Do Los Angeles Times*

Um avião de pequeno porte, após um pouso forçado em rodovia,  colidiu com um carro na Interstate 15 no norte do condado de San Diego neste sábado (2), deixando um morto e cinco feridos, disse um patrulheiro rodoviário.

O acidente aconteceu em torno de 9h15 próximo à Rodovia 76 ao sul de Falbrook. Havia dois ocupantes no avião e quatro no veículo.

O avião foi descrito inicialmente por uma testemunha como um pequeno jato, segundo o site da Patrulha Rodoviária da Califórnia. O trânsito ficou congestionado na área, mas o aparelho estava fora da estrada em sua maior parte, parcialmente na vegetação.

O patrulheiro rodoviário Chris Parent disse que o motorista estava parado no acostamento para tentar sincronizar seu Bluetooth no veículo, quando o carro foi atingido por trás pelo avião. Um passageiro no banco traseiro, lado direito, um mulher nos seus 20 anos, faleceu, disse o porta-voz do Distrito de Proteção Contra Incêndio de North County, John Buchanan, Os outros três ocupantes do veículo — dois homens e uma mulher — foram levados para um hospital com ferimentos de leves a moderados. Os bombeiros levaram cerca de 20 minutos para desencarcerar um dos passageiros do carro.

plane2

O piloto sofreu ferimentos graves que o deixaram em risco de vida. Não se sabe a extensão das lesões do passageiro do avião.

Numa coletiva de imprensa, o porta-voz da Patrulha Rodoviária da Califórnia disse que a FAA (Agência Federal de Aviação) estava investigando as causas do acidente. Testemunhas disseram aos investigadores que o avião parecia estar com problemas mecânicos.

O motorista John Marshall disse à KGTV-TV em San Diego que quando viu o que havia acontecido parou o carro para socorrer. Ao ver o piloto preso dentro do avião, ele contou que pegou um martelo no carro e quebrou a porta do avião para abri-la.

Outra testemunha, Jacob Duncan, descreveu para a KNSD-TV como o aparelho veio a pousar e colidir contra o veículo. “O avião tocou o solo a cerca de 12 metros atrás do meu carro e deslizou por outros tantos,” contou à emissora. “Havia um carro parado no acostamento. O avião entrou em sua traseira.”

AE/BS

Nota do editor do AE: há cerca de dois meses publicamos matéria sobre o perigo dos acostamentos.

*Por J. Harry Jones para o jornal San Diego Union- Tribune. O repórter do Times Shelby Grad contribuiu para esta matéria.
(182 visualizações, 1 hoje)