A VW anunciou nesta terça-feira (18) os preços da linha up! 2018:

 

PREÇOS up! 2018
Antes Agora Variação % (+)
R$ R$
take up! 37.990 37.990 0
move up! 45.987 48.290 5,00
move up! TSI 50.123 52.790 5,32
high up! 51.322 57.100 11,20
cross up! 49.957 55.600 11,29
up! connect teto cor do carro 54.990
up! connect teto preto 56.390

O novo up! connect é baseado no move up! TSI e custa mais R$ 2.200. Com teto preto, mais R$3.600 em vez de mais R$ 2.200.

AE



Error, group does not exist! Check your syntax! (ID: 7)
  • Meu coração já “bate mais forte” por um 208 1,2, rsrsrs…

  • Paulo Júnior, não teremos, pelo menos por um tempo.

  • Marcio

    O problema é a retirada das barras de proteção das portas do 208, somos tratados como índios.

    • Marcio, alguém já morreu por causa disso? Eta, complexo de vira-latas!

      • CorsarioViajante

        Neste caso com certeza muitos já morreram, especialmente em colisões laterais… rs

  • Marcio

    O Etios se comparado ao up tem mais espaço, mas motorização bem inferior, acabamento inferior, em relação à segurança é estruturalmente inferior, carro projetado para países pobres.
    Tenta encontrar Etios no primeiro mundo… Lá eles tem o Yaris.

    • Marcio, complexo de vira-latas você também?

  • Douglas, não existe ainda Gol G6 e o up! não vende tão mal.

  • Marcio, muito fácil: não compre carro que não tem barras antiinvasivas nas portas. Mas mesmo que você compre um que tenha, o que mais mata em colisões laterais é rompimento da coluna cervical, e nisso as barras nas portas podem até ajudar a acontecer. Por isso faça como eu, jamais leve uma batida lateral tendo todo o cuidado do mundo nos cruzamentos, de dia, de noite, com ou sem semáforo, e nunca acredite no sinal verde para você.

  • Marcio, se isso não é complexo…

  • Marcio, tive um Escort como esse seu, belo carro. Hoje está com o Arnaldo Keller.

  • CorsarioViajante

    Imaginava que a VW ia aproveitar o facelift do up! para dar um “choque de realidade” no modelo, tornando ele mais atraente, organizar a linha e alavancar as vendas. Mas não, fez o oposto. É pena, pois é um modelo muito legal mas que ficou bem sem sentido.

    • invalid_pilot

      Mais uma vez fizeram as mesmas alterações estéticas do europeu, porém por aqui como de praxe, menos recheado.

      • Invalid_pilot, olha o complexo que nem preciso dizer qual…

        • invalid_pilot

          Bob, respeito a opinião mas o High por praticamente 60 mil reais agrega pouco ao meu ver, acho que deveria ser igual ao europeu (airbag lateral, ESP, talvez alerta de ponto cego e outros mimos que justificassem).
          Ainda mais por ser um automóvel que não é best-seller, apesar de ser excelente.

          • Invalid, aí não custaria 60.000…

      • Milton Evaristo

        Ficou faltando a luz diurna, coisa simples, pois é como na Duster, na mesma lâmpada da luz de posição.

  • CorsarioViajante

    Vamos lembrar que o Fox, assim como o up!, foi lançado abaixo do Gol G4. E desculpe, o dito G6 não é inferior ao G3.

    • Corsario, sim, dito porque o G6 ainda não nasceu. Intriga-me de onde saiu essa história de G6.

  • Caio Curvelo, exagero, sem dúvida, pois baixar/subir vidro à manivela está no rol das coisas de pobre.

  • Fat Jack, conceito perante o consumidor? Não vejo como e em quê.

  • Antonio F., acha ruim isso? Eu acho ótimo, quanto mais opções, melhor.

  • Marco Antônio, disse tudo.

  • Douglas, não se preocupe com o G6, de tanto se ouvir acaba-se repetindo. Também esperava que o up! vendesse mais, mas são mistérios de todo mercado. Por exemplo, quando foi lançado achei o Edsel simpático,atraente, mas foi um grande fracasso e ficou pouco tempo em produção.

  • Cristiano, infelizmente o controle de tração que não pode ser desligado continua.

  • Fat Jack, você esta falando de duas marcas que produzem médios no Brasil. Qual outro? O Jetta é feito aqui, mas num regime que ainda não pegou, é mais montado.

  • Antonio F., precisa conhecer muito automóvel para expor as vantagens e desvantagens, mas isso é raro encontrar. Não, não acredito em fogo amigo.

  • Marco Antônio, acertou o alvo na mosca!

  • Lucas, está bem, a Peugeot não vende mais porque não tem ESP e barras nas portas…

  • MrFreevo7

    Gosto muito do Etios, em especial do hatch. Contudo, acho que a Toyota não consertou o painel do Etios. O maior problema dele não era, a meu ver, o design, e sim a posição central deslocada do motorista. Mas reconheço que há um esforço em melhorar o produto e ouvir a opinião dos usuários e da imprensa especializada.

    • MrFreevo, o painel central, como está, é perfeito. Não distrai o motorista. Já dirigiu um?

  • Augusto Nogueira

    O Bob queria até ir na ONU porque não temos carros a Diesel ( http://bestcars.uol.com.br/colunas2/b189b.htm ), qual o problema em também reclamarmos de sermos privados de outros avanços científicos? Depende de quem faz a reclamação?

    • Augusto Nogueira, você confundiu alhos com bugalhos, lamentavelmente.

  • Bijuja, então você prefere vidro basculante a um que desça só para não ver a degradante, pobre manivela?

  • Marcio, como você pode ter certeza que barras nas portas evitariam essas mortes?

  • Macio, os brasileiros fazem muito bem em não darem a mínima para os itens mencionados, a começar por mim.

    • Marcio

      Pois eu apenas lamento este tipo de atitude, não dar prioridade para o carro do fabricante que está se esforçando para te entregar mais segurança.

      • Marcio, eu sei cuidar de mim, sei onde está a segurança. Faço-o há 57 anos.

  • Marcio, seria??? É!!!!

  • Marcio, ih, está pior do que eu pensava seu complexo de vira-latas.

  • Lucas, não concordo, absolutamente.

  • Marcio, você está acometido da “neurose da segurança” em caso de acidente e acha que vai sobreviver em qualquer um num carro “seguro”. Tudo bem, é seu direito, mas a neurose de evitar acidentes como a de jamais sofre colisão lateral (como a minha) vale muito mais a pena, garanto-lhe.

    • Marcio

      De forma nenhuma é neurose, na postagem anterior deixei muito claro que sei que sempre tem limite, mas por qual motivo vou comprar um carro inseguro se pelo mesmo preço posso comprar um seguro?
      Inclusive comprar um carro mais atual feito para primeiro mundo, com motorização mais moderna e que oferece mais equipamentos de segurança e maior segurança estrutural estou é uma forma de prestigiar as montadoras que não estão fazendo economia de palito, que não estão sendo mesquinhas com o consumidor brasileiro.
      E sim, é com o consumidor brasileiro, na Europa rica e América do Norte eles oferecem estes equipamentos até nos carros mais básicos, aqui não, um Dacia logan mais básico na Inglaterra não tem ar ou direção mas oferece esp e quatro airbags de série.
      E novamente, se fossem equipamentos tão inúteis não existiria este desperdício de tempo e dinheiro equipamento os carros com a sopa de letrinhas, a eficácia é comprovada e não vê quem não quer ver.

      • Marcio, carro “inseguro”… Tem cada uma nesse mundo!

      • Marcio, essa de “carro inseguro” é o máximo da neurose! Você deve dirigir pensando que a qualquer momento vai sofrer um acidente e que se estiver num “carro seguro” você será imortal. Só pode ser isso.

  • Gustavo73

    O Fox é um projeto nacional. E que foi exportado para a Europa.
    http://economia.estadao.com.br/noticias/mercados,volks-desiste-do-projeto-de-exportacao-fox-europa,20060914p17034
    O Gol tem 2,46 m de entre-eixos enquanto HB20 e Onix tem 2,50 e 2,52 m carros projetados bem depois.

  • Gustavo, plataformeiro da pesada você, hein!

  • Marcio, por qual motivo? Porque você pode querer aquele carro que não tem nada desses “itens de segurança”. Afinal, você está sujeito a dar uma estampada legal em outro carro ou poste, isso é que vale para você. Para mim, jamais.