OSLO, PARAÍSO PARA ELÉTRICOS



Capital da Noruega, estacionamento para elétricos

Capital da Noruega, estacionamento para elétricos

Política e economia estão sempre juntas, em qualquer lugar. Na área de automóveis os modelos que compramos mostram bem isso. Se não tem carros novos para vender, fica como em Cuba. Se a gasolina fica bastante barata, vamos comprar carros enormes e gastadores, como suves e picapes nos EUA. Se o carro a diesel fica com imposto mais barato de que os a gasolina, compramos muitos carros a diesel como numa grande parte da Europa. No caso de carros elétricos poderem ter energia de graça do Estado, vamos comprar carros elétricos.

Cada parte do mundo tem suas prioridades, e ali cada político tem as dele e as dos lobistas “ajudando” para as decisões chegarem para o lado bom para eles.

Num pais muito rico (renda  per capita é o dobro dos Estados Unidos) exportando muito petróleo, pode-se pensar que a gasolina deve ser bem barata e que rodam por lá muitas picapes grandes com cabine dupla e motor V-8, que fazem uns 5 km/l de gasolina. Aqui  perto da Suécia há um país assim, a Noruega. Um país pequeno, com uns 5 milhões de habitantes, que exporta muito petróleo e que no caixa do governo agora tem 1,5 trilhões de reais sobrando.

 

BMW i3

Tudo do bom e do melhor: um BMW i3 em primeiro plano, Testa Model S ao lado

 

El park 1

Nem parece que são tantos elétricos

 

El park 2

Placa com regulamento e o tempo máximo grátis, 16 horas

 

El park 4

Um belo carro, andei em um desses

 

Mitsh i Miev

Mitsubishi iMiev

 

Nissan Leaf 2

Nissan Leaf 2 passando ao lado de um Tesla

 

Nissan Leaf

Nissan Leaf

Com certeza na Noruega poderiam fazer como na Venezuela, colocar um preço bem baixo e todo mundo poderia  andar de carro quase de graça. Só que na Noruega não pensam assim. Por causa das preocupações com o meio ambiente, o imposto da gasolina é alto, um litro custa uns R$ 5,50. Os impostos de carros importados — só tem carro importado —  é ainda maior do que no Brasil, uns 100% mais ou menos. Na capital, Oslo, há pedágio urbano, que  custa uns R$ 12,00 para entrar na cidade e outros tantos para sair.

Só que tem uma diferença, uma diferença muito grande, na Noruega. Se por acaso você for comprar um carro elétrico é uma outra história, totalmente diferente. Imposto para importar um, não tem. Pedágio para carro elétrico também não. Com carro elétrico pode-se trafegar nas faixas de ônibus e passar ao lado de todos os carros normais parados.

 

Circulando na faixa de ônibus e táxis, sem restrições

A cidade de Oslo também tem estacionamentos só para carro elétrico e neles há energia de graça durante 16 horas, sem pagar nada. O fabricante de carros elétricos Tesla tam também uns 10 “superchargers”, onde os seus clientes podem recarregar suas baterias de graça. Diz a Tesla:

“Os supercarregadores da Tesla permitem que os proprietários do modelo S rodem gratuitamente entre cidades da América do Norte, Europa e Ásia. Os carregadores provêm metade da carga em 20 minutos e são estrategicamente localizados para permitir que os donos dirijam de estação a estação com um mínimo de paradas. Os supercarregadores estão localizados em pontos como restaurantes, cafés e shopping centers. Os viajantes podem parar para uma refeição e ter o seu Tesla Model S carregado quando tiverem terminado a atividade.”

Abaixo, cada ponto é um lugar com supercarregador da Tesla:

 

Carregadores da Tesla hoje

Previsto para 2015:

 

Daqui a um ano será assim

Mas, quem quer ter um carro elétrico? Carrocerias pequenas, carros que só rodam uns 100 km por carga… Só que um Tesla S não tem nada a ver com uma “latinha” e anda uns 400 quilômetros com uma carga.  Eu tive a oportunidade de dirigir dois Tesla S P85+ nos últimos meses e daqui a algumas semanas vai um post para vocês aí no Ae.

O Tesla S é um carro elétrico quase como um carro “normal”. É mesmo. Então, vou dizer para vocês quais são os três carros mais vendidos na Noruega atualmente.

Em terceiro lugar:
Nissan Leaf. Um carro elétrico do tamanho de um VW Polo, com autonomia de uns  cento e  poucos quilômetros por “tanque”.

Em segundo lugar:
VW Golf. Sim, um carro todo normal, motor a combustão,  e assim vamos para o

Primeiro lugar:
Tesla S

Não estou brincando, o carro americano elétrico Tesla S é o carro mais vendido na Noruega! A primeira vez que ouvi isso foi em novembro do ano passado e pensei: será? Deve ser vendas acumuladas, pois o começo das vendas foi muito bom na Noruega. Mas seis meses depois ouvi isso de novo, e o  fato é que o Tesla S é mesmo o carro mais vendido no país. As vendas ficam ao redor de 2.500 carros por mês (VW Golf uns 1.500 e Nissan Leaf, uns 1.000). Como pode? Assim, fiquei mais interessado ainda no Tesla S e na cidade de Oslo. Viajei até lá e tirei algumas fotos para vocês. A cidade não é cheia de carros elétricos mas tem bastante, cada minuto se vê um. Ver um elétrico é bem fácil lá.

 

Citroën C Zero

 

O carro mais vendido na Noruega: Tesla

 

Para onde se olha, mais um Tesla, incrível

 

Testa rack

Tesla circulando na faixa de ônibus

 

E-Golf

Golf, o segundo mais vendido,ao lado de um Leaf, o terceiro

 

HJ

Fotos: autor
(249 visualizações, 1 hoje)