A Marcopolo e a Polomex, sua operação para produção de ônibus no México, estão concluindo o desenvolvimento de um exclusivo modelo de ônibus rodoviário de dois andares, que será fornecido inicialmente para a IAMSA, um dos principais operadores de transporte daquele país. O novo modelo Marcopolo MP 180 MX é exclusivo para o mercado mexicano.  Serão fornecidas 110 unidades que estão sendo produzidas no Brasil e que serão exportadas para a Polomex, que finalizará a montagem interna e fará a entrega aos clientes. A aquisição dos ônibus faz parte do programa de modernização das frotas das empresas ETN e La Línea e serão utilizados nas linhas da Cidade do México, Guadalajara, Queretaro e litoral.

Segundo Paulo Andrade, diretor-geral da Polomex, o negócio representa a quebra de diversos paradigmas em relação ao padrão de qualidade e sofisticação dos ônibus produzidos no continente americano em relação à Europa. “Foram diversos meses para definição da configuração e dos equipamentos a serem utilizados, que demandou um trabalho de parceria muito estreito entre a Marcopolo no Brasil, a Polomex, a MAN  e a IAMSA. O projeto é completamente novo e possui diferenciais tecnológicos importantes”, enfatiza o executivo.

O ônibus desenvolvido para a IAMSA é o primeiro modelo Double Decker produzido pela Polomex a ter 15 metros de comprimento e chassi MAN.

O foco é a sofisticação e o elevado padrão de conforto e segurança. Possui novos sistema de ar-condicionado, mais eficiente e silencioso, sistema inédito para saída de emergência com escada embutida na lateral do veículo, bagageiros internos superiores com tampas (similares às de avião), janelas do piso inferior mais amplas e panorâmicas, para-brisa colado e camarote para motorista auxiliar mais amplo.

Outras novidades que foram desenvolvidas e trabalhadas pela engenharia da Marcopolo e Polomex são os novos sanitários, um masculino e outro feminino, mais espaçosos e funcionais; o novo piso do salão inferior, 100% plano, com o túnel de passagem da cabine totalmente acessível com altura de 1,80 m, e a nova escada de acesso para o piso superior que torna a operação de entrada e saída mais confortável, rápida e ergonômica.

“Mais as inovações não se restringem ao interior. Também desenvolvemos um novo sistema para retirada do conjunto roda/pneu estepe, com sistema a pistão, acionamento das portas dos bagageiros externos com sistema eletropneumático para abertura e ampliamos o bagageiro principal na parte traseira, com acesso mais fácil e ergonômico”, salienta Paulo Andrade.

O novo Marcopolo MP 180 MX conta com poltronas semileito no piso superior e poltronas leito no piso inferior, mais ergonômicas e confortáveis, todas com cintos de segurança de três pontos retráteis. Os passageiros podem usufruir do sistema audiovisual em monitores individuais atrás das poltronas desenvolvidos especialmente para atender às necessidades dos operadores em viagens de média e longa distâncias. A iluminação do salão de passageiros é toda em LEDs, com luzes indiretas, que criam um ambiente de comodidade e sofisticação. Os LEDs estão presentes também nas luzes de leitura dos porta-focos, com acionamento por toque, que contam ainda com saídas individuais para ar-condicionado, plug para fone de ouvidos e controle de volume do som. Os amplificadores de áudio são individuais e integrados ao porta-focos.

O painel de instrumentos, com satélites retráteis, incorpora todos os equipamentos, como o mostrador da câmera de ré, as câmeras internas e o sistema multiplex (funções conjugadas de todos os equipamentos do ônibus). Conta, também, com saídas de ar reposicionadas e sistema de ventilação mais eficiente, porta-objetos atrás da poltrona, iluminação individual para o motorista e para o motorista auxiliar com acionamento sensível ao toque.

 

JJ

 

(254 visualizações, 1 hoje)


Sobre o Autor

Juvenal Jorge
Editor Associado

Juvenal Jorge, ou JJ, como é chamado, é integrante do AE desde sua criação em 2008 e em 2016 passou a ser Editor Associado. É engenheiro automobilístico formado pela FEI, com mestrado em engenharia automobilística pela USP e pós-graduação em administração de negócios pela ESAN. Atuou como engenheiro e coordenador de projetos em várias empresas multinacionais. No AE é muito conhecido pelas matérias sobre aviões, que também são sua paixão, além de testes de veículos e edição de notícias diárias.

Publicações Relacionadas