Eixo rígido em aço estampado Meritor RS 23-160, relação de diferencial 4,10:1
SUSPENSÃO
Dianteira Eixo rígido com molas semi-elípticas, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora
Traseira Eixo rígido motriz com molas semi-elípticas de ação progressiva e mola auxiliar parabólica
DIREÇÃO
Modelo ZF 8097
Tipo Esferas recirculantes, assistência hidráulica integral
Relação da caixa de direção (:1) 20,1 a 23,8
RODAS E PNEUS
Rodas 7,5J x 22,5
Pneus 275/80R22.5 ou 11R22,5
FREIOS
Freio de serviço, acionamento A ar, S-came
Freio de serviço, tipo A tambor nas rodas dianteiras e traseiras
Circuito Duplo, independente, três reservatórios de ar
Área efetiva de frenagem (cm²) 4.232
Freio de estacionamento Câmara de mola acumuladora
Atuação Rodas traseiras
Acionamento Válvula moduladora no painel
Freio-motor Válvula tipo borboleta no tubo do escapamento
Acionamento Eletropneumático, tecla no painel e comando no acelerador/pedal da embreagem
CHASSI
Tipo Escada, perfil constante, superfície plana, rebitado e parafusado
DIMENSÕES (mm)
Distância entre eixos 3.560
PESOS (kg)
Em ordem de marcha, eixo dianteiro 3.740
Em ordem de marcha, eixo traseiro 2.300
Em ordem de marcha total, s/motorista, 90% da capacidade do tanque de combustível e com estepe 6.040
Capacidade técnica eixo dianteiro 6.000
Capacidade técnica eixo traseiro 10.800
Capacidade técnica por eixo total admissível 16.800
Bruto total (PBT) – homologado 16.000
Bruto total combinado (PBTC) – homologado 42.000
Capacidade máx. de tração (CMT) 42.000
Capacidade de carga útil + carroceria 33.960
(5.438 visualizações, 1 hoje)