Chrysler é uma marca adorada, ponto! E obviamente devido ao seu sucesso de décadas atrás. Principalmente nos anos 1960 e 70, antes da crise do petróleo de 1973. E claro que esse sucesso é por causa da grande variedade de carros e motores muito legais. E curiosamente, legais não necessariamente pelo desempenho ou dirigibilidade, mas pela aura criada pelos nomes dos modelos, versões, nomes de motores, nomes de cores, uma miríade de faixas decorativas, detalhes externos e internos e pelas combinações fantásticas de tudo isso. Charger, Hemi, 440, Plum Crazy, Cuda, Magnum, Road Runner, Super Bee, R/T e assim vai…

E atualmente a Dodge tem buscado lá no passado o entusiasmo para seus modelos Dodge Charger e Challenger com versões e combinações mais bacanas a cada ano, chegando ao ápice com a dupla de Hellcats.

Felizmente aqui no Brasil temos adoradores das marcas da Chrysler e parte deles formam o Chrysler Clube do Brasil. O bacana desse clube é que eles são muito organizados e realizam um grande encontro anualmente. Este ano foi o 13º, chamado de Mopar Nationals, que aconteceu em agosto, em Águas de Lindoia (SP). Prometo que no ano que vem faço a chamada aqui. Neste ano fizemos apenas no Facebook.

Para mim, um dos maiores atrativos desses encontros, além dos próprios carros e gente legal, é a possibilidade de fotografar toda essa iconografia das marcas. Porém eu já participei de vários deles e já fotografei tudo de quase todos os jeitos. Sim, e daí? Daí que este ano resolvi fazer algo totalmente diferente, e que apresentasse toda essa iconografia de uma maneira mais vibrante.

O resultado está no vídeo e nas colagens abaixo. Espero que goste.

Boa semana!

PK

(200 visualizações, 1 hoje)