Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas HOT WHEELS VAI PARA O CINEMA – Autoentusiastas

Carrinhos são os brinquedos preferidos da maioria dos autoentusiastas mirins, e muitos crescem colecionando até idade adulta e mais além. Depois de décadas passadas onde a marca mais divulgada era a britânica Matchbox, a americana Hot Wheels foi lançada e tomou conta do mercado mundial dessas miniaturas de baixo preço. Não vamos discutir o fato de eles custarem ao redor de um dólar nos Estados Unidos e dez reais aqui.

Agora os Hot Wheels estão indo para o cinema, em filme dirigido por Justin Lin, o mesmo de quatro filmes da franquia “Fast & Furious” (Velozes e Furiosos no Brasil). Lin também dirigiu “Star Trek: Sem Fronteiras”, último da série, que estreou há pouco mais de um mês no Brasil. Isso melhorou muito seu currículo, e deve influenciar positivamente Hot Wheels, ainda sem título e data definida para estreia.

O filme com a marca dos carrinhos deverá atrair uma boa parcela de crianças para prestar mais atenção ainda nos carros de verdade, e certamente é muito atrativo o fato de já existirem há bastante tempo vários carros funcionais que foram feitos a partir das miniaturas criadas pelo Design da Mattel, empresa responsável pelos pequenos, além de séries especiais de carros reais, como o Camaro RS azul que foi lançado em 2013, imediatamente um item de coleção.

Veja algumas fotos do que já foi construído recentemente e há mais tempo.

JJ

 

 

Sobre o Autor

Juvenal Jorge
Editor Associado

Juvenal Jorge, ou JJ, como é chamado, é integrante do AE desde sua criação em 2008 e em 2016 passou a ser Editor Associado. É engenheiro automobilístico formado pela FEI, com mestrado em engenharia automobilística pela USP e pós-graduação em administração de negócios pela ESAN. Atuou como engenheiro e coordenador de projetos em várias empresas multinacionais. No AE é muito conhecido pelas matérias sobre aviões, que também são sua paixão, além de testes de veículos e edição de notícias diárias.

  • Brenno

    Quando era mais novo, era apaixonado no Deora II. Só depois fui saber que foi o Chip Foose quem tocou o projeto. Naquela época éramos fascinados: carros com dois motores, com potência infinita, com subwoofer que derrubava montanhas hahahaha. Hoje vemos isso e achamos que é um Xunning bem estranho. Desenhava meus carros cheio de cores e chamas, rodas gigantes, aerofólios com 2 metros, neon em tudo quanto é lugar. Hoje, quero apenas um carro que seja prazeroso. Pode ser 1,0, pode estar com a pintura toda queimada, usar rodas de ferro e nem ao menos ter um som… Ó, que coincidência, possuo um modelo assim.

  • Alexandre Garcia

    Ah, isso se compra só. Imagina, o cara velho, de cabelo branco sentando a bunda no chão da loja pra escolher hot wheels? só mesmo sozinho, KKKKKK