Dotado do motor 1.6L BlueHDi, o compacto da marca conquistou um novo recorde de consumo de combustível para longas distâncias ao percorrer 2.152 quilômetros com 43 litros de diesel, com média de 50 km/l.

Esse desempenho foi alcançado no final de abril na pista de teste da PSA Peugeot Citroën em Belchamp, na França, sob o controle da organização francesa de certificação UTAC (União Técnica de Automóveis, Motocicletas e Bicicletas). O 208 de série, equipado com motor 1.6L BlueHDi e câmbio manual de cinco marchas, percorreu em 38 horas a distância de 2.152 quilômetros, consumindo apenas 43 litros de combustível — menos que um tanque, que é de 50 litros. Diversos motoristas participaram da iniciativa, com cada um deles dirigindo em turnos de até quatro horas. A média horária global foi de 56,3 km/h.

Com um consumo oficial de combustível combinado de 33,5 km/l e baixas emissões de CO2 de 79 g/km, o modelo garante um lugar de referência mundial para um veículo de produção em série propulsionado por motor de combustão interna. Esta versão é caracterizada pela presença de um defletor traseiro aerodinâmico e pela adoção de pneus Michelin de baixa resistência à rolagem Energy Saver+.

Associando a redução catalítica seletiva (SCR) ao filtro de material particulado aditivo, a tecnologia BlueHDi prova mais uma vez que é o sistema de controle de emissões de motores Diesel mais eficiente do mercado. O desempenho ambiental da Peugeot fez do Grupo PSA Peugeot Citroën  SA líder na Europa em 2014, com emissões médias de CO2 de 110,3 g/km, num mercado onde a média é de 123,7 g/km. Este resultado foi alcançado sem qualquer mudança no mix de segmentos da fabricante.

Ae/BS (Peugeot)



Error, group does not exist! Check your syntax! (ID: 7)
  • WSR

    Enquanto isso, no Brasil, carro 1-L, no álcool, fazendo 10 km/l na estrada. Tristeza total. Até quando seguiremos na contramão do mundo?

    • Marcos Namekata

      Com média global de 60 km/h com certeza dá para fazer muito mais que 10 km/l com álcool; ou muito menos que 50 km/l com diesel andando em estrada a 110 km/h.

      • Luis Felipe Carreira

        O que mais tem é vídeo de consumo no YouTube em várias velocidades em estradas, começa a gastar a partir de 2.500 rpm, antes disso, tudo em torno de 17 km/l

  • Christian Sant Ana Santos

    Parabéns, na minha opinião é o que devemos buscar, hoje me sinto muito melhor quando consigo excelente consumo do que desempenho, independente de fazer diferença no orçamento ou não.

  • Luis Felipe Carreira

    Por isso amo motores Diesel. Fornecem muito torque, desempenho bom e dão aula de como ser eficiente. Só que na legislação Euro 6 que necessita do SCR conjugado com o EGR, precisa ter um tanque para colocar uréia (arla32 ou adblue). Porém assim eles atingem emissões baixíssimas. Uma infelicidade é que por aqui os donos dos pesados, que já necessitam do arla32 já arrumaram um “jeitinho brasileiro” ridículo para burlar a central eletrônica e não usar o aditivo. Espero que tenham todos os problemas relativos a defeitos de catalisador etc., que tenham muitos prejuízos.

    • TDA

      Luís, isso somente para os motores diesel de veículos pesados (ônibus e caminhões), correto? Até onde eu saiba os carros pequenos não utilizam Adblue…
      E sobre o caso dos brasileiros que “burlam” a central, o que falta é a tal da fiscalização. Na Europa, fiscalizam periodicamente, aqui… outra história…

      • Luis Felipe Carreira

        Aqui vigora o Euro 5 ai realmente carro pequeno usa EGR e pesados SCR (com arla) agora o Euro 6 já obrigatório na Europa, necessita dos dois conjugados, tanto em leves como em pesados.

  • Marcos Namekata
    Tente, ué…

    • Victor De Lyra

      Faço 11 kml num Renault Symbol álcool a 110 km/h constantes. 14,8 km/l na “gasolina”. Nunca testei os populares modernos tricilíndricos, mas com certeza devem fazer mais que o meu 1,6 16v.

  • Roberto Neves

    Uau! Isso é que é carro econômico!

  • WSR

    Mas poderia ter autonomia maior no álcool se boa parte dos motores atuais não fossem flex, inclusive com câmbio curto.

  • francisco greche junior

    “Bóra” colocar ele pra rodar na São Paulo de Haddad, indo e voltando para o trabalho, pegando Av. dos Bandeirantes e suas adjacencias, Marginal Pinheiro e tal, fará nem 15 km/l!!! Brincadeira.

  • $2354837

    Só para efeito de comparação…. 250 km com uma Yamaha Fazer 250 média de velocímetro 120: 24 km/l.
    Mesma Yamaha Fazer Acompanhando uma Bros 125 media de 90/100 km/h no velocímetro: 29 km/l
    Peugeot 1,4 com gasálcool mesmo percurso: 14,7 km/l media de 120 km/h
    Mesmo Peugeot com álcool : 10,7 km/l . Detalhe: neste cenário o carro estava com bagageiro que influi no consumo.

  • Domingos

    Nada mau… Esse motor da Peugeot era bem cheio de qualidades. Pena ser tão amarrado em alta.