Este vídeo complementa a matéria do Corolla Altis publicada em 13 de abril de 2017 que pode ser acessada aqui: Toyota Corolla Altis, no uso.

BS



  • Marcio

    Que nada, se você for em outros sites “especializados” estarão falando que o reloginho no painel é inaceitável num carro de mais de 100 mil.

  • Lorenzo Frigerio

    Um carro no-nonsense, a melhor definição da palavra “standard”. Se eu tivesse condições de ter um carro desse preço, iria de Jetta Highline TSI, mesmo que “pé-de-boi”.

  • Randy, nem todos se prendem a aspectos técnicos. Desmerecer o Corolla Altis (ou qualquer carro) pela questão levantada (razão técnica) é inaceitável aqui no AE. Quanto mais sendo o Corolla um best-seller no seu segmento e muito agradável de dirigir, inclusive rápido.

  • JM José Maria

    Sharp, parabéns. Já tinha lido a outra e comentado.
    Comprei um XRS branco, já tive seis Corollas, com esse. Ficou melhor, hein!

  • Randy, está bem, aceito sua ponderação.

  • Victor Mattos, a questão de carpete claro sujar é apenas questão de educação dos brasileiros. Basta ver o piso dos banheiros públicos.

  • Mr MR8

    Segue parte do brilhante texto, extraído deste site:
    “O Mito

    Honda e Toyota conseguiram construir o mito da resistência e da falta de problemas, tipo lenda urbana, com histórias enfatizando tais dotes, e isto dá-lhes coragem para impor preços desarrazoados, um plus, um delta, um algo mais por serem Honda ou Toyota. Na prática donos de Mitsubishi, Subaru e Suzuki poderão entrar nesta canoa porquanto a qualidade japonesa é consequência, um projeto de sobrevivência ter qualidade para conquistar o mercado americano e, a partir deste, o mundo.

    Não vejo razão para, dentre o segmento utilizando motores com configuração assemelhada, o Honda Civic com motor 1,5 e 173 cv, custar em torno de 50 % a mais ante um Citroën C4 Lounge, com motor 1,6 e potência idêntica; e discrepâncias assemelhadas sobre o VW Jetta, 1,4, e Chevrolet Cruze, 1,4 – veja a tabela.

    Ao comprador de automóvel com tal valor o mito da resistência e falta de problemas parece ociosidade, pois todos os carros novos tem ótima qualidade e, pensando no usuário este o utilizará por um ou dois anos, período no qual nenhum destes exemplares terá problemas.

    Cilindrada (L) Potência Preço R$ % sobre
    Honda Civic Touring 1,5 turbo 173 cv 124.900
    Citroën C4 Lounge THP 1,6 turbo 173 cv 69.990 > 78,4
    Jetta 1,4 TSI 1,4 turbo 150 cv 93.990 32,8
    Chevrolet Cruze LTZ 1,4 turbo 150 cv 101.190 23,4
    É de se perguntar, motor turbo (Honda, foto de abertura) permite custar metade mais caro ante concorrente igual?”

    • Nevermind

      O cara compara a versão topo do Civic com a versão de entrada do C4. A versão topo do C4 está 96 mil. De igual só tem o motor.

  • Sem comparativos, Welyton. A dedução tem que ser sua ao ler as matérias.