Imagine um site de classificados de carros idealizado desde o conceito até a apresentação feito especialmente para autoentusiastas. Pois é isso que o nosso amigo Juliano Barata e seus parceiros do site FlatOut acabaram de lançar com o novíssimo projeto-irmão do FlatOut, o GT40.

OK, mas classificados são sempre a mesma coisa. Engano seu! O GT40 foi concebido para ter uma facilidade incrível de consulta e uso, com um sistema que entende o gosto ou as prioridades de cada usuário e assim apresentar na página inicial uma vitrine que não só proporciona uma série de descobertas, mas principalmente alimenta o desejo de quem consulta o site.

GT40

Através de várias manifestações aqui no AE e nas nos nossos canais, YouTube e Facebook, e também pessoalmente, nós sabemos que muitos leitores e seguidores tem também uma grande afinidade com o FlatOut, e vice-versa. Então outro fator interessante é que agora esse grupo de autoentusiastas que já se encontra diariamente nos comentários das matérias terá um lugar perfeito para expor ou pesquisar modelos. Imagine só que bacana essa interatividade adicional e a possibilidade de fazer bons negócios com autoentusiastas já conhecidos. Pelo menos é o que eu acho que vai acontecer. Muito bacana também é que alguns carros terão o privilégio de aparecer no FlatOut, aumentando ainda mais a exposição.

Eu mesmo naveguei bastante pelo GT40 e adorei. E encontrei a cereja do bolo na promoção de lançamento. Não vou contar qual é para não estragar a surpresa, mas os preços podem ser vistos aqui: vender seu carro.

Há também espaço para lojistas e revendedores. E para o lançamento o GT40 foi pré-alimentado com uma boa seleção de carros. E a partir de agora começa a ser populado por qualquer tipo de carro.

Saiba mais sobre as funcionalidade do GT40 aqui ou simplesmente visite-o aqui.

Parabéns ao FlatOut e ao Juliano Barata pela iniciativa! Sucesso na nova empreitada.
Boas-vindas ao GT40!

PK/AE



  • Gostei do site! Em relação a cereja do bolo, confesso que fiquei perdido entre as várias opções, desde um Karmann Ghia até um Focus Ghia, passando por uma Brasilia 77 e dois Escorts XR3, um 1990 e o outro 1986. Fora os outros carros. Fica difícil prum Autoentusiasta escolher uma cereja de bolo dentre tantas opções

  • PK, bacana o AE fazer esse post dedicado ao GT40. Eu mesmo sou um dos que gosta igualmente do AE e do FO.
    São os sites referência em carros, transito e automobilismo, e qualquer matéria com qualquer editor dá gosto de ler, seja aqui, seja no FO.
    Ah, um outro fator que pesa muito. Não são sites “patrocinados”, tem blog aí, que dá tristeza, parece que foi escrito dentro do departamento de marketing das fábricas, rsrsrsrs…
    E os comentários? Ahhh, os comentários… Aqui o Bob filtra todo tipo de hater, mimimi, panacas em geral. Lá no FlatOut, como os comentários não são averiguados, às vezes aparece algum idiota, mas a equipe de moderadores deles é muito competente, e além disso, os próprios leitores ajudam a “banir” o sujeito, rsrsrs.

    Vida longa ao AE, FlatOut e GT40!

    • Muito legal o seu relato Mike! Obrigado.
      Ontem eu liguei para o Barata para parabenizá-lo pela iniciativa e tive a ideia de divulgar o GT40 aqui no AE. Falamos até em possíveis ações conjuntas. Aguarde!

    • Fat Jack

      Também sou leitor de ambos, quanto ao seu comentário: só às vezes??
      Mike, você foi extremamente cordial com o pessoal do FO agora!
      Vida longa!

      • Ah Fat…. Mais que “às vezes” então, rsrsrs…
        O que acontece no FO e que eu gosto, é que mimizentos e haters, por mais que apareçam, são esculachados sem dó, hahaha.
        Aí somem. Repare, que cada hater aparece uma ou duas vezes, e depois “tchau”.

    • Davi Reis

      O FlatOut é mesmo sensacional, acompanho eles desde os tempos de Jalopnik. Infelizmente, como você bem disse, ocasionalmente aparecem alguns comentaristas intragáveis por lá, o que me desestimula bastante a participar mais vezes.

  • Amigos do AE, muito obrigado pela força! Estamos botando a maior fé (além de sangue, suor e lágrimas) que o GT40 vai realmente agregar algo novo à vida dos autoentusiastas de todos os nichos. Como o Paulo bem mencionou, faz tempo que falamos em fazer alguma coisa juntos, vamos botar isso em prática!

    • Davi Reis

      Parabéns, Barata! Sou um grande admirador do trabalho da sua equipe e também da sua determinação em fazer o site sobreviver depois do fim do Jalopnik! Pode ter certeza que o GT40 vai ser um sucesso.

  • Fórmula Finesse

    Como é bonita a colaboração mútua entre os dois sites, não por acaso, os meus favoritos no assunto “carros”. O Flatout publicava até pouco tempo atrás os vídeos do Autoentusiastas em um segmento chamado “Vídeos Nacionais”.
    Percebe-se o respeito e a curtição reciproca. Coisa de quem realmente gosta de carros…

    • Fórmula Finesse, você disse tudo, coisa de quem realmente gosta de carros.

    • Davi Reis

      Feio mesmo foi a parte em que disseram que para ultrapassar, foi necessário negociar com o câmbio… Talvez eu esteja louco, mas até onde me lembro, reduzir para ultrapassar rapidamente é altamente recomendável, rs.

      • Fórmula Finesse

        Terrível, terrível! Se com 115 cavalos gerados em um motor turbo — equipando um carro pequeno (podia ser até uma Sprinter velha) — e o máximo que consegues é “fazer algumas ultrapassagens”…o elementar é solenemente esquecido.

  • Fat Jack

    É sempre legal ver algo direcionado ao antigomobilistas e autoentusiastas, sem dúvida!
    Espero que o grande público faça bastante uso desta nova plataforma dando-lhe base para crescer, continuar e prosperar, pois são os que eu acredito que atinjam maior “giro”, e só de anúncios profissionais fica mais difícil.

  • CorsarioViajante

    Que legal ver vocês divulgando o GT40 do FO, parabéns! O site ficou incrível, e o Barata achou um nicho que ainda não estava preenchido. Sucesso!

  • Que legal, Alexandre!

  • Mr. Car

    Keller, por alguma razão não estou conseguindo acesso ao site do GT40, mas sabe aquele negócio de “não vi e não gostei”? Neste caso, é “não vi, e já gostei”, he, he! Vou ver se mais tarde o site entra.
    Abraço.

  • Alexandre, consta que Maurice Jarre, autor da música-tema de Grand Prix, de 1966, inspirou-se numa velha canção francesa que contém essa expressão na estrofe inicial para criar o imortal fundo musical do inesquecível filme. Se você lembra da música, oentre le deux, mon coeur balance encaixa-se à perfeição.

    • Alexandre Zamariolli

      Acabei de conferir no YouTube. Encaixa mesmo.

  • Eduardo Sérgio

    Parabéns pela iniciativa e pelo brasão “GT40”. Ficou muito bonito.