itracker_mini0803-800x532  MAIS UM BRINQUEDINHO itracker mini0803

Chegou-me semana passada mais um brinquedinho vindo do outro lado do mundo: uma câmera de bordo, também conhecida como dashcam. Mas o que vem a ser uma dashcam? É uma câmera feita para ser usada a bordo de um carro, fixada no pára-brisa, para documentar tudo que se passa à frente do veículo. Seu uso se popularizou na Rússia, onde ela é mais usada para proteção do motorista contra processos.

Mas, espere aí… Se proteger contra processo? Como assim? Bem, se nós temos o costume de criticar a falta de ética dos nossos brasileiros gérsons, é porque nós não conhecemos os russos. Em muitos casos, eles provocam acidentes e atropelamentos para arrancar dinheiro dos motoristas. Há na internet vários vídeos de câmeras flagrando este tipo de atitude. O pedestre se joga na frente de um carro (a baixa velocidade, claro) e simula ter sido atropelado pelo motorista, com o objetivo de extorqui-lo para não prestar queixa do “atropelamento”.

Outro caso são motoristas de carros já avariados que provocam pequenas batidas  (às vezes dando ré, para simular uma colisão recebida pela traseira) e assim tentam faturar o conserto de seus carros. Se o motorista do carro de trás não tiver como provar, acaba tendo que arcar com a batida do ?????? (Gershon, Gérson em russo) inteira. Outro motivo é para dar golpes em seguradoras russas, simulando acidentes para que a seguradora da vítima arque com os prejuízos.

 

Mini 0803 Ambarella A7L50 Car Dash Camera DVR_7  MAIS UM BRINQUEDINHO Mini 0803 Ambarella A7L50 Car Dash Camera DVR 7

Por conta dessas “espertezas”, os motoristas russos passaram a usar as dashcams em seus carros. Dashcam vem do termo dashboard camera, ou câmera de painel. Apesar do nome, elas normalmente são fixadas ao pára-brisa do veículo, filmando tudo à frente. Sendo assim, elas capturam as tentativas dos ?????? russos, normalmente frustrando-os. É engraçado ver alguns vídeos na internet, o ?????? tenta aplicar o golpe, vem “cheio de razão” intimidar o motorista (lá também deve-se vender muito loção pós-barba à base de Óleo de Peroba) e este simplesmente aponta para a câmera, fazendo o ?????? ir embora frustrado, uma vez que o motorista tem a prova de que a vítima é ele, não o ??????, como este queria fazer parecer. Para assistir este tipo de vídeo, basta procurar no YouTube por “russian dashcam frustrated scam”.

Já existem na Rússia câmeras de canal duplo, que têm duas lentes para filmagem, uma virada para a frente e outra virada para a janela dos motoristas. Parece-me que lá a reputação dos policiais não é das melhores no que tange à honestidade e ao cumprimento estrito do dever.

Estas câmeras surgiram no final da década passada, por conta dos inúmeros golpes sofridos pelos motoristas russos. Sensível ao problema, o governo russo liberou o uso de dashcams em 2009, sendo que a quantidade de câmeras instaladas nos carros explodiu desde então. Estima-se que milhões de motoristas as usem como prova em caso de processos e contra policiais corruptos.

Veja como a coisa é séria por lá:

Além da Rússia, as dashcams se tornaram populares em outros países também. Por conta delas, foi possível termos em vídeo a queda do Boeing 747 da Força Aérea Americana em Bagram, no Afeganistão. Também já foram filmados tornados e até meteoritos.

Por conta do enorme mercado russo e dos anos de desenvolvimento, há no mercado um grande número de modelos de dashcams, quase que invariavelmente todos chineses. Os primeiros modelos filmavam apenas em SD (resolução padrão de DVD), mas atualmente muitos modelos já filmam e Full-HD (1920 x 1080, a resolução do Blu-Ray). Nas câmeras modernas de alta resolução, é bom ter cartões de memória grandes: um cartão de 4 Gb dá para apenas meia hora de filmagem em Full-HD. Depois disso, a câmera vai apagando os primeiros arquivos, tal como em uma “caixa preta” de avião. Quanto maior o cartão, maior o tempo de registro.

As câmeras de “primeira linha” filmam em .mov, um container desenvolvido pela Apple. Além de gravarem os vídeos, alguns modelos têm GPS e gravam um log do GPS, de forma a associar cada momento do vídeo a uma coordenada geográfica. Sendo assim, fica fácil assistir ao vídeo num programa que lê o log, com um mapa e um velocímetro ao lado da imagem. O programa mais popular para este tipo de visualização se chama “Registrator Viewer” e é gratuito.

 registrator  MAIS UM BRINQUEDINHO registrator

Para quem quer estiver interessado e quiser saber mais sobre o assunto, existe um site dedicado somente a este tipo de câmera: o Dashcamtalk. Além de muitas informações e comparativos entre os vários modelos de dashcam, há um fórum onde os usuários trocam informações e tiram dúvidas.

Estas câmeras podem ser facilmente compradas em sites chineses de compra online, por preços que variam de 50 a 200 dólares, dependendo do modelo. Só deve-se ter cuidado de comprar de uma loja de boa reputação, pois há muitas falsificações. Sim, um produto chinês sendo falsificado por outros chineses. No fórum, há indicações de vários sites confiáveis.

Vale lembrar que, por ser um produto importado via correio, ele está sujeito à taxação. A minha câmera é uma mini0803, comprada do site chinês FoxOffer. Veio normalmente pelo correio e eu tive a sorte de não ser taxado. Como a minha câmera custou US$ 115, a Receita poderia tê-lo taxado, se quisesse. Portanto, ao comprar este tipo de item no exterior, é bom estar preparado para ter que pagar o imposto, que é de 60% do valor do produto, além da tarifa de R$ 12 para buscá-lo nos correios.

Felizmente, aqui na terra brasilis ainda não chegamos neste nível de “gersonice” dos russos (e espero que não cheguemos). Portanto, não comprei a câmera com este intuito e espero não usá-la com esta finalidade. Gosto muito de viajar de carro e uma forma de lembrar das viagens é ter a filmagem das paisagens por onde passo. A câmera é muito prática para isso. Por ficar fixa no carro, a imagem é muito mais firme, muito melhor do que se fosse o passageiro segurando uma filmadora com o carro em movimento. Comprei a câmera agora porque irei à Europa em breve e quero filmar meus passeios pelas estradas européias. Aguardem, haverá matéria sobre o assunto e com vídeos feitos pela dashcam! E sim, a Alemanha, com suas Autobahnen sem limite de velocidade, está no roteiro.

CMF

Sobre o Autor

Carlos Maurício Farjoun

Formado em Administração de Empresas, atualmente trabalha como servidor público na área tributária. Apaixonado por carros, mecânica e história dos automóveis desde a infância, conhece bem a área de marketing e comportamento do consumidor, gostos que costuma trazer para posts que às vezes acabam gerando polêmica.

Publicações Relacionadas

  • RoadV8Runner

    Simplesmente absurdo o que acontece no trânsito russo, isso sim é terra sem lei… Interessante essas dashcam, dá para usar em uma infinidade de situações em que é bacana filmar o trajeto por onde se passa de carro.

  • Gabriel FT

    Estas câmeras são muito interessantes. Estou há um tempo já pensando em comprar uma para o pára-brisa e outra para o vigia traseiro, mas ainda não tive coragem de tirar o escorpião do bolso… haha
    Os vídeos que elas produzem, principalmente na Rússia e China, poderiam, e na minha opinião deveriam, ser utilizados nas auto-escolas para conscientizar e chocar os futuros motoristas, de que qualquer erro pode ser fatal. Pelo menos umas 2 horas de filmagens de acidentes e atropelamentos deveria estar no currículo. Eu mesmo, mudei bastante minha postura no trânsito após começar a assistir esses tipos de vídeos.

  • CorsarioViajante

    Só um adendo, se não me engano recolhe 60% de imposto MAIS o ICSM do Estado.
    E lembrando que o valor incide sobre o preço do produto MAIS o preço do frete MAIS o preço do seguro se houver. E que cada imposto incide sobre estes valores MAIS o imposto anterior…

    • Arrecadação em cascaa ou progressão geométrica.

    • Carlos Mauricio Farjoun

      Depende do estado. O DF não cobra ICMS nestas encomendas via correio, apenas incidem os 60% de II. E sim, sobre o valor total do bem, incluindo frete. Mas a minha veio como “frete grátis”.

  • Eurico Junior

    Chorando de rir com o vídeo… a que ponto chega o mau-caratismo do ser humano!

  • Acyr Junior

    Hum, aqui em terras tupiniquins essas câmeras vão filmar uma quantidade imensurável de assaltos nos congestionamentos e estacionamentos de shoppings. E o pior é saber que as autoridades estão tomando Activia e Johnnie Walker para isso. C’est la vie …

    • Marco R. A.

      E já estão prontos para montar uma empresinha de fachada para vender câmeras chinesas importadas irregularmente. Tipo um kit de primeiros socorros ou extintor ABC.

  • Marcos Alvarenga

    Só tenho medo de que a popularização dessas câmeras as tornem universais e em seguida sejamos pretexto para mais vigilância e fomento para a indústria das multas, como, por exemplo, multar por excesso de velocidade com base nesses dados arquivados.

    A ver.

    • Caio Azevedo

      Mas aí não seria preciso multar. Próprio dispositivo, ligado à central de injeção, limitaria eletronicamente a velocidade.

  • Uber

    Será que a justiça russa funciona mais rápido que a brasileira e os hospitais são melhores?
    Acho que isso explicaria o fato desse golpe não existir por aqui.
    Mas mesmo assim não demorará para o uso dessa câmera se difundir por aqui mais por causa da má conservação e sinalização de nossas ruas e o desrespeito às leis de trânsito por nossos motoristas e também pedestres. Sem falar da vilanização do carro que já faz o motorista ser sempre o culpado em um acidente com pedestre, ciclista ou motoqueiro.

    • Caio Azevedo

      Acho que a causa disso é leis que presumem a culpa do motorista e uma justiça despreocupada. Aqui no Brasil é a mesma coisa, só que ao contrário. Ninguém é culpado de coisa alguma em tempo algum.

  • Uber

    Fala sério, vendo o vídeo, esses caras que se jogam em cima dos carros devem ter tomado todas pra arrumar coragem de fazer isso. E mesmo assim, não vão com muita confiança…
    Mas o mais sério foi aquele penúltimo caso, ainda bem que o motorista do carro de trás estava armado. E lá como aqui, não aparece ninguém para ajudar, só ficam olhando e segurando o trânsito.

    • Caio Azevedo

      Mas isso é em qualquer lugar. É o comportamento humano. É mais fácil ser ajudado quando há um só pedestre além de você. Quando há um grupo, a responsabilidade de ajudar se dissipa.

  • Douglas

    Carlos,

    Tem como mandar o link do anúncio em que compraste?

  • Francisco Bruno de Figueredo F

    Por uma grande coincidência acabei de instalar uma Mobius Dash Cam em meu carro. CMF você tem certeza de que em Full HD um cartão de 4 GB dá para meia hora? Acho muito. não?.

  • Mr. Car

    Tomar Activia e Johnnie Walker seria algo assim como “defecar e caminhar”, he, he? Adorei esta nova versão, he, he, he!

    • Acyr Junior

      Evacuando e andando também cabe … “As the horses in the parade September 7 and naive people applauding”

  • Luiz Leitão

    Existem também, já em uso no Reino Unido, as câmeras BWV (Body-Worn Video), que vão presas aos uniformes dos policiais e filmam toda a ação deles, inibindo casos de abuso e violência injustificada.

  • Roberto

    Gostei do post informativo! Desconhecia a existência de um programa como o “Registrator Viewer”!

    No vídeo temos o exemplo de como muitas vidas poderiam ter sido salvas se as armas de fogo tivessem um acesso mais fácil.

    Infelizmente aqui no Brasil elas são proibidas e apenas alguns privilegiados conseguem ser a exceção. Infelizmente dependemos do aval de um delegado de polícia federal para dizer se nós podemos ou não proteger a nossa família e nossos bens. Triste realidade.

    E para os que são contra, reflitam: como a presidente, políticos diversos são protegidos? Como os bancos são protegidos? Como milionários são protegidos? Com armas.

    Arma de fogo é sinônimo de equilíbrio. Deixam um senhor de 70 anos (armado) no mesmo nível de um jovem de 25 anos atlético, praticante de artes marciais portando uma barra de ferro.

    • RoadV8Runner

      No meu caso, jamais posso ter arma de fogo, pois no momento de raiva extrema, não prezo por manter o raciocínio lógico e mandaria bala sem dó. Por exemplo, no caso do machão que ameaça o senhor com cano, eu teria atirado, não ficaria só na ameaça. Depois do ocorrido é que iria ver o exagero da ação, muito provavelmente já atrás das grades…
      Um policiamento mais ostensivo não acaba com todos os problemas, mas já inibe muita coisa. O problema é essa terra de ninguém que virou o Brasil, com impunidade absurda por todo lado.

  • FVG

    Muitas risadas por aqui…
    Engraçado (pra não dizer surreal) ver um dono de BMW X5 tentando tirar uma casquinha em cima dos outros. Eita gente mais tacanha!

    • Uber

      Nessa parte eu fiquei em dúvida se era golpe mesmo, pois motorista era mulher e loira e talvez quisesse só estacionar na diagonal como os outros carros ali do lado. xD

  • André K

    Ótimo post!

    Uma dúvida, se flagrarmos infrações de Gérsons, ou melhor, de
    terceiros, podemos mandar para alguma autoridade competente e servirá de prova?! Se sim, cartão SD de 16GB vai ser pouco…

    ______
    42

  • Bispo

    para quem quer uma “dash” no carro …por aqui se encontra câmera Go Pro a partir de R$200,00…com ótima qualidade

  • Carlos Mauricio Farjoun

    Sim, esta foi a minha experiência. Pelos meus cálculos, dá 16 Mbps, o que é compatível com esta resolução em h.264 (lembrando que o mesmo h.264 do nosso padrão de TV digital permite até 17 Mbps).

  • Rolim

    Quando estou com paciência, monto meu celular no para-brisas e filmo, em HD, meu percurso casa-trabalho-casa.
    Uso um suporte genérico. Comprei para usar o celular como gps, depois percebi a outra possibilidade.
    Sem custos adicionais e discreto.

  • marcus lahoz

    Somente serve como prova se você colocar um adesivo no carro informando que esta filmando.

    • Roberto

      Não sei se esta informação procede no caso de utilizar as imagens para provar de quem foi a culpa, por exemplo, em um acidente de trânsito. A não ser que você divulgue as imagens na internet. Me lembro que uma vez eu li sobre um processo relacionado a dívida de um imóvel, onde um inquilino, para provar que a imobiliária agiu de má fé, gravou as ligações telefônicas que fez para a imobiliária. A imobiliária alegou que não havia autorizado a gravação, mas como a pessoa que o fez estava também gravando a si mesma, a apelação foi indeferida, sendo dado ganho de causa para o inquilino.

      • marcus lahoz

        Pois é. A briga é enorme a respeito disso. Eu acho que pode ser usado como prova. Mas vai depender do juíz aceitar ou não.

        • Renato Texeira

          Isso é verdade. Pelo menos, pelo que eu percebi e pesquisei, está aumentando a aceitação deste tipo de prova. Todo caso, eu coloquei um adesivo no vidro traseiro do tipo “sorria, você está sendo filmado”, até para inibir alguns motoristas ruins que insistem em “colar” na traseira sem necessidade.

  • Perneta

    Já uso essas câmeras no meu carro há alguns anos. Já registrei desde mecânico indo almoçar em casa com o meu carro até valets estacionando o carro nos lugares mais absurdos.

    • Renato

      Eu também comprei uma exatamente como esta mostrada. Paguei cerca de R$200 no ML e valeu muito a pena o investimento, principalmente por conta da tranquilidade. Não quero ter o “desprazer” de passar de novo por uma situação de acidente onde, apesar de ficar nítido que não fui o culpado, as pessoas que viram o ocorrido quiseram ser testemunha.

  • Lorenzo Frigerio

    A melhor maneira de se ter uma tragédia na sua casa é tendo nela uma arma de fogo.
    Lugar de arma é na mão de profissionais exclusivamente. Só abriria exceções em lugares isolados, no campo. Mas o usuário deveria ser obrigado a fazer um curso de manejo e passar por um exame psicológico antes de ganhar autorização.

    • Roberto

      Lorenzo Frigerio, a maior tragédia é a gente ficar submisso dentro da nossa própria casa, sofrer violência gratuita sem poder reagir.

      Fato real: grupo de 5 bandidos invadem casa e não encontra resistência. Nela há, além do pai, duas filhas adolescentes e a esposa. Após agressões, os bandidos amarram o homem e o obriga a assistir o estupro coletivo da esposa e filhas.
      Havendo uma arma de fogo em casa, essa situação poderia ter sido evitada.

      Outro fato real: dois bandidos invadem casa em que há uma dona de casa sozinha. Ela sabidamente se esconde em seu quarto. No quarto, há quatro armas do marido que é atirador certificado pelo Exército Brasileiro. Ela atira na porta no momento que os dois bandidos tentavam a entrada à força. Após um ser alvejado e outro fugir, ela liga para a polícia.

      Uma tragédia foi evitada com o uso de uma arma de fogo por uma civil, que felizmente sabia manusear a arma de fogo porque frequentava o stand de tiro com o marido.

      É impossível haver um policial em cada esquina. Nós temos de cuidar da nossa proteção.

      É uma questão de liberdade. Que o Estado libere a posse e porte irrestrito e que tenha uma arma quem assim desejar!

    • LucasMoraisdaSilva

      Isso já existe, todo cidadão que deseja ter uma arma de fogo legalizada já tem que passar por avaliação psicológica e curso de tiro e manuseio, não é nada do outro mundo isso que você disse! quem não precisa passar por nada disso são os bandidos, que já não respeitam lei nenhuma e já conseguem armas ilegais via trafico, por um acaso irão respeitar lei de desarmamento??

  • Lorenzo Frigerio

    Compro peças dos EUA de vez em quando e o ICMS não tem sido cobrado. Portanto, é melhor evitar o iParcel, se você não tem extrema urgência da mercadoria e pode esperar o trâmite dela pela alfândega.
    Já a taxa de R$12,00 é uma roubalheira recente. Os funcionários dos correios nem sabem o que ela é, mas têm que cobrá-la. E se o pacote ficar na agência mais de uma semana, você paga “estadia”. Coisa de terceiro mundo, mesmo.

  • Lucas dos Santos

    Se o objetivo for fazer com que os “Gérsons” sejam multados, não serve.

    De acordo com a legislação, só podem ser multados os motoristas flagrados pelas câmeras das próprias autoridades – ou algo parecido.

    O máximo que você pode fazer é utilizar as imagens para ridicularizá-los na internet, como fazia um extinto blog.

    • Bispo

      E ira tomar processo por danos morais..

      Se o cara esta errado em “pilotar em via pública”, tão errado está o “civil” que sai filmando para “ridicularizar seja lá quem for”.

  • Allan Welson

    Reportagem sobre o assunto:

    http://video.foxnews.com/v/3767925778001/the-benefits-of-body-worn-video-technology/#sp=show-clips

    Neste exemplo, a empresa fornecedora da solução é a VIEVU.
    Os equipamentos seguem o padrão FIPS 140-2. O software de gerenciamento assina digitalmente o arquivo garantindo a autenticidade da gravação (proteção contra manipulação e fraude de vídeo). Conta também com proteção criptográfica do conteúdo em caso de perda ou roubo do equipamento (proteção contra acesso não autorizado).

    Fornecem o equipamento via contrato em pacote de solução:
    http://www.vievu.com/vievu-products/straight-shooter-25/

    US$ 25 / mês.

    Como também venda direta do equipamento e serviços extras:
    http://www.vievu.com/vievu-products/hardware/

    http://www.vievu.com/vievu-products/software/

  • Allan Welson

    Farjoun, vai utilizar um “avião”?

    Que bela visão. Dá uma paz…

  • CharlesAle

    Go pro é uma das melhores..

  • Wagner Bonfim

    Utilizo meu próprio celular para isto, com um software chamado DailyRoads, que também registra as coordenadas do GPS. Depois de várias tentativas, consegui um bom suporte, que mantém a imagem fixa.

    O maior problema é o alto consumo de bateria, e a temperatura.

  • Leonardo Mendes

    Felizmente, aqui na terra brasilis ainda não chegamos neste nível de “gersonice” dos russos

    Daqui a uns 2 anos a gente conversa a esse respeito…rs.

  • Impressionante é o fato de a estrada estar incrivelmente vazia.

  • Leonardo Mendes

    Os policiais que aparecem no Polícia 24h usam uma dessas.

  • Dieki

    Não tem como deixar ela ligada no carro? Tipo, carregando o tempo todo?

    • Renato Texeira

      Eu tenho uma quase igual a esta (tem as mesmas funcionalidades e externamente é igual, só mudando o fabricante) e com o carro ligado ela fica carregando enquanto filma. Quando desliga, eu acho que só se tiver como ligar diretamente na alimentação da bateria para ficar carregando.

  • Bruno L. Albrecht

    Será que estava chovendo ou o cara atropelou um enxame de insetos?

  • ccn1410

    É o que você pensa.
    Infelizmente eles existem!

  • Sandro

    Amigos, sem querer criar falsa polêmica, lamento ver como ainda hoje – e talvez por muito tempo ainda – persiste a referência ao Gérson como símbolo da falta de ética. Lamentavelmente não faltam outros exemplos reais de desvio de conduta na realidade brasileira e a tal da “lei” poderia levar muitos outros nomes, com bastante propriedade.

    A questão é que o Gérson teve a infeliz decisão de aceitar fazer a propaganda do cigarro Vila Rica nos idos de 1970 e pouco e repetir em rede nacional a famigerada frase criada por um redator qualquer (cujo nome foi devidamente esquecido pela história). Ele mesmo já repudiou o episódio, mas não tem jeito – ficou com a “honra” de simbolizar um tipo de comportamento tão comum nestas terras.

    Eu não conheço o Gérson pessoalmente, mas sendo ele uma figura pública — e além do fato de ter sido um dos melhores futebolistas da história —, até onde se sabe viveu e vive uma vida digna, não constando nada que o desabone. A tal da “lei de Gérson” caiu na boca do povo, mas usar e abusar dessa expressão de gosto duvidoso não torna melhor um texto jornalístico — embora lhe confira alguma “vantagem” junto a boa parte dos leitores.

    • Bob Sharp

      Sandro
      Me desculpe, mas seu comentário não tem nada a ver e, principalmente, foi bastante ofensivo no final. Por pouco não o deletei. Levar vantagem não é sinônimo de faltar com a ética. No próprio futebol, no qual Gérson se destacou, levar vantagem numa falta é perfeitamente normal, está na regra. O Gérson era meio-de-campo, a posição que exige mais correr em campo, e era fumante, todos sabiam disso, do que se aproveitou – lícita e oportunamente – a J. Reynolds Tobacco Co. para usar Gérson nos seus comerciais do cigarro Vila Rica logo após o tricampeonato no México. O Vila Rica tinha vantagem em preço, era da classe do Minister da rival Cia. de Cigarros Souza Cruz, mas custava bem menos. Essa era a mensagem do “levar vantagem”, que nesse caso específico nada tinha de imoral. Fora que naquela época não não havia o absurdo patrulhamento de hoje, fumar era perfeitamente aceito na sociedade não haveria por que Gérson recusar, apenas faria uso da sua imagem. O comercial foi tão eficaz e marcante que sua mensagem ficou para sempre, já está na segunda geração e vai para a terceira. Se houve uma deturpação no sentido, isso é passível de acontecer quando alguma coisa cai na boca do povo. Eu mesmo criei, com toda propriedade, o termo “gersonflex”, levar a vantagem de usar um combustível bem mais barato (na época) e, se faltasse, era só abastecer com gasolina. Um bom caso em que a Lei de Gérson se aplica. E agradeço, mas não preciso de conselhos sobre texto jornalístico. É justamente o que o Ae não precisa.

      • Jorge Moraes

        Bob, você é sim um excelente jornalista, mas a critica do amigo é válida e deveria ser melhor digerida. Como acabei fazendo outra crítica, coisa que o AE não precisa, já imagino que o comentário será “deletado”. Sempre há algo para se aprender e refletir Bob.

      • AstraPower

        Sem ofensa ao camarada ali de cima, que me parece bem intencionado nas colocações, mas está complicada essa patrulha do politicamente correto… putz

  • Rogério Ferreira

    Outro dia estava assistindo no Youtube, o canal Vodka Video, naquilo que seria um “dia normal” no trânsito russo, é impressionante, não só as proezas dos Гершон…a falta de noção básica das mais elementares leis de trânsito, é algo assustador… Nada de preferências, ultrapassagens pela direita, pelo acostamento, conversões proibidas, fechadas propositais, velocidades altíssimas, numa rodovia coberta de NEVE! é claro, culminando num total descontrole do veículo e uma colisão frontal com outro (e talvez fatal), Não sei como deve ser o processo de habilitação russo, presumo que seja apenas algo que se compre, nos esquemas, sem qualquer prova de aptidão. É claro que existem muitos vídeos hilários, como o de um motorista, que com seu Lada Laika (existem muitos por lá, se não me engano, foram fabricados até 2012!) conseguiu tirar para fora da rodovia, um enorme caminhão caçamba, e é claro, ambos se estabacaram. Os caminhoneiros de lá, são um espetáculo de sandice à parte. Mas na Rússia, assim como em qualquer país que foi acometido pelo mal da cortina de ferro do socialismo, no passado, a corrupção é algo institucionalizado, quase legalizada. O espírito de Гершон, é normal em todas autoridades, inclusive no arrogante presidente,”Putin new napoleon” que é a cara do povo de lá, por isso é tão popular. Ele representa bem a essência cultural do povo russo. Mas antes de “tacar” pedra, em direção ao outro lado do globo, tenho que olhar para minha própria casa. Aqui no Brasil, não está muito diferente, vivemos a onda de um governo com tendências populistas e a corrupção aqui, aos poucos se aproxima do nível russo. E o pior o brasileiro, também está ficando adepto da cultura da safadeza e esperteza e olha somente para o próprio umbigo, na hora de tomar decisões importantes: Escândalos, esquemas, propinas, nada disso é suficiente para abalar a reputação de um candidato (ou candidata)… Pelo contrário. Quanto maior a sujeira, maior a chance de reeleição. Só impera o esquema toma lá da cá, ou seja, voto em você, se você me der tal benefício, A corrupção aqui, também está institucionalizada, especialmente a compra de votos com benefícios sociais. Desculpe-me desvirtuar um pouco o assunto, é que não resisti prometo que da próxima vez, falo apenas sobre carros e trânsito aqui!

  • Kantynho

    Deixa uma GoPro fixa no carro pra ver o que acontece.. rsrs
    Acho que o bacana dessas câmeras é elas ficarem discretas e fixas no carro.. ficar tirando e colocando câmera ou o celular é muito chato.

  • Диего Серафини

    Alguns videos de tornados nos EUA para ilustrar o uso da dashcam e gopro. Quem gostava do programa Storm Chasers do DIscovery Channel vai apreciar:

    A propósito, a Russia não é feita só de trânsito caótico e golpistas, também tem coisas apreciáveis:

  • Marco R. A.

    Se eu encher a frente do meu carro de prego enferrujado será que alguém vai ter coragem de pular no capô?