Da Automotive News Europe:

A Toyota retomou a liderança mundial de vendas do Grupo Volkswagen em meio à reação dos consumidores em vista do escândalo de burlar os testes de emissões. A fabricante japonesa disse ter vendido 7,49 milhões de veículos até setembro, superando os 7, 43 milhões informados pela Volkswagen no início do mês. As vendas caíam 1,5% tanto para a Toyota quando a VW.

Os resultados incluem as vendas  de menos de duas semanas após a Volkswagen  admitir ter dotado os motores Diesel de software que enganou as autoridades sobre os níveis de emissões. A VW vendeu mais que a Toyota mundialmente nos seis primeiros meses, mas a fabricante está agora se preparando para corrigir 11 milhões de veículos no mundo inteiro e interrompeu a venda de modelos a diesel em vários mercados, enquanto procura deixar os motores dentro dos limites de emissões. A VW enfrenta também queda de demanda na China, seu maior mercado, com vendas de modelos da marca caindo 7,4% nos primeiros nove meses.

“A Toyota será a nº 1 este ano,” disse Koji Endo, um analista automobilístico da Advanced Research Japan. “A VW poderá enfrentar dificuldades de vendas devido ao escândalo até o ano que vem na Europa e nos EUA e não vejo recuperação do mercado chinês tão cedo.”

O escândalo de emissões da Volkswagen levou à renúncia do executivo-chefe Martin Winterkorn, que havia estabelecido o objetivo de levar a fabricante a superar a Toyota e a General Motors e se tornar líder mundial em vendas. As da GM caíram 1,9% nos nove primeiros meses, registrando 7,2 milhões de unidades.

Enquanto a Volkswagen enfrenta o problema, a Toyota se prepara agora para começar a produzir o Prius atualizado após quase sete anos sem mudanças. A fabricante fala em um rodar mais esportivo para seu híbrido campeão de vendas, consumo de combustível cerca de 10% menor e melhor desempenho. As vendas começam no Japão antes do fim do ano.

Pessoas inteiradas do assunto disseram em agosto que a Toyota planejou aumentar força de trabalho em 1.400 trabalhadores nas fábricas do Japão para acelerar a produção do novo Prius e do atualizado suve Land Cruiser.

Como um dos veículos mais vendidos da linha Toyota fabricados exclusivamente no seu mercado local, o Prius ajudará a aumentar as exportações japonesas. A Toyota acredita também que as vendas do Land Cruiser, que tem preço público de 80 mil dólares, seu suve mais caro, subirão em mercados que incluem os EUA, com seus maiores dotes de aceleração e de itens de segurança.

Ae/BS

 Foto: mibz.com

 

Sobre o Autor

AUTOentusiastas

Guiado por valores como paixão, qualidade, credibilidade, seriedade, diversidade e respeito aos leitores, o AUTOentusiastas desde 2008 tem a missão de evoluir e se consolidar como um dos melhores sites sobre carros do Brasil. Seja bem-vindo!

Publicações Relacionadas