Não bastasse a potência original do Viper ACR, 653 cv, a mais extrema versão do carro que será descontinuado em 2017,  agora alguns alemães parecem brincar com nossos sentidos.

A GeigerCars, de Karl Geiger, empresa especialista em modificações em carros americanos que atua desde 1979, trabalhou no motor para obter mais 121 cv, chegando a 775 cv no motor V-10 de 8,4 litros. Essa força extra vem de receitas tradicionais de preparação, com válvulas de admissão com maior levantamento, varetas reforçadas (o comando de válvulas é no bloco), cabeçotes alterados para melhor fluxo, e escapamentos com catalisadores de menor restrição e mudanças no programa da ECM, a central eletrônica do motor,  estão entre as alterações. Não há nenhum tipo de indução de ar forçada, o que faz ainda mais notável a potência obtida, e a relação potência por litro tão alta, com 92 cv/litro.

Também há rodas novas, de liga de alumínio forjadas, aletas para organizar melhor os fluxos de ar na dianteira e difusor traseiro de novo desenho, para extrair maior volume de ar da parte inferior do Viper. O carro normal já usa uma asa traseira enorme para gerar força para baixo, e ela permanece do Viper da Geiger.

O pacote de alterações custa US$ 46.000.

Para entender mais sobre o Viper, leia o texto do MAO aqui.

geigercars-dodge-viper-acr (1) geigercars-dodge-viper-acr-(4)a geigercars-dodge-viper-acr

JJ

(101 visualizações, 1 hoje)


  • H_Oliveira

    Insano! O normal já é ignorante… Como dizem, esse é capaz de alterar o movimento de rotação da terra!

    • Juvenal Jorge

      H-Oliveira,
      acho que dá para rebocar um porta-aviões em um pântano com um desse!