DSC01524

O Fiat Grand Siena foi lançado para a imprensa no Chile em março de 2012, ocasião em que só andei no Essence, de motor 1,6-L, com câmbio Dualogic. Mais de um ano depois, em setembro de 2013, andei no mesma versão num “no uso”, porém com o câmbio Dualogic Plus. Faltava, portanto, ver como era o Grand Siena “de entrada”, o Attractive, com seu motor de 1.368 cm³, 85/88 cv a 5.750 rpm e 12,4/12,5 m·kgf a 3.500 rpm, tendo que carregar 1.094 kg sem contar o meu peso (85 kg). Resultado? Gostei muito.

DSC01523

Custa, básico, R$ 41.680. Os itens “essenciais’ como ar-condicionado, sistema de áudio, ajuste elétrico dos espelhos externos, rodas de alumínio de 15 polegadas, acionamento elétrico dos vidros traseiros, ajuste de altura do banco do motorista, volante em couro com comandos de rádio e sensor de estacionamento são opcionais. Infelizmente o site comercial da Fiat está aparentemente com problema no servidor e não foi possível obter o preço do veículo com todos os opcionais, que estimo em mais R$ 6 mil (será informado posteriormente).

DSC01527

Porém, de série, o Grand Siena Attractive traz cintos dianteiros com pré-tensionador, direção assistida hidráulica, computador de bordo A e B, alerta de velocidade e de manutenção programada, ajuste de altura do volante, faróis e de neblina, conta-giros,  acionamento elétrico dos vidros dianteiros um-toque, pneus de baixo atrito de rolamento, estepe 100% operacional, pára-brisa com faixa degradê, apoio de pé esquerdo, iluminação do porta-malas, banco traseiro rebatível, três apoios de cabeça no banco traseiro, acionamento interno da portinhola do tanque, chave-canivete com telecomando, entre outros itens. Como seus efeitos são conhecidos, vou focar mais no carro em si.

DSC01528

Para variar, ao retirar o carro no escritório regional da Fiat, a impressão de volante alto demais, que a regulagem de altura não consegue mitigar. E, de novo, após alguns quilômetros a impressão desaparece completamente. Outro traço característico é o toque dos engates do câmbio, distante o seco e preciso dos VW e dos também muito bons Honda, mas que, como o volante, passar a ficar agradável também. O comando é a cabo.

DSC01522

Anda bem. O motor Evo com variador de fase do comando único num campo de 40°  é mesmo muito elástico e agrada. Sua rotação de corte (que é um “sujo” suave) é 6.500 rpm, 750 rpm acima da rotação de potência máxima, e chega rápido lá. O carro testado estava abastecido com álcool e acelera razoavelmente bem, como mostra o tempo do 0-a-100 km/h oficial em 12,5 s. Retoma velocidade bem no uso calmo e a velocidade máxima, ainda segundo a Fiat, é de 175 km/h. Nada de passar vergonha, portanto. Com gasolina esses dados são 13,1 s e 173 km/h, respectivamente.

DSC01530

Punta-tacco fácil

Cruza bem na faixa 120~130 km/h. Com v/1000 de 32 km/h a rotação a 120 km/h é 3.750 rpm e não chega a incomodar, embora pudesse ser um pouco menos, algo como 3.500 rpm. À velocidade máxima o motor está a praticamente a 5.500 rpm, num bom compromisso.

DSC01532

O consumo oficial Inmetro/PBEV é 11/13 km/l cidade/estrada com gasolina e 7,7/9 km/l com álcool, mas na viagem a Engenheiro Passos (RJ) na semana retrasada obtive consistentemente 11 km/l com álcool, 120 km/h verdadeiro e ar-condicionado ligado. Mesmo com o tanque de 48 litros dá para viajar entre São Paulo e Rio de Janeiro com um tanque de álcool.

DSC01534

Cavernoso: 520 litros

A viagem de ida foi à noite e com chuva, boa iluminação. Os faróis estavam bem ajustados, não com a altura de facho excessiva que conhecemos de outros Fiat.

DSC01535

Estepe 100% operacional

O rodar do Attractive é confortável, sem nenhum traço de dureza, e curva bem, com saída de frente bem discreta. Está perfeito para  piso brasileiro, com uma suspensão silenciosa. Nessa parte a engenharia da Fiat está mesmo com a mão. A isso se junta uma cabine espaçosa tanto lateral quanto longitudinalmente, ajudado pela seis janelas. O espaço no banco traseiro é bom (fico devendo a clássica foto…) e o porta-malas é amplo, com seus 520 litros. A distância entre eixos é de 2.511 mm e o comprimento, 4.200 mm.

Para quem pensa num sedã compacto anabolizado e não faz questão de grande desempenho (mas que não passe vergonha), essa versão do Grand Siena Attractive é mesmo  de considerar.

BS

Fotos: autor

 Após a ficha técnica abaixo, mais fotos.

FICHA TÉCNICA FIAT GRAND SIENA ATTRACTIVE 2015
 
MOTOR
Tipo 4-cilindros em linha, transversal, flex
Construção Comando no cabeçote, corrente, 4 válvulas por cilindro, atuação indireta por alavanca, variador de fase
Material do bloco / cabeçote Ferro fundido / alumínio
Cilindrada 1.368 cm³
Diâmetro x curso 72 x 84 mm
Taxa de compressão 12,35:1
Potência (cv) / rpm 85 (G), 88(A) / 5.750
Torque (m·kgf) / rpm 12,4 (G), 12,5 (A) / 3.500
Limite de rotação 6.500 rpm
Formação de mistura Injeção Magneti Marelli seqüencial no duto; acelerador eletrônico
TRANSMISSÃO
Tipo Transeixo manual de 5 marchas à frente e uma à ré, tração dianteira
Relações das marchas (:1) 1ª 4,100; 2ª 2,158; 3ª 1,345; 4ª 0,974; 5ª 0,786; ré 3,818
Relação do diferencial (:1) 4,500
Embreagem Monodisco a seco, acionamento hidráulico
SUSPENSÃO
Dianteira Independente, McPherson, braço triangular, moia helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora
Traseira Eixo de torção, mola helicoidal, amortecedor pressurizado
DIREÇÃO
Tipo Pinhão e cremalheira, assistência hidraúlica indexada à rotação
Diâmetro mínimo de curva 10,2 m
FREIOS
Dianteiros A disco ventilado de Ø 257 mm
Traseiros A tambor de Ø 203 mm
Atuação Duplo-circuito em diagonal, ABS e EBD
RODAS E PNEUS
Rodas Aço, 6Jx15
Pneus 185/60R5H
CARROCERIA
Tipo Monobloco em aço, 3-volumes, 4 portas, 5 lugares
AERODINÂMICA
Coeficiente de arrasto (Cx) 0,32
Área frontal (A) 2,2 m²
Cx · A 0,704 m²
DMENSÕES (mm)
Comprimento 4.290
Largura 1.700
Altura 1.507
Distância entrei eixos 2.511
Bitola dianteira/traseira 1.442 / 1.464
Distância mínima do solo 160
CAPACIDADES
Porta-malas (L) 520
Tanque de combustível (L) 48
PESOS (kg)
Em ordem de marcha 1.094
Carga úitil 400
DESEMPENHO
Aceleração 0-100 km/h (s) 13,1 (G), 12,5 (A)
Velocidade máxima (km/h) 173 (G), 175 (A)
CONSUMO DE COMBUSTÍVEL INMETRO/PBEV
Cidade (km/l) 11 (G), 7,7 (A)
Estrada (km/l) 13 (G), 9 (A)
CALCULOS DE CÂMBIO
v/1000 em 5ª (km/h) 32
Rotação do motor a 120 km/h 3.750
Rotação à velocidade. máxima, 5ª 5.470

Mais fotos:

DSC01541

Motor de 1.368 cm³ no seu berço

DSC01540

Capricho de produção: pintura do cofre igual à externa

 DSC01543

DSC01545

DSC01547

Pinta verde, abastecido com álcool

DSC01538

DSC01550

Ótimos retrovisores externos

 DSC01546

DSC01548

DSC01529

(911 visualizações, 1 hoje)