Que belo motor! Além de suas características já comentadas quando do lançamento em setembro em matéria aqui no AE, o conjunto formado pelo Uno revitalizado com  novo estilo desenho frontal e o novo Firefly de 1.332 cm³ de quatro cilindros ficou admirável. Os 101 cv a 6.000 rpm com gasolina e 109 cv a 6.250 rpm, com álcool, resultam em 9,7 kg/cv na condição mais favorável, o que se traduz numa vivacidade para acelerar e retomar velocidade de fazer sorrir que gosta de automóvel e está operando o pedal da direita. A aceleração 0-100 km/h em 9,8 segundos (10,6 s com gasolina) explica o porquê do sorriso. Numa hipotética Autobahn pode chegar a 177 km/h, independente do que haja no tanque.

O Uno Way 1,3 custa R$ 47.640 e o belo vermelho Alpine do carro testado é de série. Há três kits opcionais: o Comfort (R$ 890), o Tech (R$ 4.500) e o Tech Live On (R$ 4.700).

fiat-uno-way-2017-132

O novo motor 1.332-cm³ Firefly supera as expectativas; pintura do cofre igual à externa: elogiável

O Comfort traz terceiro apoio de cabeça traseiro rebaixado, descansa-braço central no banco do motorista, banco do motorista com regulagem de altura, banco traseiro bipartido, cinto de segurança traseiro central retrátil de 3 pontos e porta-objetos para smartphone.

O Tech inclui o Comfort, mais alarme antifurto, auxílio de partida em aclive, controle de estabilidade e tração (desligável), rádio Connect integrado ao painel com RDS, entrada USB/AUX, Bluetooth e função áudio streaming, volante com comandos do rádio e telefone, retrovisores externos elétricos com função de orientação para baixo no direito ao engatar ré, rodas de alumínio 5,5 x 14 exclusivas “Way” com  pneus “superverdes” de uso misto 175/70R14, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, e vidros elétricos traseiros com um-toque e antiesmagamento.

Finalmente o Tech Live On, que é o Tech mais sistema de conectividade via Bluetooth com rádio e aplicativo para smartphones com sistema IOS e Android e inclui volante com comandos do rádio/telefone, suporte retrátil e entrada USB para carregamento.

Além do vermelho Alpine, a outra cor sem acréscimo é a preto Vulcano. As demais seis custam R$ 1.547. Veja a tabela com os itens de série no final.

O mesmo Way 1,3 pode vir com câmbio robotizado Dualogic e custa R$ 51.990. No preço estão incluídas borboletas de troca de marcha.

Como anda

O rodar desse Uno está melhor do que nunca. A suspensão não emite nenhum rumor de funcionamento e no caso do “aventureiro” Way aplaina as irregularidades da pavimentação, especialmente em estradas de terra (o mesmo já havia sido dito do Mobi Way). A calibração de toda a suspensão revela compromisso perfeito entre conforto e estabilidade, característica dos carros fabricados no Brasil em geral (a turma aprendeu) e dos Fiat, em particular. Percebe-se ausência de torções e flexões do monobloco.

A direção eletroassistida tem função City que aumenta a assistência em baixas velocidades, típicas de manobras de estacionamento. Fica bastante leve, embora o modo normal proporcione assistência mais que suficiente. A assistência normal não é invasiva. Não há informação de relação de direção, mas de lenta não tem nada. Associado à direção está o conveniente diâmetro mínimo de curva de 9,8 metros.

A posição de dirigir é encontrada sem dificuldade com os ajustes de altura do banco, ancoragem do cinto e volante. Como em todos os Fiat “Fiat”, é mais alto do que nos outros carros, mas nada que incomode — a mim, pelo menos. O conjunto de pedais atende corretamente as todas as necessidades, inclusive ao punta-tacco. Há uma verdadeira prancha para o pé esquerdo.

Nas curvas pode ser atirado com vigor, apesar dos pneus de uso misto Pirelli Scorpio ATR. Andei forte em algumas curvas e no controle de estabilidade nem chegou a atuar; é realmente do tipo para corrigir situações anormais. O subesterço mesmo exagerando é bem discreto. Isso aparece bem no vídeo (será colocado posteriormente).

A v/1000 em 5ª é 36,2 km/h, levando a 3.300 rpm a 120 km/h. A velocidade máxima é em 4ª, motor a 6.300 rpm. Portanto, a Fiat dotou o Way 1,3 de câmbio 4+E, uma boa decisão.

dente-de-serra-uno-way-13

O gráfico “dente de serra” do câmbio do Uno Way 1,3

Consumo, dados do Inmetro, 12,9/14,1 km/l cidade/estrada com gasolina e 9,2/10,1 km/l com álcool. O carro testado estava com este combustível e os números foram reproduzidos sem dificuldade. Rolando a 120 km/h um pouco menos, em torno de 9,5 km/l.

O agradável mesmo é usar a potência do Firefly 1,3-L. O ótimo torque de 13,7/14,2 m·kgf a 3.500 rpm significa boa potência a essa rotação, 67 cv com gasolina e quase 70 cv com álcool. Mas mesmo a partir de 1.500 rpm o motor levanta com facilidade. Se deixar, chegar rápido ao corte limpo a 6.800 rpm. Tudo com a suavidade típica dos bons 4-cilindros e sua uniforme sonoridade. Realmente, um motor bem projetado e construído. É como se o Firefly pedisse “use-me e abuse de mim”.

A Fiat claramente não objetivou elevada potência específica ao adotar 2 válvulas por cilindro com comando único e não recorrer à injeção direta, mas mesmo assim ela é de 81,1 cv/l (75,8 cv/l com gasolina), o que pode ser considerado resultado surpreendente. Mas empregou tecnologia de cilindros descentralizados 10 mm em relação ao virabrequim reduzindo os esforços tangenciais do pistão nos cilindros e também uma relação raio da manivela-comprimento de biela (r/l) de convenientes 0,289 para a mesma finalidade.

O comando de válvulas tem variador de fase que usado à plenitude ao retardar o fechamento de válvulas em até 50º quando a velocidade estabiliza-se no plano, reproduzindo o ciclo Atkinson (que nisso é igual ao ciclo Miller). Com isso o motor não “faz força” para aspirar ar, a conhecida perda por bombeamento. E como outros fabricantes, reduziu a viscosidade do óleo para 0W20, além de tornar a pressão de óleo variável. Todos essas soluções foram aplicadas também ao motor tricilíndrico de 999 cm³.

O Uno continua a ser um carro para prestar bons serviços, fácil de dirigir, com desempenho que agrada muito com esse novo motor, mesmo sem ser um primor de espaço interno para quem vai atrás. Mas conta com um razoável porta-malas de 280 litros que pode ganhar mais 10 litros ajustando o encosto do banco traseiro mais para vertical. E traz um detalhe que sempre elogio quando tem: faixa degradê no para-brisa.

BS

Nota: Foi feito vídeo, a ser integrado proximamente.

Após a ficha técnica e lista de equipamento de série, mais fotos.

FICHA TÉCNICA UNO WAY 1,3
MOTOR
Instalação Dianteiro, transversal
Material do bloco/cabeçote Alumínio / alumínio
Configuração / n° de cilindros Em linha / 4
Diâmetro x curso (mm) 70 x 86,5
Cilindrada (cm³) 1.332
Aspiração Atmosférica
Taxa de compressão (:1) 13,2
Potência máxima (cv/rpm) (G/A) 101/6.000 // 109/6.250
Torque máximo (m·kgf/rpm) (G/A) 13,7/3.500 // 14,2/3.500
N° de válvulas por cilindro Duas
N° de comando de válvulas /localização/acionamento 1 / cabeçote com variador de fase/ corrente
Comprimento de biela (mm) 149,33
Relação r/l 0,289
Formação de mistura Injeção eletrônica no duto
Gerenciamento do motor Magneti Marelli integrando injeção e ignição
ALIMENTAÇÃO
Combustível Gasolina e/ou álcool
TRANSMISSÃO
Embreagem Monodisco a seco, comando mecânico a cabo
Câmbio / rodas motrizes Transeixo manual / dianteiras
N° de marchas 5 à frente e 1 à ré
Relações de transmissão (:1) 1ª. 4,273; 2ª. 2,316; 3ª. 1,444; 4ª.1,029; 5ª. 0,795; ré 4.200
Relação do diferencial (:1) 3,933
FREIOS
De serviço Hidráulico, duplo circuito em diagonal, servoassistido, ABS
Dianteiros (Ø mm) Disco
Traseiros (Ø mm) Tambor
SUSPENSÃO
Dianteira Independente, McPherson, mola helicoidal. amortecedor pressurizado e barra estabilizadora
Traseira Eixo de torção, mola helicoidal e amortecedor pressurizado
DIREÇÃO
Tipo Pinhão e cremalheira, eletroassistida
Diâmetro mínimo de curva (m) 9,96
RODAS E PNEUS
Rodas Alumínio, 5,5Jx14
Pneus 175/70R14T (Pirelli ATR Scorpio no carro testado)
Estepe Roda de aço 5,5Jx14, pneu 175/70R14T
PESOS (kg)
Em ordem de marcha 1.057
Carga útil 400
Peso rebocável (sem freio) 400
CONSTRUÇÃO
Tipo Monobloco em aço, hatchback 4-portas, 5 lugares
DIMENSÕES EXTERNAS (mm)
Comprimento 3.820
Largura (sem espelhos) 1.656
Altura 1.555
Distância entre eixos 2.376
Bitola dianteira/traseira 1.430/1.420
Distância mínima do solo (vazio) 190
CAPACIDADES
Porta-malas  (L) 280/290
Tanque de combustível (L) 48
DESEMPENHO
Velocidade máxima (km/h) (G/A) 177/177
Aceleração 0-100 km/h (s) (G/A) 10,6 / 9,8
CONSUMO DE COMBUSTÍVEL (INMETRO/PBEV)
Cidade (km/l) (G/A) 12,9/9,2
Estrada (km/l) (G/A) 14,0/10,1
CÁLCULOS DE CÂMBIO
v/1000 em 5ª (km/h) 36,2
Rotação em 5ª a 120 km/h (rpm) 3.300
Rotação à vel. máx. em 4ª (rpm) 6.300
GARANTIA E MANUTENÇÃO
Duração da garantia 3 anos
Revisões, intervalo (km) 10.000
Troca de óleo do motor (km/tempo) 10.000 / 1 ano
 

EQUIPAMENTOS DE SÉRIE FIAT UNO WAY 1,3

Alça de segurança dianteira lado passageiro
Alças de segurança traseiras retráteis
Alertas de limite de velocidade e manutenção programada
Apoia-pé para o motorista
Apoios de cabeça dianteiros e traseiros(3) com regulagem de altura
Ar-condicionado e vidros climatizados verdes
Assistente de partida em aclives
Avisos de luzes e portas abertas ou malfechadas
Banco traseiro totalmente rebatível com 2 posições para o encosto
Barra de proteção nas portas
Barras longitudinais no teto
Bolsa porta-objetos nas portas dianteiras
Bolsa porta-revistas no encosto dos bancos dianteiros
Chave canivete com telecomando (abertura e fechamento das portas e vidros elétricos) com Fiat code 2ª geração das portas e vidros
Cintos de segurança dianteiros retráteis de 3 pontos com regulagem de altura
Cintos de segurança laterais traseiros retráteis de 3 pontos
Comando interno de abertura do porta-malas e da tampa do tanque de combustível
Console central com porta-objetos e porta-copos
Console de teto com porta objetos e espelho auxiliar
Controle de estabilidade e de tração
Detalhe estético inferior cinza nos para-choques dianteiro e traseiro
Detalhes internos na cor Grafite (Maçanetas, aros das saídas de ar, volante)
Direção eletroassistida com função City
Espelho no para-sol lados motorista e passageiro
Faixa horizontal no painel na cor grafite
Faróis com máscara negra
Faróis de neblina
Frisos laterais das portas com inscrição Way
Grade dianteira texturizada com detalhes cinza
Indicador digital de troca de marchas, temperatura da água e nível de combustível
Lanternas traseiras com acabamento fumê
Limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro (temporizado)
Luz de acompanhamento ao deixar o carro
Luzes de leitura dianteira com dimmer (redução/aumento gradual de intensidade)
Maior altura em relação ao solo
Moldura nas caixas de roda na cor cinza
My Car Fiat (personaliza várias funções do carro)
Painéis de porta integrais revestidos parcialmente em tecido
Palhetas com tecnologia Flat Blade
Pisca-5
Pneus super “verde” de uso misto 175/70R14
Porta-luvas iluminado
Porta-óculos
Quadro de instrumentos iluminado com conta-giros e display LCD de alta resolução equipado com computador de bordo A e B (distância A e B, consumo médio A e B, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média A e B e tempo de percurso A e B) comandado por teclas no volante
Rádio com RDS e entradas Aux. e USB para MP3/WMA
Relógio e hodômetro (total e parcial) digitais
Retrovisores externos na cor do veículo e luzes indicadoras de direção
Revestimento externo na coluna central das portas
Revestimento interno da soleira das portas
Revestimento porta-malas completo e ganchos de fixação de carga
Rodas de aço estampado 5.5×14″ com calotas integrais Way
Sistema de partida a frio injeção de gasolina
Sistema desliga/liga motor nas paradas
Terceira luz de freio e alerta de frenagem de emergência)
Tomada 12 V
Travas elétricas + trava automática das portas a 20 km/h
Válvula antirrefluxo de combustível
Vidros elétricos dianteiros com um-toque e antiesmagamento
Volante com regulagem de altura e detalhes em grafite

Mais fotos:

(2.197 visualizações, 2 hoje)