Depois de muita expectativa, a FCA lançou o Fiat Argo, seu projeto de codinome X6H, um hatch compacto para entrar disputa pelo consumidor que está comprando Onix, HB20, Ka, Sandero, Gol, Fox, C3, 208 e Etios.

Para ter ideia do seu porte, o leitor pode pensar num Kadett, de mesmos comprimento e entre-eixos, porém mais alto e largo que o Chevrolet, e com quatro portas em vez de duas.

O Argo — nome de uma embarcação da mitologia grega —  encerra a arquitetura clássica do nosso tempo, a de motor transversal dianteiro e respectivas rodas motrizes, mais suspensão dianteira McPherson e traseira por eixo de torção.

Seu maior destaque, juntamente com várias configurações de trem motriz e com elevado nível de equipamentos, é sua produção numa fábrica que, embora tenha quarenta anos de existência (1976), passou por um intrincado processo de atualização para a atingir o que se chama de manufatura de classe mundial (word-class manufacturing), por si só um atestado de qualidade — não é a única fábrica no Brasil com esse atributo, frise-se.

Linhas são bem atuais

Essa qualidade logo é percebida num primeiro contato com o Argo, começando pelas frestas pequenas e uniformes entre as partes fixas e móveis da carroceria e chegando ao som e precisão de fechamento de portas e tampas, este a que não estamos acostumados a ver na produção nacional em carros do segmento.

O desenho do Argo foi calcado no novo Fiat Tipo, embora em escala menor:

Argo Tipo
Entre-eixos (mm) 2.521 2.638
Comprimento (mm) 3.998 4.368
Largura (mm) 1.724 1.792
Altura (mm) 1.500 1.495

O desenho do Argo segue claramente o novo padrão de identidade visual Fiat, iniciando com o suve Freemont e continuado com o recente Mobi, e que dá um caráter de força e vigor. Um traço marcante no novo Fiat é o teto com um canal de ar que levou a um desenho sui generis e simpático do vidro do para-brisa, que tem um pequeno rebaixo na parte central para combinar com o canal do teto (clique na foto para ampliá-la. O para-brisa conta com faixa degradê, uma atenção para quem a aprecia.

Tudo três

O Argo é disponível em três versões, Drive, Precision e HGT.

São três os motores: Firefly tricilindro de 1 litro (72/77 cv), Firefly quadricilindro de 1,3 litro (101/109 cv), e E.torQ Evo de 1,8 litro (135/139 cv). Vale lembrar que o motor E.torQ é na verdade um 1,75-l, pois desloca 1.747 cm³).

Os câmbios são três: manual de cinco marchas, robotizado de cinco marchas — o ex-Dualogic Plus, agora GSR Comfort —, e automático epicíclico de seis marchas, o importado Aisin japonês, pela primeira vez num Fiat nacional (é o mesmo do Fiat 500 mexicano).

O leque, portanto, é amplo. Veja os preços:

Versão R$
1,0 Drive manual 5-marchas 46.800
1,3 Drive manual 5-marchas 53.900
1,3 Drive GSR 5-marchas 58.900
1,8 Precision manual 5-marchas 61.800
1,8 Precision automático 6-marchas 67.800
1,8 HGT manual 5-marchas 64.600
1.8 HGT automático 6-marchas 70.600

Os freios são sempre a disco na frente e a tambor atrás, sendo os discos do Drive 1,0 não ventilados de 257 mm de diâmetro. Nos demais são ventilados de 284 mm de diâmetro e em todos os tambores são de 203 mm de diâmetro. As rodas conservam o mesmo diâmetro do círculo de quatro parafusos de todos os Fiat exceto Toro: 98 mm.

A habitabilidade é coerente com as dimensões externas e o banco traseiro, com cinto de três pontos e apoio de cabeça para todos, proporciona espaço adequado para quem está “sentado atrás de mim”:

Eu “atrás de mim”: espaço adequado

O porta-malas é de 300 litros, mostrando certo sacrifício em favor de espaço para ocupantes do banco traseiro (só para efeito de comparação, no Kadett eram 390 litros). O do Golf é maior, 313 litros, e o do Etios, menor, 270; no Cruze Sport6, os mesmos 300 litros. Portanto, em volume de porta-malas o Argo está bem situado, fora que é totalmente revestido, nada de chapa de aço.

Esse cuidado com  o visual do porta-malas aparece também na outra extremidade, em que todo o compartimento de motor tem exatamente a mesma pintura externa, denotando capricho de produção.

O encosto do banco traseiro é rebatível no Drive e dividido 60:40 nas outras versões e o banco traseiro traz engates Isofix para rápida e segura fixação de dois bancos infantis, que contam com fixação superior também (top tether).

 

O Precision automático de seis marchas

Na apresentação à imprensa no dia 31 último estavam disponíveis para teste as versões de motor 1,8 l e câmbio automático apenas. Eu e o PK escolhemos o Precision.

Saída dos jornalistas para o teste de condução

O percurso oferecido — o longo, havia um curto sem sair de São Paulo — era chegar a Pirapora do Bom Jesus, justamente o “campo de provas” do AE. Foi perfeito para nós por permitir comparação com tudo o que já testamos por lá.

O trecho de autoestrada (Castello Branco) permitiu sentir que o motor 1,8 empurra bem o Argo, apesar de estar com gasolina no tanque. Os 135 cv a 5.750 fazem bom trabalho diante dos 1.264 kg com a relação peso-potência de 9,4 kg/cv e o câmbio Aisin está bem calibrado. Note  bloqueio do conversor de torque da terceira em diante e a 120 km/h o giro está em 2.700 rpm, bastante adequado. As trocas ascendentes se dão a 6.000 rpm, 250 rpm acima do pico, perfeito. O estol é a 2.200 rpm.

O câmbio traz controle de neutro, que desengata internamente a primeira ou a ré quando o carro para, como num semáforo, eliminando toda carga do motor em marcha-lenta. Além do conforto, contribui para a economia de combustível.

A fábrica informa aceleração 0-100 km/h em 11,1/10,4 segundos e velocidade máxima de 189/191 km/h, motor a 5.450 rpm em quinta. O consumo Inmetro/PBVE é 10,1/7,1 km/l na cidade e 13,2/9,5 km/l na estrada.

Um senão é o curso longo demais do pedal do acelerador, algo que deveria ser revisto pela FCA. Em compensação, o punta-tacco é “telepático” — só verifiquei, não usei por o câmbio não ser manual. Sempre ocorre aceleração interina automática, prazeroso e útil por evitar trancos nas reduções. Essa aceleração se dá seja em automático ou em manual, este pela alavanca (sobe marcha para trás/reduz para frente) ou pelas borboletas junto ao volante. Em manual sempre há troca ascendente quando o motor atinge 6.000 rpm.

Nas curvas da estrada dos Romeiros, o comportamento que eu já esperava: rápidas respostas de direção, atitude correta nas curvas com subesterço mínimo e frenagem correta. Mas o carro estava com as rodas e pneus opcionais 195/55R16V, que certamente aprimoram o comportamento em curva diante dos pneus de série 185/60R15H, esta a medida do estepe com roda de aço etiquetada com limite de 120 km/h. Os pneus eram Continental ContiPowerContact Eco Plus, de baixo atrito de rolamento.

Roda opcional do Precision com pneus 195/55R16V

A suspensão do Argo tem o toque “Claudio Demaria”, o competente diretor de engenharia da FCA, ou seja, conciliação perfeita dos compromissos habituais de conforto de rodagem e comportamento em curvas feitas de modo mais vigoroso. Há controle de estabilidade e tração desligável de série nos Argos Precision e HGT.

A posição de dirigir inova dentro da assinatura Fiat, com volante mais baixo e menos inclinado, ao contrário do que se tem encontrado na marca. Bancos são muito bons e o ajuste do encosto é por botão giratório, novidade em Fiat. Há ajuste de ancoragem dos cintos dianteiros, mas nada é dito no material de divulgação sobre pré-tensionadores destes. E — pena, no meu caso — o conta-giros permanece na direita.

 

Conectividade

O Argo traz um central multimídia de 7 polegadas tátil, um grande destaque de requinte e tecnologia, quase como se um tablet se sobressaísse acima do painel central, com ótima ergonomia e visibilidade. A central conta com tela multicolorida High Definition, um diferenciador frente à concorrência. Os comandos são acessados de forma rápida e extremamente intuitiva. Além disso, o sistema é compatível com os aplicativos Apple CarPlay e Android Auto. Com eles, os comandos são feitos por botões, toques ou voz. Basta dizer o nome de uma música da playlist para que o sistema a disponibilize no sistema de áudio do carro. Com capacidade de receber aplicativos complementares de preferência do usuário, a central multimídia torna-se um conjunto completo de navegação, entretenimento e conveniência a bordo.

A grande tela tátil de 7 polegadas do sistema multimídia

Usando tecnologia TFT para alta definição de imagens, o mostrador de 3,5 polegadas tem configuração personalizável de acordo com as preferências do usuário. Nas versões 1,8 (Precision e HGT), ela tem o dobro do tamanho (7 polegadas) – uma exclusividade do Argo frente aos seus concorrentes. Independentemente do tipo de tela, o computador de bordo é de série em todas as versões, com informações e controles detalhados do carro e da forma de condução. Dependendo da configuração, o número de funções à disposição do motorista pode chegar a 70.

Como tem acontecido, a FCA tem a série especial Opening Edition Mopar, de 1.000 unidades, montada na Custom Shop da fábrica de Betim. É baseado na versão HGT 1,8 automática de 6 marchas e a cor é única, azul Portofino.

Azul Portofino, cor exclusiva da série especial de lançamento

Tem, assim, a Fiat um contendor de peso para o concorrido segmento de hatchbacks compactos, algo que estava lhe fazendo falta. Iremos nos dias e meses adiante testar “no uso” todas as versões. Estou certo de que teremos boas surpresas.

Depois do vídeo há um apanhado dos itens de série e opcionais, a ficha técnica de todas as versões, a relação de equipamentos de série de cada versão e mais fotos.

BS

(Atualizado em 5/06/17 às 11h50 com os preços dos opcionais e veículo completo)

 

DOTAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DO ARGO

DRIVE 1,0

 Equipamentos opcionais:

  • Kit Parking: Câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico: R$ 1.200
  • Kit Convenience: Retrovisores externos elétricos com rebatimento automático do retrovisor direito ao acionar a ré e luzes repetidoras de setas, vidros elétricos traseiros um-toque e antiesmagamento: R$ 1.200
  • Rádio Connect AUX/USB/MP3/AM/FM, áudio streaming, viva voz Bluetooth – inclui volante com comandos do rádio e telefone: R$ 1.300
  • Kit Multimídia: Central multimídia Uconnect 7” tátil com Android Auto e Apple Car play, Bluetooth, entrada USB e sistema de reconhecimento de voz, volante com comandos do rádio e telefone, 2ª porta USB para passageiros traseiros: R$ 1.990
  • Pintura metálica ou perolizada: R$ 1.600

Preço dos opcionais: R$ 7.290; preço do veículo com todos: R$ 52.790

Obs: O kit Multimídia se sobrepõe ao Rádio Connect e a cor de carro testado, vermelho Alpine, não tem acréscimo de preço.

 

DRIVE 1,3

Equipamentos opcionais:

  • Kit Parking: Câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico: R$ 1.200
  • Kit Convenience: Retrovisores externos elétricos com orientação automática para o solo do retrovisor direito ao acionar a ré e luzes repetidoras de setas, vidros elétricos traseiros um-toque e antiesmagamento: R$ 1.200
  • Kit Stile: Faróis de neblina, rodas de alumínio 6Jx15 com pneus 185/60R15H: R$1.900
  • Pintura metálica ou perolizada: R$ 1.600

Preço dos opcionais: R$ 5.900; preço do veículo com todos: R$ 59.800


DRIVE 1,3 GSR

Itens específicos desta versão: Câmbio GSR (Gear Smart Ride) Comfort com botões de seleção de marcha, borboletas para trocas manuais atrás do volante, controlador automático de velocidade, descansa-braço para motorista, Ambient lights, vidros elétricos traseiros, controle de estabilidade, controle de tração, assistente de partidas em rampa, com orientação automática para o solo do retrovisor direito ao acionar a ré e luzes repetidoras de setas

 Equipamentos opcionais:

  • Kit Parking: Câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico: R$ 1.200
  • Kit Stile: Faróis de neblina, rodas de alumínio 6Jx15 com pneus 185/60R15H: R$ 1.900
  • Pintura metálica ou perolizada: R$ 1.600

Preço dos opcionais: R$ 4.700; preço do veículo com todos: R$ 60.500

 

PRECISION 1,8

Equipamentos opcionais:

  • Kit Parking: Câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico: R$ 1.200
  • Kit Tech: Quadro de instrumentos 7” em TFT, ar-condicionado digital, retrovisores externos com rebatimento elétrico e luz de conforto, acesso sem chave, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico: R$ 3.500
  • Bolsas infláveis laterais dianteiras: R$ 2.500
  • Kit Stile: Bancos revestidos em couro ecológico, rodas de alumínio 6Jx16 com pneus 195/55R16V: R$ 2.200
  • Pintura metálica ou perolizada: R$ 1.600

Preço dos opcionais: R$ 11.000 preço do veículo com todos: R$ 63.400

 

PRECISION 1,8 AT6

Itens específicos desta versão: Câmbio automático sequencial de 6 marchas com trocas manuais pela alavanca seletora e por borboletas junto ao volante, controle automático de velocidade, volante em couro, descansa-braço para motorista e ambient lights.

Equipamentos opcionais:

  • Kit Parking: Câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico: R$ 1.200
  • Kit Tech: Ar-condicionado digital, quadro de instrumentos de alta resolução TFT de 7” personalizável, retrovisores externos com rebatimento elétrico e luz de conforto, acesso sem chave; sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico: R$ 3.500
  • Bolsas infláveis laterais dianteiras: R$ 2.500
  • Kit Stile: Bancos revestidos em couro ecológico, rodas de alumínio 6Jx16 com pneus 195/55R16: R$ 2.200
  • Pintura metálica ou perolizada: R$ 1.600

Preço dos opcionais: R$ 11.000; preço do veículo com todos: R$ 69.400

 

HGT 1,8

Equipamentos opcionais:

  • Kit Parking: Câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico: R$ 1.200
  • Kit Tech: Ar-condicionado digital, retrovisores externos com rebatimento elétrico e luz de conforto, acesso sem chave, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico: R$ 2.800
  • Kit Stile: Bancos revestidos em couro ecológico; rodas de alumínio 6,5Jx17 com pneus 205/50R17V: R$ 2.500
  • Bolsas infláveis laterais dianteiras: R$ 2.500
  • Pintura metálica ou perolizada: R$ 1.600

Preço dos opcionais: R$ 8.100; preço do veículo com todos: R$ 72.700

Obs: O kit Stile é incompatível com as bolsas infláveis laterais dianteiras, ou seja, ou um ou outro.

 

HGT 1,8 AT6

Itens específicos desta versão: câmbio automático sequencial de 6 marchas com trocas manuais pela alavanca seletora e por borboletas junto ao volante, controlador automático de velocidade, descansa-braço para motorista e ambient lights.

Equipamentos opcionais:

  • Kit Parking: Câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico: R$ 1.200
  • Kit Tech: Ar-condicionado digital, retrovisores externos com rebatimento elétrico e luz de conforto, acesso sem chave, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico: R$ 2.800
  • Kit Stile: Bancos revestidos em couro ecológico, rodas de alumínio 6,5×17 com pneus 205/50R17W: R$ 2.500
  • Bolsas infláveis laterais dianteiras: R$ 2.500
  • Pintura metálica ou perolizada: R$ 1.600

Preço dos opcionais: R$ 10.600; preço do veículo com todos: R$ 81.200

 

FICHA TÉCNICA (clique): FT Argo

 

EQUIPAMENTOS FIAT ARGO
Drive 1,0/1,3/ 1,3 GSR Precision MT/AT HGT M/T A/T
Acionamento elétrico dos retrovisores externos com função de apontar para o solo ao engatar ré no direito e repetidoras de setas em ambos X
Ajuste de altura do banco do motorista
Ajuste de altura do volante X
Ajuste de altura e distância do volante X
Alarme X
Alerta de limite de velocidade
Alerta de manutenção
Apoio de pé esquerdo do motorista
Ar-condicionado
Assistente de partida em rampa
Banco traseiro rebatível X X
Banco traseiro dividido 60:40 X
Central Multimídia Uconnect de 7” tátil com Android Auto e Apple Car Play, Bluetooth, entrada USB, sistema de reconhecimento de voz X
Chave-canivete com telecomando (portas, vidros e porta-malas)
Computador de bordo
Controle de estabilidade X
Controle de tração X
Defletor traseiro
Desembaçador do vidro traseiro temporizado
Direção eletroassistida indexada à velocidsde
Distribuição eletrônica das forças de frenagem
Espelho nos para-sóis
Faróis de neblina X
Iluminação no porta-malas
Luz de acompanhamento ao deixar veículo
Luzes de assinatura em LED X
Limpador/lavador dos vidros dianteiro e traseiro com intermitência
Partida a frio sem injeção de gasolina
Pré-disposição para rádio (2 AF dian/tras, 2 tweeters e antena
Quadro de instrumentos de 3,5″ com relógio digital, calendário termômetro externo, multifuncional em TFT e personalizável
Rodas de aço 5,5J x 14, pneus 175/65R14T X X
Rodas de alumínio 6J x 15, pneus 185/60R15H X X
Rodas de alumínio 6J x 16, pneus 195/55R16V X X
Segunda porta USB para passageiros de trás X
Seta com pisca-5
Sinalização de frenagem de emergência
Sist. de monitoramento da pressão dos pneus X
Sistema desliga/liga motor nas paradas
Tomada 12 V
Travas elétricas de portas e portinhola do bocal de combustível
Luz interna com temporizador
Verificação do quadro de instrumentos (varredura completa do velocímetro e conta-giros)
Vidros dianteiros com acionamento elétrico um-toque e antiesmagamento X X
Vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico um-toque e antiesmagamento X
Volante com comandos de rádio e telefone X

 

Mais fotos:

(5.154 visualizações, 1 hoje)