Ferrari domina a primeira fila de largada para o GP da Rússia. Estratégia de pneus vai definir resultado da corrida. Massa larga em sexto.

A Ferrari conseguiu colocar seus dois carros na primeira fila para o Grande Prêmio da Rússia, quarta etapa do Campeonato Mundial de F-1, que será disputado amanhã. A prova será no autódromo de Sochi e tem a largada prevista para as 9h00 horário de Brasília, quando Sebastian Vettel (pole) e Kimi Räikkönen lideram uma formação de 20 carros. A prova de classificação foi marcada por uma intensa disputa entre a Ferrari e a Mercedes, que pela primeira vez nesta temporada viu seus dois pilotos andarem mais lentos que os rivais de Maranello. Felipe Massa confirmou as expectativas e garantiu a sexta posição de largada, dividindo a terceira fila com o australiano Daniel Ricciardo.

No ano passado a corrida de Sochi foi marcada por uma única parada no boxe para troca de pneus, algo que apesar da maior durabilidade desse equipamento nesta temporada poderá não se repetir. Como o regulamento exige a utilização de dois tipos de compostos na corrida e o rendimento obtido com os modelos ultramacios (roxos) é cerca de um segundo melhor por volta em comparação registrados com supermacios (vermelhos), a disputa entre Ferrari e Mercedes vai implicar em estratégias ousadas. O mais provável será duas pernas mais longas com os pneus ultramacios intercalados por uma perna curta com pneus supermacios.

Falando após a prova de classificação o alemão Sebastian Vettel não escondeu a alegria pelo resultado de hoje: “Até agora a Mercedes estava melhor do que nós nas provas de classificação, mas hoje conseguimos ser mais eficientes. A disputa foi apertada e embora eu soubesse que tinha feito uma volta boa não tinha certeza que era suficiente para garantir a pole position. Amanhã teremos uma corrida apertada e largar na primeira primeira fila é muito bom.”

Valtteri Bottas novamente mais rápido que seu maior rival, o companheiro de equipe Lewis Hamilton (Mercedes)

Valtteri Bottas, pole position no GP do Bahrein disputado há duas semanas, novamente foi mais rápido que seu companheiro de equipe Lewis Hamilton. O inglês cometeu vários erros em suas voltas rápidas, evidenciando que ele e a Mercedes ainda não conseguiram descobrir o acerto ideal do chassi W08 para o regulamento atual, que permite asas de maiores dimensões e pneus mais largos. Por seu lado, Bottas demonstrou otimismo suficiente para provocar seus adversários da Ferrari: “Estamos próximos da Ferrari e o resultado de amanhã é o que vale. A reta de Sochi é grande o suficiente e largar na segunda fila não é tão ruim.”

Estebán Ocón segue melhorando e larga em décimo lugar, ao lado do mexicano Sérgio Pérez (Sahara Force India)

Surpresa maior do grid foi ver a equipe Force India colocar dois carros entre os 10 primeiros, com Sérgio Pérez e Estebán Ocon, nesta ordem, dividem a quinta fila do grid e alinham atrás de Max Verstappen e Nico Hulkenberg, sétimo e oitavo, respectivamente. A TV Globo transmite a corrida ao vivo, a partir das 9h00 e o canal SporTV apresenta a reprise a partir das 14h00.

Grid de largada para o GP da Rússia:

1) Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, 1’33″194
2) Kimi Räikkönen, Ferrari SF70H, 1’33″253
3) Valtteri Bottas, AMG-Mercedes W08, 1’33″289
4) Lewis Hamilton, AMG-Mercedes W08, 1’33″767
5) Daniel Ricciardo, Red Bull RB13-Tag Heuer, 1’34″905
6) Felipe Massa, Williams FW40-Mercedes,  1’35″110
7) Max Verstappen, Red Bull RB13-Tag Heuer, 1’35″161
8) Nico Hulkenberg, Renault RS17, 1’35″285
9) Sérgio Pérez, Force India VJ10-Mercedes, 1’35″337
10) Estebán Ocón, Force India VJ10-Mercedes, 1’35″430
11) Carlos Sainz Jr, Toro Rosso STR12-Renault, 1’35″948
12) Lance Stroll, Williams FW40-Mercedes, 1’35″964
13) Daniil Kvyat, Toro Rosso STR12-Renault, 1’35″968
14) Kevin Magnussen, Haas VF17-Ferrari, 1’36″017
15) Fernando Alonso, McLaren MCL32-Honda, 1’36″660
16) Jolyon Palmer, Renault RS17, 1’36″462
17) Pascal Wehrlein, Sauber C36-Ferrari, 1’37″332
18) Marcus Ericsson, Sauber C36-Ferrari, 1’37″507
19) Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32-Honda, 1’37″070
20) Romain Grosjean, Haas VF17-Ferrari, 1’37″620

WG

(324 visualizações, 1 hoje)


Sobre o Autor

Wagner Gonzalez
Coluna: Conversa de Pista

Jornalista especializado em automobilismo de competição, acompanhou mais de 350 grandes prêmios de F-1 em quase duas décadas vivendo na Europa. Lá, trabalhou para a BBC World Service, O Estado de S. Paulo, Sport Nippon, Telefe TV, Zero Hora, além de ter atuado na Comissão de Imprensa da FIA. É a mais recente adição ao quadro de colunistas do AUTOentusiastas.

Publicações Relacionadas