Da Automotive News Europe

O chefe de design do Grupo Volkswagen, o italiano Walter de Silva, deixará a empresa em meio a uma revisão da estrutura organizacional da fabricante .De Silva tem sido o responsável de design para todas as marcas do Grupo VW nos últimos nove anos, incluindo aquelas de luxo Audi e Bentley e as de grande produção como VW, Škoda e Seat.

De Silva vai deixará o cargo imediatamente, uma fonte inteirada de assuntos da VW disse à Automotive News Europe, confirmando uma reportagem da revista Auto & Design.

De Silva tem 64 anos, de modo que “ele atingiu a idade em que muitas pessoas se aposentam”, disse a fonte, que não quis ser identificada por falar sobre questões de ordem pessoal.

De Silva, que completa 65 anos em fevereiro, foi chefe de Design da Fiat e Alfa Romeo antes de ingressar na Seat, do Grupo VW, em 1999, com a missão de dar à marca uma imagem esportiva. Ele depois foi para a Audi onde criou a grade de moldura única para dar aos carros da marca um visual diferente e destacado dos concorrentes BMW e Mercedes-Benz.

A saída de De Silva de VW ocorre num momento em que a fabricante acelera uma reorganização em seguida ao custoso escândalo de burlar os testes de emissões, ao qual, contudo, de Silva não está implicado. No entanto, a VW está procurando reduzir o orçamento anual de 100 milhões de eurdo do seu departamento de design, informou a revista de negócios alemã Handelsblatt.

Não está claro se a VW pretende nomear um novo chefe de design responsável pela coordenação de estilo do grupo para todas as 12 marcas, ou eliminar o cargo.

De Silva estava entre o grupo de elite, de executivos de confiança, que Martin Winterkorn levou junto com ele para Wolfsburg em 2007 quando foi guindado a executivo-chefe do Grupo VW vindo da Audi. Winterkorn renunciou ao cargo em 23 de setembro, dizendo que assumia a responsabilidade erro da empresa no tocante aos testes de emissões, mas que não tinha conhecimento da ilegalidade..

Como chefe de Design do grupo VW, de Silva eliminou o que os críticos chamaram de estilo exagerado feito pelo antecessor Murat Gunak, ordenando mudanças de última hora para a sexta geração do VW Golf lançado no final de 2008.

Um porta-voz da VW não quis comentar imediatamente a saída da Silva. De Silva, pois não retornou as ligações pedindo que o fizesse.

A Auto & Design disse que De Silva se aposentará no final de novembro de todas os cargos do Grupo VW, incluindo a presidência da Italdesign Giugiaro, uma unidade Audi, cargo que ele assumiu em 1º de setembro.

Ae/BS

 



  • Bruno Ventura

    Haveria chance de um retorno ao grupo FCA?

    • Bruno
      Total!

      • Bruno Ventura

        Bob, ouvir tu dizendo isso alegrou minha tarde, haja vista minha admiração pelos desenhos desse cara, sobretudo os Alfa Romeo, não à toa que tenho um 156 2000, prata, em casa, descansando sob uma capa, no alto dos seus 73 mil km. Se é você falando eu confio! Abraço.

        • Totiy Coutinho

          Duvdo que o Matchione pagaria o que ele vale!

  • Domingos

    Hum, mal sinal. Mas na verdade, olhando a coisa como tem que ser olhada (sob o aspecto do Foro de São Paulo dos europeus, a União Européia), isso é excelente.

    Assim como quando parar o dinheiro do Brasil de sustentar o roto, o podre na América Latina, quando a Alemanha não puder mais comprar todo mundo por lá as coisas vão ter uma completa mudança. Que bom! Graças a Deus!

  • Elizandro Rarvor

    Nada de anormal, se bem que ele não tinha muito trabalho, foi um tal de CTRL + C / CTRL + V nestes anos que doeu. Até o Golf VII que eu tinha achado legal no lançamento, já acho que enjoou, já ficou velho.

  • Lauro Agrizzi

    Demissão muito estranha. Não tem 60 dias que assumiu a Italdesign.