Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas SAE BRASIL COMPLETA 25 ANOS – Autoentusiastas

Há 25 anos o americano Ed Mabley, diretor da Ford para o programa Cargo e ex-presidente da SAE International (fundada em 1905), desembarcava no Brasil com John Casker, responsável pela expansão da entidade, com a missão de apoiar engenheiros na implantação da SAE BRASIL, que viria a ser a primeira afiliada da SAE International fora dos Estados Unidos. Era 1991 e o presidente Fernando Collor de Mello abria o mercado brasileiro para veículos estrangeiros.

SAE25 1

Primeiro Congresso: no centro, Bernd Wiedemann, presidente da SAE BRASIL 1992, à esq. Ed Mabley, que apoiou a implantação da SAE no País, e Jack Schmidt, à dir. diretor de Desenvolvimento do WV Group, então presidente da SAE International

Bem antes de sua fundação propriamente dita, em dezembro de 1991, a semente da SAE BRASIL foi lançada em 1981 quando Philip Maziotti, diretor da Dana e então presidente da SAE International, veio ao Brasil e convidou engenheiros locais do setor automobilístico para a reunião que estabeleceria as bases da filial brasileira. A partir daí as palestras para troca de experiências entre especialistas sobre temas relacionados ao desenvolvimento de produto e manufatura começaram a se tornar frequentes.

Apoiada por expoentes da engenharia brasileira como Carlos Buechler (General Motors do Brasil), Luc de Ferran (Ford), Berndt Wieldeman (Volkswagen), Ferdinand Panik (Mercedes-Benz), Ozires Silva e Horácio Forjaz (Embraer), Fernando Almeida (VW Caminhões/Chrysler), Flaminio Leme (Eaton), Edmir Bertolaccini e Vivaldo Russo (Clark), Fábio Braga e Marcus Bonito (TRW), Guilherme Sortino e Alberto Futuro, entre outros, a SAE BRASIL desenvolveu seu quadro associativo. Com a participação voluntária de seus membros, marca de gestão da entidade, a SAE BRASIL (Sociedade de Engenheiros da Mobilidade) estendeu o programa de eventos técnicos e promoveu a expansão da entidade a fim de acompanhar o mapa da produção automobilística no País.

Desde a vinda de Ed Mabley, a trajetória da SAE BRASIL se funde aos avanços da indústria da mobilidade. Exemplos que fundamentam essa assertiva não faltam. Entre eles a tecnologia dos motores flexíveis em combustível, pela primeira vez relatada em um trabalho técnico apresentado no Congresso SAE BRASIL nos anos 1990 e apresentado nas Mostras de Engenharia do Congresso como tecnologia pronta para o mercado.

SAE25 2

Presidentes no Congresso SAE BRASIL 2015, que recebeu 9 mil visitantes

“Desde a fundação, a SAE BRASIL participa do desenvolvimento da engenharia brasileira não apenas por meio de programas como o de educação continuada com cursos de atualização e complementação profissional, mas também no fomento da tecnologia com a promoção de debates em seus eventos, como o Congresso e Mostra Internacionais SAE BRASIL de Tecnologia da Mobilidade, o maior encontro da engenharia da mobilidade do hemisfério sul, que reúne expoentes da engenharia do Brasil e do mundo. Além disso, investe na formação acadêmica e incentiva jovens a seguirem carreira na engenharia da mobilidade por meio de seus programas estudantis”, analisa o engenheiro Frank Sowade, presidente da SAE BRASIL para o biênio 2015-2016.

Sowade destaca ainda que os 25 anos da SAE no Brasil foram marcados pelo crescimento e pela consolidação da engenharia da mobilidade nos setores automobilístico, aeroespacial e ferroviário e pela busca contínua da excelência no desenvolvimento tecnológico, fundamental para a competitividade de mercados emergentes como o nosso. “Construímos uma base sólida no passado, e por isso vejo um futuro cheio de desafios, mas com muitas oportunidades”, conclui o presidente da SAE BRASIL.

SAE BRASIL em números

  •  A SAE BRASIL conta atualmente com 6 mil associados, mais de mil deles atuantes voluntários dos programas da entidade. Está representada em sete estados e 10 seções regionais: São Paulo (Seções São Paulo, Campinas, São Carlos/ Piracicaba, São José dos Campos), Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul (Seções Caxias do Sul e Porto Alegre), Paraná/Santa Catarina, e Bahia, sedes das 10 seções regionais caracterizadas por polos tecnológicos em diversos segmentos da engenharia. Em nível global a instituição SAE está presente em 100 países e soma aproximadamente 138 mil sócios.
  • Atualmente a associação promove mais de 50 eventos por ano, entre simpósios, fóruns, colóquios, palestras e congresso, que contam com cerca de 18 mil participantes.
  • Ao longo de sua história no País a SAE BRASIL promoveu mais de 500 cursos e palestras com cerca de 8 mil horas de conteúdo ministrado a 7,5 mil pessoas. Nos 24 congressos anuais realizados, eventos-âncora da programação da entidade que conta com a participação de renomados especialistas do Brasil e do Exterior, recebeu cerca de 120 mil visitantes e apresentou 3,4 mil trabalhos técnicos relacionados à engenharia da mobilidade com tecnologias no estado da arte. Também realizou dezenas de simpósios técnicos em várias regiões do País.
  • Mais de 33 mil estudantes de engenharia de instituições de ensino, de norte a sul do País, desenvolveram projetos, construíram protótipos e os levaram para as competições dos programas estudantis AeroDesign, Fórmula SAE, Baja SAE e Demoiselle, conquistando títulos nacionais e internacionais nas competições promovidas pela SAE International realizadas nos Estados Unidos.

A data será comemorada no 25º Congresso SAE BRASIL, em outubro.

Mais sobre a SAE BRASIL em www.saebrasil.org.br

JJ



Sobre o Autor

Juvenal Jorge
Editor Associado

Juvenal Jorge, ou JJ, como é chamado, é integrante do AE desde sua criação em 2008 e em 2016 passou a ser Editor Associado. É engenheiro automobilístico formado pela FEI, com mestrado em engenharia automobilística pela USP e pós-graduação em administração de negócios pela ESAN. Atuou como engenheiro e coordenador de projetos em várias empresas multinacionais. No AE é muito conhecido pelas matérias sobre aviões, que também são sua paixão, além de testes de veículos e edição de notícias diárias.