LE MANS AMANHÃ: PORSCHE LARGA NA FRENTE

Hybrids

O pole-position para a largada amanhã (foto fiawec.com)

O Porsche 919 Hybrid nº 18 que será pilotado pelo trio formado pelo francês Romain Dumas, pelo suíco Neel Jani e pelo alemão Marc Lieb largará na frente na 83ª 24 Horas de Le Mans neste sábado às 15 horas (10 horas horário de Brasília). Jani fez o melhor tempo na sessão de classificação de ontem (houve outra na quarta-feira) com 3:16,887. Ao lado do Porsche nº 18 na primeira fila estará outro 919 Hybrid, o nº 17 do australiano Mark Webber, do alemão Timo Bernhard e do neozelandês Brendon Hartley, seguido do terceiro 919 Hybrid, o nº 19, do trio Nico Hulkenberg (alemão), Earl Bamber (neozelandês) e Nick Tandy (inglês).

A segunda sessão de classificação começou com tempo fechado e vento às 19h00 (lembrando que nessa época, final de primavera no hemisfério norte, o sol se põe às 21h59 onde está Le Mans), pista seca, e foi marcada por vários incidentes. Quatro interrupções prejudicaram o programa original. Entre os que melhoraram, o Porsche nº 19 foi mais rápido do que na quarta-feira, com 3:18,862, mas isso não mudou as posições de largada.

 

Porsche Claim Pole For the 2015 Le Mans 24hr - Le Mans 24 Hours at Circuit Des 24 Heures - Le Mans - France

Alegria com a pole-position! (foto fiawec.com)

A primeira interrupção foi às 19h40 devido à escapada do Rebellion R-One nº 13 na primeira chicana de Mulsanne, problema mecânico no Oreca 05 nº 47 entre Mulsanne e Indianápolis, bem como uma saída do Ferrari nº 55 na brita nas curvas Porsche.

A sessão foi reiniciada às 19h57, mas teve de parar de novo às 20h30 quando Jan Magnussen bateu com o Corvette C7 R nº 63 da equipe de fábrica na curva da Ponte na saída das curvas Porsche. O carro bateu na defensa metálica e o treino foi interrompido. O carro não pegou. O piloto estava consciente e foi cuidadosamente desencarcerado do C7 R e levado ao centro médico do circuito para exames. O carro não largará amanhã já que não há como efetuar os reparos no boxe. Pela primeira vez na sua história de participação na 24 Horas a Corvette Racing foi forçada a tirar um dos seus carros da prova. A sessão não se reiniciou.

A segunda parte do segundo dia de classificação começou às 21h30, mas os tempos obtidos no dia anterior por Neel Jani no carro nº 18 e Timo Bernhard no nº 17 era inalcançáveis pelos concorrentes, Audi e Toyota. Os Audi nº 7 e 9 tentaram e melhoraram seus tempos para 3:20,561 e 3:20, 997, respectivamente, menos de 3 segundos atrás dos Porsches. A interrupção final ocorreu às 23h05 quando o Porsche 911 GT3 RSR nº 67 pilotado pelo inglês Alex Kapadia teve um incêndio e parou entre Tertre Rouge e a chicana Forza Motorsport. A sessão foi reiniciada às 23h25, mas a classificação não se alterou.

 

Nacht

Devido à latitude de Le Mans e à época do ano, das 24 horas de corrida só 8 horas serão de noite (foto fiawec.com)

Dessa forma, Neel Jani no Porsche 919 Hybrid nº 18 marcou o melhor tempo na classificação com 3:16,887, velocidade média de 249,2 km/h. Isso é um ganho de desempenho de quase seis segundos por volta comparando com o desempenho do carro no ano passado com o mesmo consumo de combustível. Os três Audi R18 e-tron, o vencedor em 2014, não ficaram muito atrás dos Porsches 919 Hybrid. A Toyota, campeã reinante do WEC, foi um pouco mais lenta que seus rivais.

Ainda na categoria LM P1, os três Nissan GT-R LM Nismo de tração dianteira, a grande novidade em Le Mans, ficaram com a 12ª, 21ª e 31ª posições, o melhor tendo rodado em 3:38,468, 21,571 segundos mais lento que o Porsche 919 Hybrid nº 18, o pole-position.

A Oreca estava de volta ao topo da LM P2. Graças a um dos novos Oreca 05 inscrito este ano, o construtor francês conseguiu o melhor tempo da sua categoria com o nº 47 em 3:38,939. A corrida promete uma disputa árdua uma vez que os Gibson nº 41 e 38, semelhante ao carro vencedor desta categoria no ano passado, estão a menos de 1 segundo atrás seguidos pelo Alpine A450b, que está bem colocado. Menos de 17 segundos englobam 17 dos 19 carros da LM P2, assim parece que será uma bela disputa.

Na LM GTE, haverá um duelo fantástico entre Aston Martin e Ferrari, que foram os mais rápidos em ambas as categorias. O Aston Marin nº 26 de McDowall, Rees e Stanaway ficou em primeiro na LM GTE Pro, à frente do vencedor anterior, o Ferrari nº 51 de Bruni, Fisichella eVilander. O Corvete C7 R e os Porsches estão em emboscada e prometem uma corrida cheia de reviravoltas. Aston Martin e Ferrari também dominaram a LM GTE Am com o Vantage nº 98 de Dalla Lana, Lamy e Lauda sustentando a pole position do dia anterior.

Nesta sexta-feira 12 de junho o espectadores da 24 Horas de Le Mans que têm o ingresso mais abrangente tiveram a oportunidade de visitar os boxes. Podem também caminhar até à passarela Dunlop da lendária pista. Os carros inscritos para a Le Mans Legend foram exibidos durante a ida aos boxes. O Desfile dos Pilotos no centro da cidade de Le Mans começou às 17h30.

O entusiasmo no entorno do circuito que hospeda a 83ª 24 Horas de Le Mans continuará a crescer entre esta sexta-feira e 15h00 de amanhã, 13 de junho.

Leitor, não esqueça, a largada é amanhã às 10 horas horário de Brasília (15 horas na França) e pode ser assistida pela TV Le Mans no seu computador em http://www.lemans-tv.com/.

Bom divertimento!

MB

 

 

(63 visualizações, 1 hoje)


  • RoadV8Runner

    Tomara que o desempenho dos Porsche em corrida permita uma vitória da marca, para quebrar a hegemonia dos Audi nos últimos anos.

  • Estava ansioso para ver o desempenho da Nissan, mas pelo visto ainda há muito o que desenvolver nesse carro.

  • Ggvale Vale

    Ficou difícil para a Audi …

    • Não sei não, acho que a Audi ainda tem mais experiência em corrida e o carro é mais confiável. Mas a Porsche pode surpreender!

  • Primeira corrida em uma categoria de tão alto nível é muito complicado se destacar assim de cara. Com o tempo eles podem melhorar muito.