O Volare Cinco foi apresentado como protótipo de veículo para o transporte entre 13 e 20 passageiros, pela Volare Montadora de Veículos, em sua sede regional em São Paulo. A fabricante, líder nacional no segmento de veículos leves para o transporte de pessoas, antecipou informações e imagens do modelo que será lançado ainda no primeiro semestre de 2016 e produzido na moderna fábrica da empresa na cidade de São Mateus, no Espírito Santo.

Tecnicamente, se enquadra na classificação M3 do Contran, de micro-ônibus com PBT de cinco toneladas, que estabelece os requisitos de segurança para veículos de transporte público coletivo de passageiros tipos micro-ônibus e ônibus, mas a Volare o considera como um novo tipo de veículo, por ser mais compacto que os atuais no mercado.

Com chassi tubular, projetado com avançada tecnologia de materiais, tem soldas feitas por robôs e componentes em plástico injetado e SMC. Pelo maior nível de automação, a qualidade e o acabamento atendem às exigências mais rigorosas do padrão automobilístico.

O Volare Cinco tem chassi e carroceria que formam um conjunto integral. Trata-se do conceito de dimensionar o veículo com maior espaço interno, por intermédio da redução das espessuras e tolerâncias da carroceria, mantendo a rigidez e segurança do conjunto para proporcionar maior conforto, visibilidade e segurança para os usuários. Os atributos de durabilidade, robustez, facilidade de manutenção, reduzido custo de assistência técnica e versatilidade criam novos parâmetros no mercado.

Entre as novidades que aproximam o Volare Cinco das características da indústria de automóveis, a chave com controle remoto permite abrir a porta e o porta-malas (bagageiros) a distância.

“Fizemos pesquisas e ouvimos os operadores de ônibus e vans. Entre as necessidades que eles listaram estavam, por exemplo, melhor ergonomia e conveniência para o motorista, que normalmente é o dono do veículo nesse tipo de transporte, custo-benefício favorável, distribuição homogênea do ar-condicionado, porta de dobradiças pantográficas automática, características ora presentes nas vans, ora nos ônibus. Então, a proposta foi unir tudo isso em um só veículo”, explica Roberto Poloni, diretor de engenharia da Volare.

O Volare Cinco é totalmente acessível para qualquer pessoa e não somente as com mobilidade reduzida. “Acessibilidade é como todas as pessoas entram no veículo, a posição que elas ficam, a posição das pernas, dos pés, tudo isso foi pensado para o mais conforto e ergonomia”, destaca Poloni.

JJ

 

(255 visualizações, 1 hoje)