Todo mundo que dirige já sentiu o dissabor de passar com seu veículo por cima de um tampão desnivelado, desses circulares de ferro fundido que servem de acesso a galerias subterrâneas — os poços de visita — seja de esgoto, elétricas, telefone, gás ou mistas.

Quando temos sorte, a empresa que faz o serviço de recapeamento de uma via pode acertar a altura com o asfalto, eliminando o degrau entre a borda do tampão e a pista, mas um desnível sempre ocorre. Normalmente, fica mesmo uma depressão criminosa, daquelas de estragar pneu ou coisa mais cara, ou no mínimo causar desconforto aos ocupantes.

 

O pedaço de madeira é apenas para se ver o desnível (O Globo)

.

ipva

Essa foto tem alguns anos, é hilária. Note o tampão afundando

Essa falta de qualidade nos reparos das vias é patente em muitos lugares do Brasil, e sempre que saio de São Paulo fico de olho para saber onde se consegue ser pior do que aqui. Raramente se encontra asfalto tratado com carinho, de qualidade, com reparos feitos com capricho. O normal é que a rua seja tratada com desleixo, o que só deixa uma cidade mais feia e inóspita do que o necessário.

No caso de motocicletas, esses tampões com degraus e depressões ao redor podem causar quedas com conseqüências graves. Muitos motociclistas já caíram devido a esse problema, ou pelo menos levaram um belo susto. Pior ainda se estiver próximo de outros veículos, principalmente os mais pesados.  Para as bicicletas, mesma dificuldade, já que pelo baixo peso e ausência de suspensão na maioria delas as imperfeições são mais severas, jogando para cima o veículo com facilidade.

Na foto abaixo uma tentativa de nivelar o tampão, a aplicação de asfalto na forma de um cone bem aberto, para evitar degraus. Com pouco tempo e tráfego pesado, tem pouca durabilidade.

 

Imagem1

Essas tampas  estão por toda parte, e nós muitas vezes não entendemos por que precisam estar no meio da rua, onde mais atrapalham. Sendo a localização destas função do projeto das galerias subterrâneas, e por isso mesmo um problema maior que não pode ser solucionado de forma rápida, é ótimo que já exista uma solução robusta, de qualidade e fácil aplicação para consertar os desníveis e fazer a vida mais suave.

Incomodado com a situação comum e desagradável, o engenheiro Ciro Amaral Faria, de Belo Horizonte, MG, sócio da empresa Artefacil, pensou e criou um sistema simples que ele chama de alteamento de tampões. Trabalhando há 19 anos com soluções para galerias de esgoto e seus acessos, além de projetos para cabeamento subterrâneo, o sistema é patenteado por Ciro,  e a empresa Artefacil  Consultoria e Produtos Hidrosanitários é a detentora da patente.

Invenção simples

Como todas as grandes invenções, esta também é simples. Trata-se de dois anéis de ferro fundido que são colocados como calços, para que a tampa fique nivelada com o asfalto. Dependendo da altura do recapeamento, ou seja, a espessura da camada de asfalto que será colocada, o anel pode ser único, com a função dupla de apoiar no telar original e servir de apoio para a tampa. Isso acontece quando a espessura do recapeamento for maior que a espessura da tampa. O telar é a borda da abertura da galeria, que tem construção em metal, para estabilidade de forma da entrada da galeria e para evitar que a tampa saia do lugar no caso de danos ao asfalto que está ao redor.

 

Imagem6

Imagem3

 

 

Imagem4

A aplicação dos anéis é um trabalho que pode  ser feito em duas ocasiões. Quando se faz o recapeamento de uma via em extensão, ou se for determinado apenas eliminar a depressão ao redor do tampão. Para esse último caso, uma área ao redor desta deve ter o asfalto removido, os anéis fixados sobre o telar e  posteriormente ser colocada nova camada de asfalto ao redor, já com o tampão no mesmo nível do leito carroçável.

A empresa  Artefacil  também fabrica anéis em ângulo, para casos de ruas desniveladas ou de telares que se moveram da posição original, deixando o tampão inclinado.

 

inclinado

Imagem5

Há algumas medidas variadas disponíveis, para que o nivelamento chegue o mais próximo possível da camada de asfalto nova, relocando assim o tampão à melhor condição.

No vídeo anexo, uma mostra do reparo sendo efetuado, bastante ilustrativo do trabalho rápido e eficiente.

Sem dúvida uma solução prática que deveria ser adotada em qualquer cidade, para diminuir os estragos causados aos veículos.  Façamos nossas preces de autoentusiastas.

 

Link do site da Artefacil aqui.

Imagens: Artefacil, exceto onde indicado

JJ

(737 visualizações, 1 hoje)