O carro mais rápido na aceleração de quarto de milha (9,65 segundos) que se pode comprar num concessionário americano é o novo Dodge Demon, a versão mais potente do Challenger, com 819 cv.

Especulava-se preço acima dos 100 mil dólares, mas o valor anunciado é US$ 84.995, já incluído o imposto de grande consumidor de gasolina (gas guzzler tax) e o frete.

O melhor de tudo é o preço do primeiro pacote de opcionais. Pode ser pedido o conjunto especial de bancos, com tecido para o passageiro e tecido ou couro para o banco traseiro, carpete no porta-malas e uma caixa com várias coisas interessantes, entre elas, pneus e rodas pequenos para o eixo dianteiro, para facilitar as arrancadas, filtro de ar cônico de menos restrição, difusores de ar do painel  com plaqueta gravada com o nome do proprietário, tecla para acionar programa de gerenciamento de motor para gasolina de alta octanagem de competição e o módulo com o programa para liberar a potência até 852 cv.

Nas ferramentas, macaco hidráulico, parafusadeira de impacto a bateria, torquímetro, manômetro para pneu a a bolsa para ferramentas. Há um berço de espuma para encaixar os pneus estreitos e o macaco no porta-malas. US$ 86.094 é o preço com tudo isso, pouco mais de 1.100 dólares por um belo pacote.

Se o comprador quiser mais conforto, bancos em couro e Alcantara com aquecimento e ventilação, pedais com capas brilhantes, sobretapetes e volante em Alcantara com aquecimento por mais 1.595 dólares. Mais 995 dólares trazem som Harman Kardon de 900 W com dezoito alto-falantes e dois subwoofers (pense em mais peso, amigo autoentusiasta), e o teto solar mais 4.995 das cédulas verdes americanas (e mais peso).

Pode ser escolhida uma das 15 cores disponíveis, e capô teto e tampa de porta malas em preto fosco custam US$ 3.495.

Uma coisa muito boa é a garantia de 3 anos ou 36 mil milhas para o carro todo, exceto o trem de força, cuja garantia é de 60 mil milhas, algo excepcionalmente ótimo.

Mesmo com tudo, ainda custa menos de 100 mil dólares. O problema é que serão apenas 3.300 unidades, então, ágios serão normais, infelizmente.

A produção começa no final de agosto.

JJ

(972 visualizações, 1 hoje)