Está para estrear na Europa nos próximos dias o documentário “The Green Hell” (O Inferno Verde), que fala sobre Nürburgring, o mítico autódromo alemão.

SINOPSE DO DOCUMENTÁRIO

Encravado do na região alemã do Eifel, o “Nordschleife”, ou Anel Norte, é a mais exigente e difícil pista do mundo.

Construído em 1925, o autódromo de Nürburg (Nürburgring em alemão) e sua pista de 24,9 quilômetros (hoje 22,8 km) é a referência de desempenho para pilotos e fabricantes até hoje. O recorde de volta de um carro de rua emplacado, 6’57”, em poder do Porsche 918 Spyder, híbrido de 887 cv, é o objeto e tentação para toda supermáquina e todo piloto, profissional ou amador.

Esgueirando-se como uma serpente em meio à densa floresta de Eifel, o circuito é uma fera mortal. Jeremy Clarkson, ex-apresentador do programa “Top Gear” da BBC, disse que “ao longo dos anos essa pista ceifou mais de 200 vidas.” Foi fechada para a Fórmula 1 em 1976 devido ao acidente quase fatal de Niki Lauda e continua sendo procurada por fabricantes e pelo público que paga para andar lá.

Nürburgring, idolatrado por pilotos, não se importa com seus romeiros, sejam demônios da velocidade ou lendas do esporte. Pois Nürburgring tem se envolvido indiscriminadamente com a  morte ou lesões graves daqueles que têm a audácia de tentar conquistá-lo.

Mítica e fatal, Nürburgring foi melhor descrito com admiração e respeito por uma lenda do automobilismo que enfrentou o desafio para contar história, Sir Jackie Stewart. Ele o batizou de “Inferno Verde”.

O nome Nürburgring está ligado a pilotos campeões como Juan Manuel Fangio, Alberto Ascari, Rudolf Caracciola, Tazio Nuvolari, Graham Hill, Jim Clark, Jackie Stewart, Niki Lauda, e os de hoje como Nico, Rosberg, Lewis Hamilton, bem como às lendárias fabricantes de automóveis como a Mercedes e seus Flechas de Prata, Audi, Porsche, Aston Martin, e muitos outros.

“The Green Hell™” revelará e explorará este único relacionamento entre Homem, Máquina e Natureza com material absolutamente novo em espetacular 4k. O filme apresentará entrevistas e perfis exclusivos de lendas do automobilismo tanto do passado quanto do presente. E acompanhará a história de três grandes jornalistas das corridas que cresceram à volta de Nürburgring, a de aventureiros particulares, dos mais rápidos hipercarros de hoje, e revelará inestimáveis e inéditas cenas das corridas da era de ouro a partir dos anos 1920.

A produtora do filme, Moonlake Entertainment, teve colaboração da Aston Martin, Audi, BMW, Lamborghini, Mercedes, Porsche e Williams, e entrevistou Sir Jackie Stewart, Sir Stirling Moss, Hans Hermann, David Coulthard, Mark Webber, Susie e Toto Wolf, Niki Lauda, Jochen Mass, Jackie Oliver, Hans Joachim Stuck, Ernst Piëch, Adrian Newey, Tom Chilton, Wolfgang Porsche, e muitos mais.

O documentário estreia nesse 21 de fevereiro no Reino Unido, Irlanda, Alemanha e Áustria. Em 7 de março, na Espanha e na Itália. Ainda não há informação sobre sua exibição no Brasil.

A produtora divulgou este trailer:

AE

(984 visualizações, 1 hoje)