Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas Autoentusiastas AUDI TT NA PISTA E PASSEIO COM O LEITOR (COM VÍDEO) – Autoentusiastas

AUDI TT NA PISTA E PASSEIO COM O LEITOR (COM VÍDEO)

DSC_3945aa

Domingo último tivemos mais um Rali de Regularidade em Interlagos, essa incrível realização do ex-piloto holandês naturalizado brasileiro Jan Johannes Hendrik Balder, chegado ao Brasil em 1954 com a família, o pai Antoni Gerardus Balder, a mãe Beppe e a irmã Gerdina Balder (depois Iwers adicionado após se casar aqui). Antoni, engenheiro aeronáutico, veio para dirigir a produção do aviões treinadores Fokker T-21 (de bequilha) e T-22 (triciclo), holandeses, na Fábrica do Galeão, no Rio de Janeiro, para a Força Aérea Brasileira. Encerrada a sua missão aeronáutica, o engenheiro Antoni Balder trabalhou na então nascente indústria automobilística, tendo a família se transferido para São Paulo.

Primeiro, um breve período na Brasmotor, que montava o Volkswagen, depois na Willys-Overland do Brasil, mas logo ingressou na Vemag, onde trabalhou 10 anos, e finalmente na  Sofunge, empresa da Mercedes-Benz do Brasil, uma moderna fundição que, inclusive, fornecia os blocos de motor em bruto para a fábrica do DKW. Foi nesse ambiente que o menino Jan, a partir dos sete anos de idade, quando chegou ao Brasil, cresceu e se desenvolveu, portanto um autêntico autoentusiasta e automobilista.

Conheci o Jan por volta de 1965 e logo ficamos amigos, pela nossa vivência no automobilismo em torno da marca DKW-Vemag. Sempre notei nele grande habilidade dele com números, e foi essa habilidade que contribuiu para ele materializar uma idéia incrível, o rali em circuito fechado.

O Jan faz fez muito rali, inclusive venceu, com um Puma GT 1600, o épico Rali da Integração Nacional, em 1971, tendo Alfred Malowski como navegador, um percurso de quase 5.000 quilômetros entre Fortaleza, no Ceará, a Chuí, no Rio Grande do Sul. Por ser um “ralizeiro” de mão cheia, além de piloto de velocidade (corremos muito em dupla), Jan bolou fazer um rali sem as complicações logísticas, interrupções de tráfego nas estradas (e até os protestos de hoje). dispêndio de tempo, e custos, para isso realizando o rali no autódromo de Interlagos a partir de 2009, uma receita perfeita que resultou enorme sucesso.

Sucesso porque permite praticar uma modalidade de automobilismo de competição com custo baixo, no próprio automóvel do dia a dia, sem complicações de carro preparado para corrida. E melhor, a salvo da sede de arrecadação da prefeitura de São Paulo com sua vasta população de radares e detectores de velocidade.

Melhor ainda é o ambiente descontraído, alegre, de muito bate-papo, verdadeiramente familiar, esposas sendo navegadoras dos seus maridos, enfim, um dia autoentusiata dos mais agradáveis.

De uns tempos para cá, a pedido do Jan, tenho comparecido aos eventos para vivenciá-lo e também para lhe dar uma mão levando um carro de teste (como o beneplácito do respectivo fabricante) para servir de carro-madrinha e também para mostrar aos participantes um pouco de novidade.

Caso deste último rali, em que fui com o novo Audi TT, aproveitando para dar uma voltas com ele na pista mesmo com o rali em andamento — claro, tomando o maior cuidado para não atrapalhar os competidores.

Impressionou-me os pneus dianteiros não chegarem aos ombros, apesar da pressão de rua, 32 lb/pol² na frente e 28 lb/pol² atrás, o que denota a qualidade da geometria de suspensão, e os freios não apresentarem sinal de fading, mesmo tendo notado fumaça das pastilhas ao estacionar o carro.

O Paulo Keller, que foi junto (o Wagner Gonzalez também esteve lá) colocou a câmera GoPro no Audi e fez umas belas tomadas ao andarmos no circuito. Nesse mesmo vídeo aparece nosso amigo e assíduo leitor do Ae, Fernando Silva, experimentando o TT, comigo no carro, quando saímos do autódromo para devolver o carro ao Lothar Werninghaus, o assessor técnico da Audi, não muito longe dali.

A propósito, o Ae está programando atividades que envolvam os leitores, aguarde notícia mais tarde.  Temos certeza de que será um sucesso.

Veja agora o vídeo e em seguida a galeria de fotos dos participantes durante a prova.

BS

Fotos e vídeo: Paulo Keller

 

(Atualizado em 18/06/15 às 16hoo, informação adicional sobre os pneus)

Sobre o Autor

Bob Sharp
Editor-Chefe

Um dos ícones do jornalismo especializado em veículos. Seu conhecimento sobre o mundo do automóvel é ímpar. História, técnica, fabricação, mercado, esporte; seja qual for o aspecto, sempre é proveitoso ler o que o Bob tem a dizer. Faz avaliações precisas e esclarecedoras de lançamentos, conta interessantes histórias vividas por ele, muitas delas nas pistas, já que foi um bem sucedido piloto profissional por 25 anos, e aborda questões quotidianas sobre o cidadão motorizado. É o editor-chefe e revisor das postagens de todos os editores.

  • CorsarioViajante

    Belo post! Me chamou especial atenção o Eos (demorei para reconhecer) e o Focus RS, importação independente de muito bom gosto! E aquela foto com o Fusca e o Porsche está linda!

    • Fabio Toledo

      Tapa na cara da Ford!

  • Davi Reis

    Muito, muito bom! E esse Focus RS verde aí hein? Inclusive com a sugestiva placa “FRS”, que belíssimo carro. O Ae sempre noticiará sobre o evento aqui no site? Seria de muito bom grado, acredito eu.

  • Lemming®

    Ótima notícia sobre participação de leitores em evento com os mestres do AE…
    Na fila…

  • Henrique Lopes

    Participei em 2012 e ainda pude andar com o Bob no Audi A3, foi incrível. Ansioso por outra oportunidade de encontra-lo, assim como os demais editores.

  • Leister Carneiro

    Parabéns pela volta com o leitor

  • Fernando

    Muito legal o post e ter visto “ao vivo” e conhecido Wagner, Paulo e Bob.

    Achei inesperado o EOS e o Focus RS, assim como a BMW 318 E30, que se fosse chutar quais carros lá estariam, esses são difíceis de se imaginar e ver pelas ruas!

    Aliás sobre o TT, achei muito legal os pneus Kumho, eita globalização! Gosto deles, acabei optando em 2 trocas e gostando.

    • Mr. Car

      Com várias marcas de pneus (algumas sem maior fama, ao menos no Brasil) no mercado, muitas vezes ficamos tentados a optar por uma mais em conta, mas temos receio, por não conhecer a qualidade. Um fabricante do prestígio da Audi usar em seus carros já é um aval, uma vez que não colocariam qualquer porcaria que comprometesse sua imagem.

    • Rodrigo

      Coloquei Kumho Ecsta LE 225/50 no meu Fluense GT no lugar dos Continental originais devido ao surgimento de bolhas. Estou extremamente satisfeito com os mesmos. Maiores ganhos além da capacidade de tracionar, até pela medida mais larga, no conforto e na dirigibilidade no molhado. Parece que eles se desgatam mais, mas como rodo pouco, isto não é problema.

      • Thiago Teixeira

        Tenho um par do Kumho no eixo dianteiro e um par Turanza 330 no traseiro do meu Focus fc. Todos com a mesma quilometragem e tempo, 30 mil km e 2 anos. O kumho passou a fazer um barulho como de algo colado no pneu. Dizem que sao “lonas que correram”. Nao sei se quer dizer a estrutura do pneu que desprendeu.
        os Turanza continuam integros. Estes são mais asperos, porém mais duráveis.

  • Mr. Car

    Atividades que envolvam os leitores, é? Isto muito me interessa, he, he, he! Conte-nos mais, e conte-nos logo!
    Abraço.

    • Lucas

      Interessa a mim também. Tomara que consigamos contornar as nossas distâncias.

  • Bob e Paulo foi um prazer falar com vocês! De Audi TT é tranquilo, queria ver de Buggy… Rrsrsrrsrs!!! Grande abraço! Reinaldo

  • marcus lahoz

    Foi um dia muito bacana mesmo. Procurei pelo Paulo mas não achei. Mas conheci o Wagner, o Bob e o Jan. Muito bacana conhecer a todos, o Jan inclusive me deu um troféu de participação.

    Estava olhando os tempos agora, até que não fui mal, fiquei em 14o. na geral e nem cronometro eu tinha. Melhor volta em 2.24.009 loco de bom

    Pode me mandar a foto do 408 número 98 por e-mail?

    No próximo evento estarei denovo; mas com um carro de cambio manual, de automático não tem como (apesar que consegui andar junto a vários outros que – como eu – não estavam participando do rally de regularidade, rsrsrs).

    • a. shiga

      É a 3ª vez que vou, mas quando vi que a volta ia ficar muito rápida, eu tirava o pé na reta principal. Acho que a mais rápida seria em torno de 2:20~2:25.

      • marcus lahoz

        Em qual carro você estava?

  • Piantino

    Kumho está longe de ser uma marca ” mais em conta”…

    • Mr. Car

      Não sei, teria que pesquisar. Creio que ainda se encontre por preços mais baixos que os de grande fama no Brasil. De qualquer modo, foi só um exemplo, existem muitas outras marcas. Em tempo: você tem parentes em Brasília? Um tio tinha um grande amigo que se chamava Piantino.
      Abraço.

  • RoadV8Runner

    Nada como uma tocada de quem entende do assunto. Só se percebe que o ritmo é forte pelas cantadas de pneu em algumas curvas.
    Ansioso em saber mais informações das atividades com leitores.

  • Sim. Sempre faremos a divulgação! Abraço.

  • Fat Jack

    Ver o Bob guiando é até sacanagem…, ele nos faz parecer tão fácil andar nesse ritmo com um carro de rua…, só que não!
    Tivemos pneus Kumho na família, o pneu em si (estabilidade, ruído e aquaplanagem) era bom, mas tivemos problemas em 2 deles (conjunto com 4) de cortes na lateral do pneus, e comparados aos Pirelli adquiridos depois notamos que eles tinham o “ombro” mais mole, exigindo maior pressão para evitar “batida” nas rodas em pequenos buracos.

  • Antonio Ancesa do Amaral

    Parabéns pela homenagem e presença no singular evento. Por gentileza qual o modelo do Subaru (foto 11ª)

    • Antonio Acesa do Amaral
      Acho que é um Outback.

    • Leonardo Mendes

      Se for o carro com numeral 72 é uma Impreza SW.

  • Fernando Silva

    Muito obrigado pelo passeio e companhia! Abraços a todos

  • Entre 3:58 e 4:04, o Bob e o Paulo passam por mim, na Reta… Eu estava a uns 10-15 km/h, mais devagar… Primeiro, porque o Bob é o Bob… Segundo, porque o TT é o TT… heheheheh… Mas é uma honra, me ver guiando num vídeo do Ae, ainda que seja por 6 segundos… Ter uma foto minha, publicada no FB/Insta do Ae e ainda uma foto na página (27)… Sem falar na honra de conhecer o Paulo, o Bob e o Wagner… E, de brinde, ainda levei um troféu de 3º colocado, na categoria Duplas-Modernos… Quer domingo, melhor?!?!?!

  • Valeu também de conhecer. Obrigado pela foto! Abraço!

  • a. shiga

    325i E36 branco, acho que a gente não se cruzou na pista

  • a. shiga

    Improvisei uma GoPro com meu celular no pára-brisa.
    O Shelby rodou na minha frente em 7:00 nesse vídeo.
    Meu amigo estava pilotando antes desse vídeo e também rodou na saída da Junção, mas não está nesse vídeo, como tinha alguns carros atrás, vários devem ter visto 😀

  • Fabio Toledo

    Só agora pude ver o video, que maestria heim Bob! Show! Queria ver a ultrapassagem do Maverick, percebi que o Bob se entusiasmou quando o viu… hehehe

  • Cadu Lemos

    Belas fotos.

  • Francisco Passarini Junior

    Que excelente notícia Bob, tenho muita vontade de participar de eventos promovidos pelo Ae 🙂