“O paulistano vai pensar duas vezes antes de tirar o carro da garagem.”*

*Fernando Haddad

 

O petista Fernando Haddad, escorraçado pelo voto popular — jamais um prefeito de São Paulo foi eleito em primeiro turno — esqueceu de um detalhe muito importante: esta cidade tem 1,7 habitante por veículo e ele quis dar uma de “isperto”, foi contra o automóvel, o que vale dizer foi contra o povo.

Nunca o cidadão paulistano que tem o pleno direito usar seu automóvel foi tão insultado, ofendido — e alvo de  uma diabólica indústria da multa engendrada por ele e por seu cupincha, o secretário municipal de Transportes Jilmar Tatto — também petista, claro.

A pegadinha do acesso à Ponte das Bandeiras — recordista absoluta de multas — que o diga.

Não podia dar outra coisa. Nem reza resolveria essa.

Parabéns João Dória Jr., parabéns paulistanos, parabéns brasileiros!

 

AE/BS

(163 visualizações, 1 hoje)