Uma semana depois de iniciar a aceitação de pré-pedidos, o Model 3 da Tesla já tem 325.000 reservas efetuadas. Trata-se da maior febre automobilística jamais vista na apresentação de um novo modelo. O Mustang vendeu 100.000 carros em três meses quando foi lançado em 1964, e 418.000 no primeiro ano. Situações diferentes, mas números impressionantes.

O Model 3 será o carro mais barato da Tesla, o fabricante americano capitaneado pelo já lendário Elon Musk. Nem mesmo o visionário empreendedor imaginava tal quantidade de pedidos. O carro foi mostrado como um conceito próximo da produção, mas antes do final de 2017, quando começará a fabricação de fato, terá novidades em relação ao  que é hoje.

O pré-pedido ou reserva custa 1.000 dólares nos EUA, que dá uma injeção de 325 milhões de dólares praticamente instantâneos na empresa.

A estratégia da Tesla vem sendo próxima da perfeição até agora, com a comercialização de modelos bem mais caros há alguns anos, fazendo a marca mundialmente conhecida e dona de uma saudável imagem. Agora, com um carro com valor inicial de US$ 35.000, a fatia de público será muito maior, enormemente maior, como mostram as 325 mil reservas. Mesmo que uma parcela desistir da compra, ainda será um número substancial, um sonho para todos os fabricantes de automóveis dessa galáxia.

Mais de um ano e meio de produção estão garantidos, e a França sinalizou esta semana com o convite para a instalação de uma fábrica da Tesla na Europa. Hoje já há uma operação ainda pequena na Holanda, onde algumas montagens são feitas nos carros e sistemas transportados de Fremont, Califórnia, para lá. A China também quer uma fábrica em seu território.

Também é de se notar que o valor médio dos carros já reservados é de US$ 42.000, pois há opcionais com custo extra envolvidos. O Model 3 tem versão com tração traseira, mas também um modelo com tração nas quatro rodas e dois motores será vendido.

A autonomia será de 345 km, com aceleração do modelo básico de 0 a 100 km/h em cerca de seis segundos. Leva cinco adultos e todas as informações de bordo estão condensadas em uma tela tátil de 15 polegadas.

JJ

 

 

(51 visualizações, 1 hoje)


Sobre o Autor

Juvenal Jorge
Editor Associado

Juvenal Jorge, ou JJ, como é chamado, é integrante do AE desde sua criação em 2008 e em 2016 passou a ser Editor Associado. É engenheiro automobilístico formado pela FEI, com mestrado em engenharia automobilística pela USP e pós-graduação em administração de negócios pela ESAN. Atuou como engenheiro e coordenador de projetos em várias empresas multinacionais. No AE é muito conhecido pelas matérias sobre aviões, que também são sua paixão, além de testes de veículos e edição de notícias diárias.

Publicações Relacionadas