— Querem testar o Etios 2018 hatchback 1,5 automático? — perguntou-nos a responsável pela frota de testes de Toyota.

Pensei rapidamente enquanto ela aguardava na linha minha resposta. Já fizemos inúmeros testes do Etios, repassei as matérias publicadas  e vi que ainda não havíamos testado a versão com esse conjunto motriz, só o sedã. Respondi que sim, embora eu soubesse que não houvesse mais o que testar no sentido estrito.

Mas havia o fato de ser um hatchback, tipo de carroceria que tem um quê a mais de agilidade que a sedã e que tem  minha preferência hoje, mesmo sabendo que, no caso do Etios, o espaço no banco traseiro não é tão generoso devido ao entre-eixos de 2.460 mm versus 2.550 mm do sedã (embora ainda seja muito bom). Mas quem precisa de espaço para bagagem a escolha deve ser o três-volumes e seu colossal volume de 562 litros (270 litros no hatchback, menos da metade).

Além de preferir os hatchbacks pelo aspecto dinâmico — balanço traseiro mais curto, menor momento polar de inércia —, o menor comprimento é um atrativo no nosso tempo de cada vez menos espaço para estacionar. Quase meio metro menos no comprimento (3.777 x 4.265 mm) faz diferença, fora que a enorme porta de carga tem sua praticidade inerente. Como última razão para a minha mudança de gosto, os fabricantes aprenderam a fazer hatchbacks com elevada rigidez torcional apesar da parte final da carroceria ser aberta, diferentemente do que eu observava trinta ou quarenta anos atrás.

Fora para-choque e grade dianteira diferentes, e a adição de saias laterais disponíveis antes só na versão de topo Platinum, nada mudou no desenho. Mas na linha 2018 há dois novos e importantes itens: engates Isofix com ponto de fixação superior e terceiro cinto de três pontos no banco traseiro.

A versão XLS passa a ser disponível apenas com câmbio automático — daí o título sem menção de tipo de câmbio, foi intencional — e custa R$ 61.590. Pode-se estranhar tal montante num hatchback compacto, mas ao considerar a dotação de equipamentos (não há opcionais) o conteúdo do veículo na lista de equipamentos ao final essa impressão muda.

Agradável

Talvez seja o melhor adjetivo que defina o Etios testado. Há nítido bem-estar a bordo, arejado, nada claustrofóbico, um rodar firme e controlado sem nenhum traço de desconforto, um motor suave e bem disposto em bom casamento com o câmbio automático epicíclico de quatro marchas. E frugal em combustível, o consumo Inmetro é 11,9/8,1 km/l na cidade e 13,2/9,2 km/l na estrada.

Estava com gasolina no tanque e numa viagem a Guarujá (para atender ao lançamento do Ka Trail) o computador de bordo registrou quase 14 km/l, ida e volta com ar-condicionado ligado e cumprindo os limites de velocidade com a tolerância legal de medição.

O quadro de instrumentos central à luz e imagem do Prius é mesmo um destaque do Etios. Além de bonito, decorativo, sua legibilidade é perfeita. Consultar a velocidade mostrada digitalmente é mover apenas os olhos lateralmente por um tempo que estimo em meio segundo, se tanto. Não faltam informações, pode-se ter conta-giros analógico virtual ou em barra horizontal quando o computador de bordo é exibido. A mudança do antigo e polêmico quadro  de instrumentos, que o Arnaldo batizou de “balança Filizola”, para o atual é o exemplo perfeito de fazer do limão uma limonada.

O câmbio, impecável. Troca rápido e suave e parece estar sempre atento ao que se quer fazer. Para freio-motor numa descida de serra suave (6%) como a utilizada, basta deslocar a alavanca para a esquerda e a quarta marcha é eliminada. A descida é vencida com o controlador de velocidade ligado, em terceira, mantendo a velocidade programada. O estol do conversor de torque é a 2.300 rpm, adequado às características do motor.

O que a Toyota pode providenciar é dar mais curso ao limpador de para-brisa. Como está falta uma parte importante ser varrida quando se precisa ver bem à esquerda.

A Toyota, assim como a Honda  — coisa de japonês? — não diz nada sobre desempenho, que estimo em 10~10,5 segundos para o 0-100 km/h e 170 km/h de velocidade máxima. O fato é que não se sente falta de aptidão para andar rápido, seja na estrada ou nas arrancadas de semáforo ou de cabine de pedágio.

Para ficar ainda mais agradável deveria haver faixa degradê no para-brisa e para ficar mais útil o encosto do banco traseiro tinha que ser dividido, pelo menos 50-50%. E faz falta o ajuste de altura da ancoragem do cinto na coluna central.

É isso o que tenho a dizer deste Etios e deixo por último algo que considero fundamental em qualquer carro: manobrabilidade. O diâmetro mínimo de curva dele é de apenas 9,6 metros. Como isso ajuda no dia a dia!

BS

(Atualizado em 15/04/17 às 19h20, inclusão de três fotos na galeria e informação de que falta um ajuste de ancoragem do cinto na coluna central)

Mais fotos, depois vem ficha técnica e a seguir a lista de equipamentos.

FICHA TÉCNICA ETIOS HATCHBACK 1,5 XLS 2018
MOTOR
Tipo 4 cilindros em linha, duplo comando de válvulas no cabeçote, corrente, 16 válvulas,atuação indireta por alavancas roletadas com compensação hidráulica de folga, variador de fase admissão e escapamento, bloco e cabeçote de alumínio; flex, transversal
Cilindrada (cm³) 1.496
Diâmetro e curso (mm) 72,5 x 90,6
Taxa de compressão (:1) 13
Potência (cv/rpm, G/A) 102/107/ 5.600
Torque (m·kgf/rpm, G/A) 14,3/14,7/4.000
Formação de mistura Injeção no duto
TRANSMISSÃO
Câmbio Transeixo de 4 marchas, automático epicíclico, tração dianteira
Relações das marchas (:1) 1ª 2,75; 2ª 1,568; 3ª 1,000; 4ª 0,696; ré 2,300
Relação do diferencial (:1) 3,821
SUSPENSÃO
DIANTEIRA Independente, McPherson, braço triangular, mola helicoidal e amortecedor pressurizado, barra estabilizadora
TRASEIRA Eixo de torção, mola helicoidal e amortecedor pressurizado, barra estabilizadora incorporada ao eixo
DIREÇÃO
Tipo Pinhão e cremalheira, eletroassistida indexada à velocidade
Relação de direção (:1) 18,6
Nº de voltas entre batentes 3,8
Diâmetro mínimo de giro (m) 9,8
FREIOS
Dianteiros A disco ventilado
Traseiros A tambor
RODAS E PNEUS
Rodas (pol.) Alumínio, 5,5J x 15  (estepe de aço)
Pneus 185/60R15H  (estepe temporário 175/65R14T
DIMENSÕES (mm)
Comprimento 3.777
Largura 1.695
Altura 1.510
Distância entre eixos 2.460
PESOS E CAPACIDADES
Peso em ordem de marcha (kg) 965
Porta-malas (L) 270
Tanque de combustível (L) 45
CONSUMO DE COMBUSTÍVEL INMETRO/PBVE
Cidade (km/l, G/A) 11,9/8,1
Estrada (km/l, G/A) 13,2/9,2
CÁLCULOS DE CÂMBIO
v/1000 em 4ª (rpm) 41,5
Rotação a 120 km/h em 4ª (rpm) 2.900
Rotação à vel. máx. em 3ª (rpm) 5.900 (aprox.)

 

EQUIPAMENTOS ETIOS HB 1,5 XLS 2018
APARÊNCIA
Acabamento cromado da tampa do porta-malas
Acabamento interno das portas de tecido
Acabamento preto na coluna central
Defletor traseiro
Difusores de ar com acabamento cromado
Grade dianteira na cor da carroceria
Maçanetas externas e carcaça dos espelhos na cor da carroceria
Maçanetas internas com acabamento preto fosco
Manopla do câmbio com acabamento especial
Para-choques na cor da carroceria
Rodas de alumínio 15″
Volante com acabamento prata fosco
CONFORTO E COMODIDADE
Abertura elétrica do porta-malas
Abertura interna da portinhola do tanque de combustível
Acelerador de comando eletrônico
Acionamento elétrico dos vidros dianteiros e traseiros (um-toque descida para o do motorista)
Ajuste de altura do volante de direção
Aquecedor
Ar-condicionado com filtro de pólen
Banco traseiro com encosto rebatível
Bancos em padrão couro Comfort Drive
Chave com comando de abertura e fechamento de portas
Computador de bordo com função ECO Wallet
Console central com dois porta-copos dianteiros e um traseiro
Conta-giros
Controlador automático de velocidade de cruzeiro
Descansa-braço no banco do motorista
Direção eletroassistida indexada à velocidade
Para-sóis com espelho
Porta-malas com iluminação
Travas elétricas
Volante de direção revestido de couro
SEGURANÇA
Alarme de cinto não atado
Alarme de faróis ligados
Alarme de portas malfechadas
Alarme periférico antifurto
Apoio de cabeça para passageiros do banco traseiro (3)
Bolsas infláveis frontais
Cintos dianteiros com pré-tensionador e limitador de força
Cintos traseiros retráteis de três pontos (3)
Desembaçador do vidro traseiro
Engates Isofix com pontos de fixação superior para dois bancos infantis
Faróis de neblina
Freios ABS com distribuição eletrônica das forças de frenagem
Imobilizador de motor
Jogo de tapetes (4 unidades)
Limpador e lavador do vidro traseiro
Repetidoras de setas nos espelhos
Terceira luz de freio (conjunto de LEDs)
ÁUDIO
Antena de teto dianteira
Dois alto-falantes e dois tweeters
Rádio/toca-CD com MP3, Bluetooth e entrada USB, com tela tátil com espelhamento de smartphones
(6.046 visualizações, 2 hoje)


Sobre o Autor

Bob Sharp
Editor-Chefe

Um dos ícones do jornalismo especializado em veículos. Seu conhecimento sobre o mundo do automóvel é ímpar. História, técnica, fabricação, mercado, esporte; seja qual for o aspecto, sempre é proveitoso ler o que o Bob tem a dizer. Faz avaliações precisas e esclarecedoras de lançamentos, conta interessantes histórias vividas por ele, muitas delas nas pistas, já que foi um bem sucedido piloto profissional por 25 anos, e aborda questões quotidianas sobre o cidadão motorizado. É o editor-chefe e revisor das postagens de todos os editores.

Publicações Relacionadas