HERCULES C-130 DECOLA E POUSA EM PORTA-AVIÕES, SEM CATAPULTA E SEM GANCHO

Como sempre nesses tempos de internet, um grande amigo, o engenheiro Antônio Ferreira de Souza Filho, que trabalhou por décadas na Volkswagen e hoje está aposentado, mandou-me este vídeo, que imediatamente pensei em compartilhar com o leitor.

Em 1963, um avião KC-130F fez história ao pousar e decolar do porta-aviões USS Forrestal (CVA-59). A tripulação realizou 29 toques e arremetidas, 21 pousos com parada total sem cabo de retenção, e 21 decolagens sem auxílio de catapulta com peso máximo de 85.000 libras até 121.000 libras (38.555 kg até 54.884 kg). As únicas modificações efetuadas pela Lockheed no avião original foram instalar uma abertura da roda do nariz menor (acredito que para reduzir o arrasto aerodinâmico), um sistema antitravamento de rodas melhorado e a remoção das extensões sob as asas que fazem parte do sistema de reabastecimento em vôo desse modelo específico do Hercules . Não havia mais o gancho na cauda, e não haveria catapulta. Pintado no lado da fuselagem, “Look, Ma, no hook” (Olha, mãe, não tem gancho). O avião se tornou o maior e mais pesado até hoje a pousar num porta-aviões, recorde não batido até hoje.

Este avião tem peso máximo de decolagem normal de 155.000 libras e pode chegar a 175.000 libras (70.306 kg a 79.378 kg). Leia mais sobre o KC-130.

BS

Foto do Hercules C-130F em vôo: Wikipedia
(549 visualizações, 1 hoje)