Depois do lamentável episódio de burlar o procedimento de emissões de óxidos de nitrogênio por veículos de motor diesel, admitido publicamente pelo presidente executivo Martin Winterkorn domingo retrasado, seguido de sua demissão sexta-feira última, a Volkswagen AG, já sob o comando de Matthias Mueller (vindo da Porsche AG), emitiu comunicado nesta segunda-feira, que transcrevemos:

“Volkswagen AG anuncia plano de ação para corrigir veículos a diesel com motores EA 189 EU5

  • Veículos novos com motores EU6 disponíveis hoje não são afetados
  • Soluções técnicas estão em desenvolvimento e serão apresentadas às autoridades responsáveis antes do fim de outubro

A Volkswagen AG anuncia seu plano de ação para corrigir as características de emissões dos veículos a diesel.

Num primeiro passo, os consumidores afetados serão informados que as características de emissões de seus veículos serão corrigidas num futuro próximo. Todos os veículos são tecnicamente seguros e aptos a rodar.

Sob o plano de ação, a Volkswagen e outras marcas do Grupo cujos veículos estão afetados apresentarão as soluções e as medidas às autoridades responsáveis em outubro. Clientes com esses veículos serão mantidos informados durante as próximas semanas e meses. Todas as marcas do Grupo afetadas serão constar de sites nacionais para atualizar clientes sobre os desenvolvimentos.

Uma avaliação interna na sexta-feira estabeleceu que um procedimento de serviço é requerido para cerca de cinco milhões de veículos da marca Volkswagen de carros de passageiros de um total de 11 milhões veículos do Grupo no mundo todo. Estes veículos de determinados modelos e ano-modelos (como Volkswagen Golf de sexta geração, o Volkswagen Passat de sétima geração ou a primeira geração do Volkswagen Tiguan) têm o motor diesel Tipo EA 189.”

BS

(122 visualizações, 1 hoje)