Em 2013 a fábrica americana de aviões leves Mooney reiniciou produção, depois de cinco anos parada. O Dr. Jerry Chen assumiu a empresa com capital chinês, e agora, há poucos dias, foi anunciado o modelo mais atualizado da longa dinastia dos Mooney de deriva vertical inclinada para frente, o M20V Acclaim Ultra.

A principal particularidade desse avião é ser o monomotor a pistão mais veloz do mundo, atingindo 242 nós (448 km/h) com motor the 284 cv a 2.500 rpm, um  Continental TSIO-550-G de seis cilindros horizontais opostos e dois turbocompressores. A potência contida devido à baixa rotação garante a durabilidade elevada, e pela velocidade atingida, fica clara a alta qualidade aerodinâmica, característica dos Mooney desde após a Segunda Guerra Mundial, quando a empresa já funcionava há mais de quinze anos.

Leva cerca de 454 kg de carga total, incluindo quatro ocupantes, bagagem e combustível, e tem autonomia de 2.361 km com o tanque de 378,5 litros e velocidade de cruzeiro de 324 km/h. O tanque básico, de 345 litros já permite a ótima autonomia  de 2.037 km.

A cabine, capota do motor  e parte da fuselagem é de compósitos de fibra de carbono com grafite, basicamente, com empenagem e asas de liga de alumínio.

Há agora duas portas para acesso, a direita tradicional e uma esquerda, para melhor e mais rápida movimentação do piloto, sem incomodar o passageiro da direita. Acompanham as portas maiores janelas também com melhor visibilidade.

O modelo anterior, chamado apenas de Acclaim, e sem os materiais compósitos, era bem menos sofisticado em aviônicos. O Ultra tem sistema Garmim G1000 de navegação e controle de sistemas, com teclas soft-touch e teclado de última geração.

A produção já começou na fábrica de Kerrville, no Texas, e no segundo trimestre a FAA deverá emitir a certificação do avião, após a qual as entregas poderão se iniciar. O preço na fábrica com todos os equipamentos é de US$ 769.000.

JJ

(2.187 visualizações, 6 hoje)