Em audiência no Palácio do Planalto com o presidente Michel Temer, diretoria da Toyota brasileira anunciou investimentos de R$ 600 milhões na fábrica de Porto Feliz, SP. Boa notícia em meio a cenário econômico negativo, o aporte aumentará operações industriais dedicadas a motores, incluindo na linha de produção novos motores para o sucessor do atual Corolla, sedã a ser lançado nos próximos meses.

Os novos motores não seguirão a tendência de downsizing, redução em tamanho e peso, nem iniciará o caminho do uso do turboalimentador para a marca no Brasil. Terá 2.000 cm³ de cilindrada, será construído em alumínio, empregará 16 válvulas nos quatro cilindros em linha, e inicia nova geração para o Corolla e futuros produtos. Deverá ser o primeiro Toyota nacional com injeção direta de combustível, com aptidão a receber turboalimentador. Atual projeto da Toyota para a América Latina será unidade de força para outros futuros produtos.

(Roberto Nasser, de Brasília)

(139 visualizações, 1 hoje)