RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 023  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 023

Alguém pode achar que estamos falando demais sobre o Renault Mégane R.S.. Mas tenho dois pontos com relação a isso. Primeiro, tivemos a chance de ficar um tempo mais prolongado com esse carro especial. E segundo, essa matéria acabou usando o Mégane como pretexto para falar da essência do AUTOentusiastas, o entusiasmo. 

Para aqueles que estão chegando agora, essa matéria começou aqui: R.S Entusiasmo. O AUTOentusiastas tem aproximadamente 100.000 leitores, que também podemos chamar de amigos, que nos seguem com regularidade. No entanto, apenas 4% nos acompanha no Instagram, 7% no Facebook e 5% no YouTube. E agora, nessa parte final da matéria, a idéia é registrar os momentos que foram compartilhados em tempo real pelo Instagram do Ae durante a viagem de São Paulo a Joanópolis feita para recarregar o meu autoentusiasmo, de maneira começar 2015 com mais disposição para os desafios a serem enfrentados.

Durante essa viagem compartilhei alguns de nossos “segredos”  revelando lugares onde avaliamos os carros, onde costumamos nos encontrar e também falando sobre sensações que dificilmente conseguimos dividir. A idéia original não era bem fazer muitos registros em vídeo. Mas no final achei que o o material ficou legal para mostrar um pouco mais a nossa “intimidade”. E escolhemos um domingo para colocar a matéria na rede justamente para sua leitura poder ser aproveitada com tranqüilidade e assim carregar ainda mais o entusiasmo de cada leitor.

Do meu lado foi uma experiência muito gratificante, pois tive a chance de passar bons momentos com o MAO e também ter a companhia de alguns leitores que seguiram a viagem. Agora inicia-se a seqüência de fotos que foram postadas no Instagram em tempo real durante o passeio. Depois das fotos eu volto com mais alguns comentários, uma participação muito especial do amigo MAO, e finalmente os vídeos. 

 

O mapa do prazer: São Paulo, Pirapora do Bom Jesus, Cabreúva, Itu, Salto, Indaiatuba,  Joanópolis  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! Captura de tela 2014 12 27 15

O mapa do prazer: São Paulo, Pirapora do Bom Jesus, Cabreúva, Itu, Salto, Indaiatuba e depois Piracaia e Joanópolis

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 001  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 001

Inspiração para as imagens…

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 002  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 002

Acordar muito cedo tem suas recompensas. Ver o dia nascer, num estado de calma e tranqüilidade, com a perspectiva de um dia especial pela frente, aumenta o entusiasmo

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 004  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 004

ARAÇARIGUAMA: “Araçariguama” é um termo tupi que significa “lugar em que os araçaris bebem água”. Araçari é um tipo de ave, bem bicuda, típica de florestas tropicais. Aqui há uma avião que pode ser visto da rodovia Castello Branco no sentido interior–capital. Foi assim que eu o descobri. Originalmente ele seria um cinema. Trata-se de um Vickers Viscount, quadrimotor turboélice inglês. A Vasp teve vários e foi também o avião presidencial de Juscelino, Jânio e João Goulart. É aqui que gostamos de nos reunir para nos prepararmos para os vídeos, pois o lugar é bonito e sossegado. Para quem mora na região vale a pena uma visitinha. E quem sabe nos encontra por aqui em algum domingo bem cedo, quando costumamos aparecer.

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 005  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 005

Contemplação

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 006  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 006

Guarda Alcides, que toma conta do avião de Araçariguama! Pedi para ele fazer uma cara séria, então lhe mostrei a foto e ele se orgulhou de parecer um guarda rodoviário. Gente boa! Com vida difícil.

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 008  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 008

Europa? Não! O prazer está mais perto do que imaginamos. Pertinho do avião há esse outro “ponto de encontro” onde normalmente paramos para trocar de motorista e conversarmos sobre os carros. É daqui que iniciamos alguns de nossos vídeos também. Uma matéria que tem muitas fotos nesse lugar é a do Toyota GT86

Aqui vale uma pausa.

No vídeo mais abaixo falamos do GT86 em dois momentos e a comparação é inevitável. Ambos os carros são feitos para que realmente faz questão do prazer de dirigir. E o prazer de dirigir vai além de ter um carro bacana. Claro que podemos sentir prazer ao dirigir praticamente qualquer carro dependendo das condições. Mas alguns carros são desenvolvidos e projetados com o foco no prazer. O Mégane R.S. é visceral! Ele se transforma em um monstro assustador muito facilmente. Seu motor 2-litros turbo é o principal culpado disso. E falar apenas da potência máxima de 265 cv não revela toda a verdade sobre ele. Muito mais importante do que a potência é como ela se inicia a partir do momento em que o ar é soprado para os cilindros, a gasolina é injetada nessa torrente de ar pressurizado, misturam-se, a mistura é comprimida pelos pistões, uma centelha a faz se inflamar gerando a alta expansão e pressão que empurra os pistões e estes, através das bielas, movimentam o virabrequim para gerar a  potência que chegará às as rodas motrizes dianteiras via transmissão. 

 

Eu adoro essa vista!  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! IMG 20140706 114227

Eu adoro essa vista!

E no Mégane isso acontece de um jeito extremamente sensorial. O som, o ar sendo soprado sob pressão, a resposta imediata do pedal do acelerador (zero lag), a suavidade dando lugar à aspereza, a pressão do encosto do banco nas costas, o volante ficando um pouco mais leve, o som do escapamento aumentando e a paisagem se desfazendo na visão periférica, são elementos que compõem isso que chamo de essência do prazer. O GT86 também apresenta tudo isso, e com um diferenciador importante, a tração traseira, que altera a nossa percepção de como o carro está em contato com o solo.

Não vou perder tempo tentando traduzir isso. Nós simplesmente sentimos que estamos sendo empurrados! Mas os 65 cv que separam o R.S. do GT86 fazem muita diferença. E é claro que o GT86 é um carro fantástico, é um carro esporte na essência, baixo, com uma posição de pilotagem bem mais adequada, com a alavanca do câmbio bem próxima e respostas muito rápidas também. Não é muito uma questão de falar qual dos dois é melhor. Ambos são fontes de prazer, na essência. O MAO também vai falar sobre eles em algum momento, em outra matéria. 

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 010  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 010

Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, perto de Pirapora do Bom Jesus. As cores fortes combinam

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 011  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 011

PIRAPORA DO BOM JESUS: Pirapora tem origem tupi e significa “pulo do peixe”, através da junção dos termos pirá (“peixe”) e pora (“pulo”). O nome é uma referência ao fato de, no período da desova dos peixes, eles saltarem sobre a água para vencer as corredeiras do rio e, desse modo, poderem alcançar a cabeceira, que são locais mais propícios à desova. O Rio Tietê passa no meio da cidade. Pena que é muito poluído nessa região. Foi em um morro aqui, lá ao fundo dessa paisagem, onde testei e fiz um vídeo do Fiat Freemont

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 014  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 014

Em Pirapora do Bom Jesus há duas pontes sobre o Rio Tietê. essa é uma delas

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 015  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 015

Essa é a outra ponte

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 018  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 018

Olha quem chegou! O MAO com o sua 328i Touring. Trocamos de lugar e eu pude desfrutar de todo o entusiasmo do icônico E36

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 019  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 019

ESTRADA DOS ROMEIROS: Essa estrada começa em Barueri e termina em Itu, passando por Pirapora do Bom Jesus e Cabreúva. É por ela que passam diversas romarias, a maioria em direção a Pirapora do Bom Jesus onde fica o Santuário do Bom Jesus de Pirapora. É uma estrada muito bonita com várias elevações e muitas curvas que vão praticamente margeando o Rio Tietê. Porém há muitos ciclistas, motos, cavalos, carros mais lentos e romeiros. Deve-se resistir a tentação de se empolgar demais.

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 020  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 020

CABREUVA: Quando surgiu dedicou-se ao cultivo de cana-de-açúcar para a fabricação de aguardente, com a instalação de um engenho e essa atividade deu origem à base da economia local durante várias décadas, justificando o apelido do município: “Terra da Pinga”. O nome é originário da árvore Cabreúva, do tipo pardo, conhecida pelos indígenas da região como “Kaburé-Iwa” (Árvore da Coruja).

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 022  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 0221

ESTRADA PARQUE: De Cabreúva até Itu a estrada dos Romeiros é conhecida como Estrada Parque. No final dela, próximo a Itu, há um trecho interditado com um cenário muito bacana e que permitiu fazer esta foto. O MAO ficou louco com a aceleração do R.S. de 0 a 100 km/h em 6 segundos.

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 023  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 023

Devorador de asfalto!

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 025  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 025

235/35R19, meu maior medo durante a viagem

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 026  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 026

O estepe do R.S. é temporário e eu não queria ter que voltar para casa usando ele

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 027  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 027

ITU: Já foi a cidade mais rica do estado na época dos barões do café. É famosa pelas lembranças tamanho gigante. Meu pai sempre que passava por lá nos trazia lembranças bacanas. Lembro-me da borracha de Itu, gigante, “para apagar grandes erros”. Minha filha adora o dinheiro gigante. Um bom passeio é sair de São Paulo por volta das 9:30 da manhã, curtir a Estrada dos Romeiros e almoçar em Itu no Restaurante do Alemão, que serve um famosíssimo filé à parmegiana. Ou simplesmente tomar um sorvete na praça da Igreja Matriz e comprar uma “lembrancinha” de Itu. Não fizemos isso, pois o MAO me convidou para almoçar na casa dele!

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 028  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 028

Para chegarmos em Indaiatuba tivemos que atravessar Salto. Veja que confusão! E semáforos fora de padrão! Surreal!

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 029  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 029

INDAIATUBA: O nome “Indaiatuba” também vem da língua tupi: ini’yá (indaiá) e tyba (ajuntamento), portanto, “Indaiatuba” significa “ajuntamento de indaiás”. Indaiá é um tipo de palmeira que fazia parte da paisagem original do local. A região já era habitada por povos indígenas desde aproximadamente 12.000 a.C. e Indaiatuba, em particular, já era habitada desde o século XII por povos indígenas tupi-guaranis, que cultivavam palmeiras, batata-doce, mandioca, milho, amendoim, feijão etc. A partir da segunda metade do século XVIII, a região começou a ser ocupada por fazendas de cana-de-açúcar

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 030  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 030

Indaiatuba é especial para os autoentusiastas: é lá que fica o Campo de Provas da Cruz Alta, a “Disneylândia” da GM do Brasil, que tem todos os tipos de pistas de testes, inclusive a reta infinita, além de diversos laboratórios para desenvolvimento de veículos. Lá ao fundo, bem atrás do Mégane R.S. fica a pista circular, de 4,3 km de extensão, que simula uma reta infinita devido ao raio de 684 metros e à superelevação  da pista que chega a 56% na faixa externa. E a vontade de entrar lá com o R.S. e acelerar até à velocidade máxima de 254 km/h?

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 031  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 031

Na mesma rua que termina nos portões do Campo de Provas da GM fica a fábrica da Toyota em Indaiatuba, de onde saem os Corollas nacionais e onde também foi produzida a saudosa Fielder. Bem que a Toyota podia fabricar o GT86 aí

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 032  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 032

Proteção amarela. Uma das coisas muito comentadas no R.S. é a cor dos cintos de segurança. Toques especiais como esse demonstram o entusiasmo do fabricante e nos cativam

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 033  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 033

Na casa do MAO, em sua incrível biblioteca encontrei algo especial para mim: a primeira revista de carros que comprei, uma Motor 3 de 1981. Me lembro muito bem do dia em que saí de casa e fui até a banca procurar uma revista em quadrinhos. Voltei para a casa com essa aí. Eu tinha 11 anos. Fui atraído por um ancestral direto do Mégane R.S., o Renault 5 Turbo. O que será que mais me atraiu na época, o esquema de cores do carro, as entradas de ar na lateral, ou a palavra turbo? Ou a chamada de capa. “Uma tonelada de dinamite”? Não importa, é tudo autoentusiasmo. Há uma matéria do JJ sobre o Renault 5 no Ae,  leia-o.

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 034  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 034

Conclusão da matéria do JLV sobre o Renault 5: “Se valeu a pena? Bem, digamos que estamos para automóveis como macacos estão para bananas. E o Renault 5 Turbo é um clássico em seu próprio tempo. Um carro que começou sua vida como um projeto de competição e depois foi transformando em automóvel “de passeio”, sem perder quase nada de suas características originais e ganhando de sobra uma série e outras, mais típicas dos melhores carros de passeio do mundo.”          O Mégane R.S. não tem o motor central-traseiro do Renault 5, mas de alguma forma pudemos sentir a presença do 5. E adoramos bananas!

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 035  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 035

Tirando a poeira do R.S. e se preparando para zarpar para Joanópolis. A boa noticia? O MAO vai comigo. Um das melhores maneiras de se entender e observar o desenho de um carro e sua aerodinâmica é lavando-o. Ainda bem que em Indaiatuba não há falta d’água.

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 036  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 036

MAO com a mão na massa. Ganhei o almoço, a hospedagem e ainda uma lavagem… amigos são para essas coisas

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 037  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 037

No plano original, depois do almoço com o MAO eu sairia para Joanópolis sozinho, continuando a minha busca interior. Mas o MAO não agüentou, mudou toda sua programação, me convidou para pousar na mansão Oliveira e foi comigo. Mas antes de pegarmos o asfalto para o destino, a quase 100 km de Indaiatuba, paramos no posto para dar uma olhada no carro por baixo. Tudo coberto e nenhuma parte íntima interessante mostrável. E a largura e a bitola do R.S nos impressionou, maior do que a do elevador.

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 038  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 038

Eu querendo ir embora para Joanópolis e o MAO em um momento de contemplação à nossa máquina de entusiasmo!

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 040  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 040

Antes de Joanópolis, uma passada por Piracaia em uma ponte bacana

 

R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! Captura de tela 2014 12 28 23

Por que Joanópolis? Veja o mapa

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 041  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 041

JOANÓPOLIS: Joanópolis significa cidade de João, em virtude de seu padroeiro, São João Batista. Também é conhecida como Terra do Lobisomem. Escolhi Joanópolis como destino final dessa viagem por várias razões. Quando olhei o mapa dos arredores de São Paulo procurava serras, mesmo que não muito altas, água (que está difícil hoje em dia) e estradas pavimentadas, mais adequadas ao Mégane R.S.. Geralmente as paisagens de serra e água (rios, represas, lagos etc) são muito mais bonitas. E as curvas são um convite ao prazer de dirigir, ainda mais um carro com caixa manual. Foi em Joanópolis que o Ae testou o BMW 750i, em setembro de 2011, com a minha participação, do Bob, do Arnaldo e do Felipe Bitu, que não está mais no nosso grupo. Foi um teste muito legal de fazer. Logo depois do almoço eu resolvi fazer umas umas fotos do primo AK andando forte com o BMW. A serrinha é tão danada e eu fiquei muito tempo olhando pelo visor da câmera, o que me causou um grande enjôo pela primeira vez na vida. Depois desse episódio passei a enjoar com alguma freqüência. Enjoanópolis!

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 042  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 042

Na volta de Joanópolis decidimos pegar o caminho passando por Bragança Paulista. Nem paramos. Mas nesse trecho desligamos o controle de estabilidade. Posso garantir que em vias públicas, por questão de responsabilidade não dá para encontrar o limite do R.S. mesmo no modo Sport.

 

RS Entusiasmo - Autoentusiastas - 043  R.S. ENTUSIASMO, SÓ UM SOPRINHO JÁ FAZ UM FOGARÉU! RS Entusiasmo Autoentusiastas 043

Missão cumprida. Acabamos de chegar de Joanópolis debaixo da maior chuva. Foram 490 quilômetros de puro autoentusiasmo. Nossa conclusão é que o Mégane R.S. é viciante. Obrigado aos que nos acompanharam. Abraço do PK e do MAO! Valeu!

Antes de prosseguir faço mais uma pausa. Alguns leitores me perguntaram pelas redes sociais sobre como o R.S. se compara com o GTI. Primeiramente, acho que não fui completamente entendido na minha avaliação do GTI. Ele é um carro fantástico, feito para entusiastas. Mas é feito também para não entusiastas. O GTI é um tecno boy. O R.S. é um bad boy. A escolha depende um pouco do seu estilo. O leitor Davi Reis tentou explicar de um jeito que eu gostei: “Acho que o GTI é precisão e o R.S. é emoção. Não que o GTI não emocione e o R.S. não seja preciso, mas a idéia é mais ou menos essa”. Apesar do GTI ter um status de mito. acho o R.S. mais verdadeiro em relação ao autoentusiasmo. Qualquer pessoa facilmente teria um GTI se possível. Mas só os autoentusiastas natos (de coração) teriam um R.S.. 

Depois de pousar na casa do MAO, acordei cedo no dia seguinte e voltei para São Paulo totalizando 690 km com o R.S.. Essa volta também foi bastante divertida e pude curtir vários momentos de entusiasmo na essência que se misturavam com lembranças de 2014 e do dia anterior. Acho que muitos sabem o tipo de sensação positiva da qual estou me referindo. É um espécie de estado de plenitude que só se alcança em poucas ocasiões. E também, nesse estado mais tranqüilo, pude fazer fotos adicionais.

 

Como o MAO foi um companheiro  na viagem e alguém que realmente sente o autoentusiasmo como eu, e que também achou o R.S. sensacional ao dirigi-lo, pedi para ele escrever algo sobre entusiasmo certo de que o resultado seria algo tocante. Aí está! Eu não tenho vergonha alguma de dizer que me arrepiei quando li.

 

ENTUSIASMO

Por Marco Antônio Oliveira

en.tu.si.as.mo
1 Excitação da alma quando admira excessivamente. 2 Arrebatamento. 3 Paixão viva; dedicação. 4 Alegria ruidosa. 5 Exaltação criadora que torna sublimes os poetas, os artistas e os oradores. 6 Inspiração.

Praticamente toda definição que se faz da palavra “Entusiasmo” remete a algo divino.

Trata-se de um conceito realmente difícil de se explicar em termos lógicos, uma característica realmente sobrenatural, e portanto, profundamente humana.

A vida, afinal de contas, não pode ser explicada pela lógica. A lógica apenas explica o porquê das coisas, nunca seu significado. O homem precisa acreditar que sua vida faz algum sentido, que existe para algum propósito, ou o existir se torna vazio e deprimente como uma reunião de viciados em crack. O poeta americano Oliver Wendell Holmes certa vez disse que “É apenas fé em algo, e entusiasmo em algo, que faz a vida valer a pena”.

Por isso agradeço todos os dias ao Senhor por ter me abençoado com ambos. A fé nos faz ter a certeza de que tudo acabará bem, nos conforta e nos dá a coragem para continuar. E o entusiasmo nos move para frente, nos faz melhores, mais felizes, mais sábios, mais úteis.

E não há explicação lógica para o aparecimento do entusiasmo; eu nasci com uma paixão incrível por automóveis, tenho certeza. Não é algo que aprendi, não é algo que escolhi: alguém me abençoou com um propósito na vida, um norte. Não é algo que posso escolher deixar de lado, é algo que vem de algum lugar sem possibilidade alguma de ser impedido.

E que alegria é ter nascido assim! Me deu vontade de aprender, me fez ler muito, criando um hábito saudável que fez muito para meu crescimento, e que ainda me proporciona prazer fácil, profundo, e acessível. Me fez escolher facilmente uma profissão, a de engenheiro automobilístico, e viver com minha escolha mais tranquilamente, atento a um propósito maior, que é fazer automóveis. Mesmo quando tudo parece nublado e o trabalho parece apenas produzir papel.

Me deu amigos com interesse mútuo, gente com que conversar todo dia, conversa de verdade com profundidade e detalhe, que faz a gente pensar, aprender, e de novo melhorar como pessoa. Me faz sair de casa, fazer coisas que outros não fariam, viver aventuras como comprar carros a 700 quilômetros de casa e voltar rodando, a coragem de deixar coisas acontecerem comigo, sem medo. Me dá ocupação fazendo manutenção de meus carros, com a clareza de propósito e a felicidade simples que só o trabalho manual feito com carinho pode dar. Me dá campo vasto e infindável para estudo.

E foi esse entusiasmo, essa força estranha, tão potente como a que leva Roberto a cantar, que me forçou a começar a escrever para dar vazão ao que aprendi. Comecei porque, de novo, algo me impelia a isso, sem pretensão de nada, somente porque precisava fazê-lo de alguma forma, se tornava impossível impedir. Escrevia para mim mesmo, feito maluco.

Logo, conheci mais amigos, via internet, mais variados e de mais longe, e com ajuda deles comecei a publicar o que escrevia. Quinze anos depois, ainda estou para ver um centavo de retorno por todo esse trabalho, mas sem arrependimentos: de novo, é maior que a minha vontade. É simplesmente algo que preciso fazer. Fazer isso de graça me deu uma felicidade que dinheiro nenhum pagaria.

E me levou a conhecer, ainda que virtualmente, você, leitor. Você, que com seus comentários, me mostra que há mais gente como eu, e que gosta do que faço, me dando a certeza que não sou maluco (ou pelo menos, que tenho companhia). Que acompanha, incentiva, elogia. Que me deixa feliz e com um propósito na vida.

Foi o entusiasmo que trouxe, numa manhã de dezembro sem nada especial, o Paulo Keller à minha porta, montado em seu amarelíssimo Renault, um carro feito por gente entusiasmada para gente entusiasmada. Gente iluminada, inspirada por Deus.

O seu objetivo? Reacender o entusiasmo nosso e dos leitores. PK, meu velho amigo… quem o tem, nunca perde. Nem fagulha precisa para reacender essa chama, só um soprinho já faz um fogaréu.

Vida longa Ae!

MAO

 

Obrigado, MAO!

E como é domingo, se ainda tiver com tempo, aí estão os vídeos. Os dois primeiros já estavam lá no YouTube. Quem já se inscreveu no nosso canal ou nos segue no Facebook pôde assisti-los antecipadamente. Eles mostram um bom resumo da atmosfera dessa viagem e a rigor seriam suficientes para essa matéria. No entanto recebi manifestações de alguns leitores que até solicitaram que a viagem inteira fosse filmada. Então surgiu a ideia de fazer uma versão completa que tem “apenas” 47 minutos de duração. A participação do MAO também está quase que inteira nessa versão. Duvido que alguém, além da minha mãe, a querida e entusiasmada dona Arlete, agüente tanto de falatório meu. 

Bom domingo e que 2015 seja de muito entusiasmo.

Abraço, PK

 

 

 

 

Nota: todas as fotos desse post são mobgrafias, fotos feitas com aparelhos móveis, captadas com o Samsung Galaxy S5 diretamente pelo Instagram. Para saber mais sobre mobgrafias acompanhe www.mobgraphia.com.

Sobre o Autor

Paulo Keller
Editor Geral

Engenheiro mecânico com pós-graduação em marketing e administração de negócios iniciou um grupo de discussão sobre o mundo do automóvel no final dos anos 90. Em 2008 percebeu que a riqueza do conteúdo desse grupo não deveria ser restrita aos seus integrantes e então criou o blog AUTOentusiastas. Seus posts são enriquecidos com belas fotos que ajudam a transmitir sua emoção e sensibilidade. Além de formatar e manter as mídias sociais do site. Visite: www.paulokeller.tumblr.com.

Publicações Relacionadas

  • Leo-RJ

    E olha aí o Citroën Berlingo, do que já foi comentado aqui. 🙂

    Leo-RJ

  • Guilherme Jun

    Arrisco dizer que é a melhor matéria que já li por aqui.
    Sensacional!

    • Domingos

      Também, tudo casa. Entusiasmo, entusiastas e um carro que é entusiasmante em cada centímetro. Um desses não me deixaria desejoso de um Ferrari, de verdade.
      O que é sagrado satisfaz.

    • Valeu Guilherme. Abraço! PK

  • ABARTH

    A melhor de todos os tempos. Só vocês para nos brindar com tão grandioso e competente mergulho nesse mundo dos que amam os detalhes e suas minúcias.
    Parabéns, senhores! Matéria épica!

  • Leister Carneiro

    Muito boa reportagem. Vou fazer este caminho um dia!!

    Carro endiabrado

    Faço uma sugestão de viagem: sair de itajubá, MG e ir para Juiz de Fora passando por Maria da Fé Cristina, daria fotos fantásticas

  • Domingos

    Que alegria esse amarelo num carro que transpira especial, transpira esse espírito maravilhoso que o MAO escreveu. Obrigado MAO!
    Não vou fazer comparações com outras coisas pela vergonha, mas poucas coisas especiais exalam e trazem consigo o que esse carro com esse passeio trazem.
    Ô vontade de andar em um! Fazer uma curva perfeita, naquele limite misterioso entre o ser suave e o ser agressivo, com o carro escorregando na direção certa, o pé afundando em perfeita progressão com o caminho e o motor subindo com o sol tocando o rosto como quem vem recebendo e abraçando após essa curva perfeita é a revelação do espírito santo e de todo o milagre da terra para um auto entusiasta.
    A direção de assistência elétrica desse carro, na versão normal, é uma das coisas mais fantásticas que já vi nos modelos mais novos. Dura como a de um kart quando exigida, precisa e rápida como em um Ferrari – sem exageros.
    Fico imaginando a do RS. Nunca pensei que um tração dianteira me interessaria tanto, acho que é a receita que é apaixonada em absolutamente tudo. O ápice do carro francês e sua herança como tração dianteira para o resto do mundo.

  • Domingos

    A propósito, alguém reparou como o traçado do percurso parece um mini-estado de São Paulo?

  • Rafael Malheiros Ribeiro

    Eu pensava que acessava o AE diariamente nos últimos três anos por causa da minha paixão por carros. Mas não, hoje entendi que é por causa de vocês, por me identificar com seu entusiasmo. Vida longa ao Ae!

    A propósito, minha primeira Motor 3 foi a de número 2, com o Chevette SR na capa. Depois vieram outras edições antológicas, como essa do Renault R5. Foi JLV quem “acendeu” o pavio, e vocês continuam mantendo-o aceso. Infelizmente, perdi todas as revistas numa enchente…

    • Bacana Rafael. Ter a coleção de revistas bem guardada é legal. Ms mais importante são as memórias, que não há enchente que nos tire. Abraço PK

  • Luiz_AG

    Tenho algumas sugestões para passeios curtos:

    – Rastro da serpente,

    http://2.bp.blogspot.com/-Q52kjPmfbmY/T3odmlD0F1I/AAAAAAAAAQU/UN0uiGTsY9Y/s1600/mapa+rastro.png

    Vai cortando a Serra do Mar até Curitiba,

    – Fernão Dias – Itajubá – Gonçalves – São José dos Campos, simplesmente uma pintura,

    http://www.pousadavitoria.net.br/photos/image16.jpg

    – São Paulo / Mairiporã via Estrada das Roseiras / Fernão Dias / Atibaia / Pedra Bela / Socorro / Aguas de Lindoia / Mote Sião / Albertina / Andradas / Poços – Outra pintura.

    – Poços de Caldas / Machado / Varginha;

    – Poços de Caldas / Muzambinho / Capitólio / Serra da Canastra – Esse demora mais de um dia.

    Como sou motociclista, devo ter andando mais por essas estradas secundárias mais que cartógrafo.

    Estou construindo uma página para falar a respeito de passeios num raio de até 400 km de São Paulo, ainda não terminei.

    Quando estiver minimamente apresentável com autorização do AUTOentusiastas eu divulgo aqui.

    • guest

      Luiz, estão asfaltados os trechos Monte Sião / Albertina / Andradas?

      Há muitos e muitos anos não vou àquela região, mas essas estradas eram de terra. Aliás, há um projeto de asfaltamento de uma estrada de Andradas a Jacutinga, passando por Albertina, mas isso deve ficar para o PAC 5685 da DilMá…

      • Luiz_AG

        De Albertina / Andradas não sei. De Albertina para Espirito Santo do Pinhal está sim. De Monte Sião até Albertina colocaram um asfalto tão abrasivo que parece uma lixa 50. Peguei asfalto molhado e fiz as curvas agarrando nas curvas sem problema algum

        • Domingos

          Tem sido uma mania em muitos lugares do país colocarem asfalto abrasivo em estradas, alguma outra histeria de segurança que acaba por acabar com pneus e o consumo – caindo em outra histeria, mas dessa vez justa: a do meio ambiente.

    • André Andrews

      No Circuito das Águas, um trecho muito legal que nunca havia feito embora visitasse sempre a região, é o que liga Monte Sião até o o fim da estrada, seu entroncamento com a que vai a Ouro Fino ou Jacutinga. É um trecho de muitas curvas de alta, alta mesmo, embora seja pista simples. Para o meu gosto, é melhor que a média dos trechos travados da região.

    • Adorei as sugestões. E esse nome “Rastro da Serpente” …
      Não vejo a hora de ver sua página no ar! Abraço, PK

  • Avatar

    PK e MAO,
    Obrigado pela dedicação e tempo dispensados para que nós leitores do Ae também participássemos desse incrível passeio (ainda que indiretamente) que só pessoas como nós conseguiriam entender o prazer proporcionado.
    Por essas e outras que desejo vida longa ao Ae!

    • Valeu Avatar! Abração!

    • MAO

      Avatar,
      Nós é que agradecemos a atenção! Forte abraço!
      MAO

  • Reynaldo Cruz

    Excelente matéria, PK. Se superou nessa. Qualquer dia vou conhecer o lugar. Valeu!!!

  • Mineirim

    Belíssima reportagem. Entusiasmo puro!
    Quanto ao carro, acho que o Renault Mégane R.S. é mais vitrine. Não chega no Brasil. Se chegar, vai ser tão caro que poucos entusiastas irão comprá-lo.

    • Bob Sharp

      Mineirim
      Não é vitrine, mas estudo de viabilidade para trazer o carro ou não. O preço, diferentemente do que escrevi a partir de projeções e cálculos habituais, poderá ser relativamente acessível, em torno de R$ 140.000.

      • Domingos

        140 fica muito mais viável. Ok, inacessível para a grande maioria, porém olha o nível do carro…

        Empatando com um GTI mais equipado a coisa fica séria. Pelos antigos 200 mil de estimativa, apesar do carro ser o que é, cairia numa faixa em que poucos o comprariam mesmo podendo.

        Bem que poderia chegar a uns 120, se fosse para sonhar uns 100… Ia ser longe de algo de vitrine – com 140 já deve fazer um grande sucesso.

  • Alvaro José Ferreira Cruz Cruz

    Inicialmente parabéns a toda a equipe do AUTOentusiastas pelas matérias fantásticas com que nos tem brindado.
    A meu ver este Mégane realmente entusiasma, principalmente pelo fato de ter câmbio manual.
    Interessado neste veículo, passei a pesquisar a marca Renault e me deparei no site “reclame aqui” de queixas de usuários relativas à pouca durabilidade da correia dentada de alguns Mégane “civis”.
    Pergunto: tens conhecimento destas queixas, principalmente no Estado de Minas Gerais?

    • Mauro Luz

      Tive um Megane 2.0 2009 e tive duas quebras de correia dentada, uma aos 54 mil km e outra aos 60 mil km!!, as críticas são verdadeiras. Moro no Nordeste e parece que esse carro não aguenta o calor produzido no cofre do motor, de fato fica muito quente, bem mais quente do que em todos os carros que já tive, todas as peças plásticas estavam se desfazendo/quebrando. Quebra também a polia do virabrequim e leva junto a dentada. Além de vários defeitos da bomba de combustível, basta ver relatos do Fluence gt com baixa quilometragem, esses daqui a pouco cairão nos problemas de correia/polia virabrequim. Motor F4R tem disso. Já o motor Nissan que equipa os outros Fluence usa corrente.

      • Juvenal Jorge

        Mauro Luz,
        seu comentário me lembrou de meu maior sonho a respeito de imprensa automobilística: uma publicação (em papel e no computador) que mostrasse os carros depois de muito tempo de uso normal com os consumidores. Mas coisa detalhada e bem explicada, não aquelas chatíssimas revistas americanas Consumer’s Report, que são feitas por estatísticos sem alma.
        Aí sim muitas verdades seriam reveladas, e carros magníficos quando novos seriam desmascarados.

  • Thiago Teixeira

    Fico pensando no que eu poderia ter espelhado num carro desse. Ser pobre é uma….

  • Bera Silva

    Fantástica a matéria e fantástico os vídeos. A posiçào da câmera pegando os vidros de condução e o motorista ficou excelente. Boa sacada de gravar a alavanca de câmbio com o som do cofre, dá pra escutar tudo. Vendo os vídeos, me senti fazendo parte do passeio. Muito emocionante.

  • Danilo Grespan

    Arrisco a afirmar que foi a melhor matéria que já li no AE. Obrigado PK e MAO por nos presentear com esse artigo show, fotos lindas, bom vídeo, e explicação que nos coloca dentro do texto.

  • R.

    PK
    Ficou sensacional esse vídeo longo.. eu acabo de me deliciar assistindo!
    Acho que , sem dúvida , a melhor reportagem do Ae!
    Que venham outras matérias nesse formato .
    Parabéns!

  • Lucas dos Santos

    Paulo,

    Em primeiro lugar, gostaria de agradecê-lo imensamente por ter levado em consideração a sugestão de “filmar a viagem toda”. Obviamente que aquilo foi apenas uma forma exagerada de se expressar. Nada para ser levado muito ao pé da letra e você soube “processar” muito bem a idéia.

    Parabéns pelo “longa metragem”. É, disparado, o melhor vídeo já publicado aqui no Ae. Curti cada minuto do “filme”. Sou muito fã desse tipo de material. A participação do MAO também foi de grande valia. Achei legal a forma dele se expressar e a conversa de vocês durante o trajeto foi muito boa de se ouvir.

    Tenho certeza que foi uma experiência incrível e inesquecível. Obrigado por compartilhá-la conosco!

    • Valeu Lucas. Se você assistiu o vídeo e gostou já valeu! Grande abraço!
      PK

    • MAO

      Grato, Lucas!
      MAO

  • Viajante das orbitais

    Esse carro é um monstro. Carro de tração dianteira esportivo moderno desses pede pra ser guiado em altas velocidades para ter diversão. Diferente de um Fusca velho em que dá para barbarizar a baixas velocidades.

    Aí o diabo atenta o juízo, o motorista endoidece e se transforma naquele doido do filme Vanishing point.

    Olha que legal, o Megane tem uma propaganda com o Raikkonen e é engraçada. O Raikkonen desce do carro e encontra um pescador.O pescador vai perguntando se ele está lá de férias, a negócios, etc etc e o Raikkonen vai negando. Até o pescador perguntar o que ele estava fazendo tão longe de casa, e o Raikkonen responde: não sei.

  • jrgarde

    Parabéns pelo teste, vídeos e principalmente entusiasmo!

    A propósito, a sede campestre da empresa que trabalho fica em Araça, e quando fui a primeira coisa que vi foi esse avião.
    Fiquei perguntando o que era e ninguém soube me explicar!
    Obrigado pela explicação!

    Esse percurso tem muitos radares? Pergunto, pois na semana passada foi até Lindóia pelo caminho de Socorro e encheram de radares por lá.

  • Marcos Alvarenga

    MAO emagreceu. A vida no interior deve estar fazendo muito bem a ele.

    Mas a escrita continua impecável.

    Parabéns a você pelo texto, PK!

  • Roberto

    Sei que é “chover no molhado”, mas mais uma vez o Ae mostra que é, sem medo de errar, o melhor site sobre automóveis do Brasil quiçá do mundo. Já que o nosso tempo é curto, sempre elejo sites ícones para não perder tempo na Internet. E há alguns anos o Ae é o único canal que acesso para estar atualizado sobre questões automotivas. Estou muito satisfeito. Parabéns a todos os responsáveis pelo site e vida longa ao Ae!

  • PK e MAO, muito obrigado pelo texto simplesmente comovente. Que Deus os conserve auto entusiastas capazes de explicar o que é quase inexplicável. E muito obrigado pela aula que acabaram de me dar e que eu me sinto honrado de ter recebido.

    • MAO

      Adelmo,
      Nós é que agradecemos! Sem leitor não tem site!
      Abraço!
      MAO

  • Juvenal Jorge

    PK e MAO,
    é por essas que só mesmo esse site pode ser considerado ótimo, e não apenas muito bom.
    Parabéns pela matéria sublime, e pela lembrança de meu post também, claro.
    Só espero que nenhum instalador de câmeras de velocidade leia esse texto.

    • MAO

      Valeu JJ!
      Forte abraço!
      MAO

  • R, que bom que gostou. Com certeza famos fazer isso mais vezes. Valeu! Grande abraço.

  • Franklin Corcino

    Obrigado por compartilhar toda estas emoções…

    Este tipo de sentimento, que me mantem vivo e feliz… Posso ter um dia ruim… Mas entrar no meu saudoso Civic Vti da década de 90 com seu dohc vtec. Me faz querer viver mais e mais… Sua calma em marcha lenta, e seu comportamento nervoso em altas rotações… me traz calma.

    Não tenho a dadiva de Deus de poder ganhar a vida, por esta minha paixão arrebatadora de carros.

    Mas só de ler e poder partilhar de seus sentimento e emoções, já me tranquilizam.

    Obrigado por este texto maravilhoso, as fotos e este trailer fantástico.

    A toda equipe do Autoentusiastas.

    Parabens por este trabalho que a cada dia consegue, demonstrar o espirito do que nós sentimos. Onde os nosso carros, não são singelos meio de transportes, mas sim uma coisa a mais…. Uma força estranha… Algo que não tem explicação.

    • Domingos

      Estranha nada, essa força quando não é fungida ou com base em sentimentos ruins é a representação da melhor força do mundo, só que num momento entre homem sua boa obra.

  • Valeu Danilo. Abraço!
    PK

  • Legal Bera! Bom que deu certo… Abraço do Pk

  • Alvaro, aqui pelo site quase não recebemos esse tipo de queixa. E nesse caso específico não me lembro de nenhuma. Abraço. PK

  • Valeu pela dica Leister! Abraço! PK

  • Abarth! Demais seu comentário. Quem sabe a gente faz um assim com o 500 Abarth! Abraço, PK

  • Boa Domingos. E tem mais, um Ferrari não se pode usar diariamente e muito menos explorar tudo que é possível. Abraço.

    • Domingos

      Com os auxílios até dá, apesar da ligeira decepção. No entanto, realmente não se compara a praticidade e até a intimidade em relação a um carro que realmente se pode – e se quer – usar todos os dias.

      E diria até que o Mégane não só permite explorar o que é possível como convida mais, te chama mais à direção esportiva e ao entusiasmo.

      Também exige mais respeito, o que é bom.

  • Fórmula Finesse

    Material de muita qualidade; bem escrito, bem filmado…bem escolhido no “elenco” – uma verdadeira viagem!
    Só temos a agradecer!
    FF

  • Valeu amigo!
    Abraço. Ah, você foi citado no vídeo.
    PK

    • Fórmula Finesse

      Fico muito honrado em pertencer (como a todos os leitores), à família Autoentusiastas.
      Me passe o minuto/segundo que vou acurar os “ovido” para ouvir a crítica (rsrsrs).
      Falando sério; vocês perdem tempo, não ganham um centavo, gastam na verdade…com equipamentos, gasolina e despesas inerentes a uma matéria dessa amplitude; só temos a agradecer mesmo, esse compartilhamento de entusiasmo e informações, que nos tornam todos participantes dessa mesa de boteco virtual.
      Tanks!
      P.s: Como é inusitado ver e ouvir pessoas que admiramos pela escrita (MAO, tu PK..já o conhecíamos rs!) ao longo dos anos.

      • 26:50 do vídeo da Dona Arlete! Abraço

      • MAO

        FF,
        Sujeitinho esquisito esse MAO ao vivo, né?
        Abraço!
        MAO

        • Fórmula Finesse

          Rsrsrsr – E esperar normalidade dessas estirpe de adoradores de carros (eu incluso)?
          Abraço!
          FF
          (Tu tens voz de político experimentado, de pessoa mais velha que muito leu na vida – é a impressão livre que tive)

  • Valeu FC! Obrigado pelo incentivo. Abraço, PK

  • JJ, parte desse site é feita por você! E quando quiser sair da caverna será demais tê-lo como participante dessas ações.
    Abraço!

    • Juvenal Jorge

      PK,
      “sair da caverna” pode ser uma expressão engraçada, mas cumprir tudo a que me comprometo não é tanto assim. Falta tempo mesmo.

  • AF, nós também nos sentimos honrados em tê-lo como leitor. Abraço e obrigado!. PK

  • Opa Roberto! Vou fazer um poster com esse comentário! Valeu mesmo. Valeu a pena o esforço. Abração! PK

  • Francisco Bandeira

    Não tem uma fotinho do carro por baixo, fiquei curioso.

  • Valeu MA! Abraço!

  • jrgarde Há apenas um radar em Cabreúva. Por enquanto! Mas é uma estrada com muitos perigos e devemos andar na boa. O problema é que mesmo na boa acabamos caindo em armadilhas. Abraço.

    • jrgarde

      E as vezes caímos nessas “armadilhas” por 2, 3 km/h.

  • A ideia é não deixar o diabo tomar conta! E esse vídeo cai como um luva! Valeu!
    Abraço PK

  • Boni

    Parabéns mais uma vez, PK, um dos melhores posts que já li aqui!

    Você sabe que tento acompanhar o Ae em todas as redes sociais que possuo, e torço para que o site cresça ainda mais. Afinal, qualidade vocês tem de sobra!

    Vida longa ao Ae.
    Abraços,
    Boni.

    • Legal Boni! Obrigado pelos prestígio. Abraço! PK

  • Lucas Gusi

    Sensacional! Gostei muito do texto e do carro! Se eu já gosto do meu Fluence GT só posso imaginar como é bom dirigí-lo.
    Parabéns!

  • FB, o elevado cobria grande parte da área, a luz estava ruim para usar o celular, e de fato não havia nenhum detalhe especial, quase tudo coberto. Sorry! abraço, PK

  • Davi Reis

    Paulo, faço coro aos colegas leitores e digo que essa foi uma das melhores, se não a melhor matéria que já li aqui no Ae! Esse entusiasmo é difícil de explicar e de compartilhar com aqueles que não entendem, realmente. Tenho um amigo tão entusiasmado quanto eu e gostamos de sair por aí, pra “motorar” sem rumo, encontrar boas estradas desertas e botar a conversa em dia, mas nem todos conseguem entender o prazer que tudo isso envolve. É um momento que você está ali, com o carro, sem preocupações e querendo apenas aproveitar o que tem ao seu dispor, seja um DKW ou um Bentley. Um momento de se conectar com o carro de um jeito muito mais intenso que o possível nas nossas avenidas cada vez mais entupidas. Um momento de desligar o ar condicionado, abrir as janelas e só ouvir o motor girando alto e os pneus fazendo seu serviço. E, sinceramente, prefiro que as pessoas continuem a não entender o prazer que vejo nisso. Desse jeito sobra mais diversão pra mim!

    P.s.: Fico honrado pela menção e feliz que tenha gostado da minha visão sobre a comparação RS x GTI!

    • Davi, eu que fico honrado em ter você como leitor. Abraço, PK!

      • MAO

        Digo o mesmo!
        Valeu, Davi!
        MAO

  • xineis

    PK e MAO, parabéns pela pela matéria! Creio que vocês conseguiram definir de forma precisa esse entusiasmo que toma conta de nós. Uma pergunta ao PK: por algum motivo não consigo mais acessar o vídeo completo. Ele aparece como “não disponível”. Você tirou-o do ar para edição ou foi por outro motivo?
    Grande abraço,
    Lucas

  • Cláudio P

    Dois dias muito corridos, mas assim que vi pensei: vou ler mais tarde quando estiver tranquilo, pois certamente será especial ler e ver os vídeos. A tranquilidade demorou um dia a mais, mas chegou. Fantástico! Nem sei o que dizer, apenas que não se surpreendam se eu aparecer em Araçariguama algum domingo desses pela manhã. Parabéns, PK e MAO!!!

    • Valeu Claudio. Seja bem-vindo! Abraço, PK

    • MAO

      Claudio,
      Apareça mesmo! Valeu!
      MAO

  • Valeu Lucas!

  • Rodolfo

    O interior de São Paulo é muito lindo… gostei das paisagens deste sua viagem.
    Eu adoro ir nas cidades dos Circuitos das Águas Paulista. Eu bato cartão em Paranapiacaba, já fui em Lindóia, Holambra, Jaguariúna (ver as Marias Fumaça da década de 20), Monte Alegre do Sul e Socorro.

  • Rogério Ferreira

    Caramba, como tem lugar bonito e bacana nesse Brasil. Viajei de carona, no texto sensacional… Com a “terapia” proporcionada pelo carrão, esse deve ser um um daqueles passeios que nunca será esquecido. Isso sim é aproveitar a vida!

  • KzR

    PK, essa é uma matéria memorável. Difere um pouco das outras publicadas aqui, embora tenham a mesma essência. Essa mergulha na busca pela compreensão, ao menos pela sensação, da fonte e da força do entusiasmo. A viagem e as fotos em coluio com as palavras do MAO permitem-nos sentir a fagulha da emoção que essa singela palavra carrega. É mesmo algo muito especial. E agradecemos pelo esforço e por compartilhar. Revigorou não só você (e o MAO), mas todos nós aqui.

    • MAO

      KzR,
      Valeu, feliz que gostou!
      Vida longa ao Ae!
      MAO

    • KzR, legal que gostou! Então vaeu a pena! Grande abraço do PK.

  • KzR

    Aproveitando a deixa dessa matéria e de seu podcast, devemos fazer uma grande prece (e pedido) para que a Renault (e a Toyota/Subaru) nos traga o Mégane R.S. (e o GT86/BRZ) para cá junto de nós. Os entusiastas natos precisam dessas máquinas de prazer, catalisadoras de entusiasmo.

    Afinal, 30 anos de espera é muito tempo.

  • Daniel Pessoa

    Ótima matéria. Inclusive me incentivou a fazer uma viagem que fazia muito tempo que planejava e sempre adiava. Fazer o trecho Fortaleza-Guaramiranga, no Ceará, pela CE-065. Recomendo a todos os autoentusiastas que estiverem de passagem pelo Ceará, ou sejam cearenses. Estrada com pouco movimento, cheia de curvas, ótimo asfalto, e o destino é uma cidade de serra com ótimos restaurantes e clima ameno. Foi um ótimo jeito de começar 2015.

  • MAO

    Roberto, muito obrigado!
    Vida Longa ao Ae!!
    MAO

  • MAO

    Marcos,
    Que nada, barriga aumentou muito…
    Obrigado pelos elogios!
    MAO

  • MAO

    Grato, Danilo!
    MAO

  • MAO

    Domingos,
    Eu que agradeço a atenção!
    Valeu mesmo, forte abraço!
    MAO