O Nissan GT-R Nismo 2017 fez sua estreia no famoso circuito de Nürburgring, na Alemanha, conhecido como uma das mais desafiadoras pistas de corrida do mundo.  A versão Nissan Motorsports, conhecida no meio pelo nome Nismo, teve mudanças no design, seguindo o estilo da versão de rua do modelo. Para ajudar a arrefecer o motor de alta potência, com 608 cv, a grade frontal tem área de abertura 20% maior.

Ao contrário do modelo de rua, as capas dos para-choques dianteiros desse modelo de topo são feitos de compósito de fibra de carbono, trabalhados com a precisão dos artesãos “Takumi”, os mesmos que constroem manualmente os motores. Camadas de folhas do material são cuidadosamente sobrepostas para alcançar a quantidade ideal de rigidez. As pequenas asas para efeito aerodinâmico foram concebidas para melhorar o fluxo de ar em torno do veículo e gerar um alto nível de força descendente, enquanto, ao mesmo tempo, o ar direto em torno das rodas melhora a aerodinâmica. Em geral, a nova forma do carro gera pressão aerodinâmica mais do que qualquer outro Nissan de produção até hoje, resultando em excepcional estabilidade em alta velocidade.

O novo GT-R Nismo também teve o interior modificado ao padrão do GT-R 2017, cuja cabine possui toque mais sofisticado. O painel de instrumentos redesenhado, volante e apoio de braços central são cobertos de couro Alcantara de alta qualidade. A disposição do painel central foi aperfeiçoada e teve redução no número de botões da navegação e controles de áudio (de 27 apenas 11), que foram deslocados para a central com tela tátil de 8 polegadas. Exclusivos para o Nismo GT-R são os bancos-concha de carbono Recaro, revestidos também com couro Alcantara vermelho.

O desempenho também foi atualizado, graças, em parte, à carroceria significativamente reforçada do modelo de rua. A estrutura mais rígida permitiu aos engenheiros refinar os amortecedores, molas e estabilizadores, que, quando combinados com a força vertical descendente resultam em uma dirigibilidade melhor que a do modelo anterior. Isto é evidenciado pelos melhores tempos em várias medições. Os amortecedores especiais Bilstein DampTronic, ajustáveis pelo motorista, utilizam vários sistemas de informação do veículo para proporcionar forças de amortecimento adequadas e alto nível de controle para uma variedade de situações. Possuem sistema que transfere de forma mais eficaz a potência do motor biturbo V6 de 3,8 litros.

Chamado de VR38DETT, o motor do carro é o resultado da experiência que a  divisão da Nissan ganhou ao participar de diversos campeonatos e eventos em todo o mundo. Acoplado a um câmbio robotizado dupla-embreagem de 6 marchas, o motor possui turbocompressores de grande diâmetro usados nas provas de GT3. Tal como acontece com o modelo de rua, cada motor  é montado à mão pelos “Takumis”, em uma sala especial livre de impurezas, que lhe adicionam uma plaqueta de alumínio em cada unidade, com sua assinatura.

“O GT-R Nismo enfatiza o ‘R’ em sua nomenclatura. Com a linha 2017 do GT-R como ponto de partida, a nova versão tornou-se uma máquina mais bem equilibrada, não apenas com maior desempenho, mas com uma sensação aperfeiçoada da condução. É o resultado da nossa busca incessante de oferecer prazer na condução”, disse Hiroshi Tamura, chefe-de produto do GT-R Nismo e do GT-R de rua.

O 2017 Nissan GT-R Nismo está disponível em cinco cores exteriores diferentes. É montado em Tochigi, Japão, com os motores de montados de forma artesanal em Yokohama.

JJ

Sobre o Autor

Juvenal Jorge
Editor Associado

Juvenal Jorge, ou JJ, como é chamado, é integrante do AE desde sua criação em 2008 e em 2016 passou a ser Editor Associado. É engenheiro automobilístico formado pela FEI, com mestrado em engenharia automobilística pela USP e pós-graduação em administração de negócios pela ESAN. Atuou como engenheiro e coordenador de projetos em várias empresas multinacionais. No AE é muito conhecido pelas matérias sobre aviões, que também são sua paixão, além de testes de veículos e edição de notícias diárias.

Publicações Relacionadas

  • Wendel Cerutti

    cada vez mais justificando seu apelido , mister godzilla .

  • Fat Jack

    Será que com todos os upgrades implementados no modelo ele ainda atende à filosofia de fornecer o mesmo desempenho dos superesportivos (até aí tudo vai bem) por uma fração do seu preço?