Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas PORSCHE 911 TURBO CUP DE 800 cv EM PIKES PEAK (VÍDEO) – Autoentusiastas

Caro leitor ou leitora,

Recebi este vídeo agora à noite e tinha que compartilhá-lo com você. Pela espetaculosidade da Subida de Montanha de Pikes Peak, uma montanha da Cordilheira Front, nas Montanhas Rochosas, no estado do Colorado, EUA. Sua altitude é de 4.300 metros.

Não menos espetacular é este vídeo em que o piloto americano Jeff Zwart, que fará 62 anos em maio, mostra uma habilidade ímpar para levar o Porsche 911  GT3 Turbo Cup ao topo da subida, percurso de 19, 988 km que sobe 1.438 metros, o que corresponde a uma rampa média de 7,2%.

A subida só foi totalmente asfaltada em agosto de 2011 e incontáveis  provas foram feitas quando totalmente de terra.

Jeff Zwart, de Long Beach, Califórnia (Foto: Wikipedia)

O tempo que Jeff registrou, 9min46,243s, representa média horária de 122,742 km/h.

Em sua história 100 anos, somente 13 pilotos fizeram o percurso em menos de 10 minutos

Observe seu trabalho de mãos e pés, especialmente o punta-tacco, e como por vezes ele passa rente à borda externa da pista, sem nada que segure o carro numa escapada rumo a sabe-se lá onde.

Note que o câmbio é sequencial pela alavanca, no padrão subir marcha para trás. Nada de borboletas!

Curta o vídeo!

BS



Sobre o Autor

Bob Sharp
Editor-Chefe

Um dos ícones do jornalismo especializado em veículos. Seu conhecimento sobre o mundo do automóvel é ímpar. História, técnica, fabricação, mercado, esporte; seja qual for o aspecto, sempre é proveitoso ler o que o Bob tem a dizer. Faz avaliações precisas e esclarecedoras de lançamentos, conta interessantes histórias vividas por ele, muitas delas nas pistas, já que foi um bem sucedido piloto profissional por 25 anos, e aborda questões quotidianas sobre o cidadão motorizado. É o editor-chefe e revisor das postagens de todos os editores.

  • André

    Pelo meu modo de operar o volante — conforme
    demonstrado naquele antigo vídeo seu, avançando a mão contra o sentido da
    virada — não faço questão dessa febre de borboletas no volante.
    Automóvel de rua não é como monoposto de F-1 com relação de direção em que se fica o tempo todo
    com as mãos e polegares encaixados no mesmo ponto, por isso carros de rali não costumam as usar
    assim. Acabamos por perdê-las, ficando mais prático usar a alavanca. As
    borboletas fixas e grandes melhoram um pouco a questão, mas a alavanca ainda é melhor.

    Meu carro atual possui as tão veneradas e desejadas borboletas, sem opção na alavanca, acabo usando o modo S para andar bem rápido em pista sinuosa..

    • André, em carro que tem alavanca jamais uso as borboletas. E vou além: nunca compraria um carro sem alavanca, fosse qual fosse.

  • Fernando, primeiro treine com carro parado e motor desligado. Depois, carro parado e motor ligado. Após adquirir sensibilidade com o pé direito “torto” para acionar o freio, vá a uma rua deserta e comece a exercitar a manobra. Em pouco tempo você pegará o jeito.