A Ford apresentou nos dias 6 e 7 o novo Ka hatchback e sua versão sedã, o Ka+, motores 1-litro de 3 cilindros e 1,5 litro de quatro. Do antigo tendo apenas o nome, seu porte é algo próximo ao do New Fiesta (este, números entre parênteses), com 3.888 mm de comprimento (3.969 mm), – 81 mm; 1.695 mm de largura sem espelhos/1.911 mm com (1.787/1.978 mm) – 92/, –  67 mm; 1.525 mm de altura (1.464 mm), + 61 mm; e entreeixos, 2.491 mm (2.489 mm), + 2 mm.

É o primeiro da espécie no universo Ford, projeto global centralizado na fábrica de Camaçari, e deverá ser fabricado na Índia e na China.

O estilo é tipicamente Ford atual, cujo maior destaque é a grade à “Aston Martin” que muito sucesso fez no Fusion e no New Fiesta (esperada no novo Focus. já existente na Europa e EUA). A vantagem que logo chama a atenção no New Ka é o bom espaço para pernas e cabeça no banco traseiro, sabidamente uma deficiência do irmão maior. É resultado principalmente da maior altura, que sempre permite melhor aproveitamento do espaço interno. Os vidros das portas traseiras, entretanto, baixam cerca de 80%.

 

DSC00653

“Sentado atrás de mim”: ótimo espaço para pernas e cabeça

O que é novidade no nome de modelo Ka é haver agora uma versão sedã, de 4.254 mm de comprimento, menos 152 mm que o New Fiesta sedã;  mais estreito 27/66 mm (sem/com espelhos); 50 mm mais alto e com os mesmos 2 mm mais entre os eixos.

O Cx do hatch é 0,33 e o do sedã, 0,32. A área frontal (calculada) é a mesma para as duas carrocerias, 2,06 m², o que dá o bom resultado final de 0,679 m² e 0,659 m², respectivamente.

 

DSC00655 web

Visual compacto com desenho típico Ford

Com 445 litros de volume do porta-malas de tampa com dobradiças pantográficas, o Ka+ perde para o New Fiesta sedã em 20 litros. O hatchback Ka também perde para seu par maior nesse ponto, com 257 litros versus 281 litros.

A diferença de preço entre as carrocerias é de exatos R$ 2.500, enquanto nos motores ela sobe para R$ 5.000 qualquer que seja a versão de acabamento, que são a básica SE, a intermediária SE Plus e a topo SEL.

 

Preços Novo Ka
Hatch (Ka) Sedã (Ka+)
R$ R$
SE 1,0 35.390 37.890
SE Plus 1,0 37.390 39.890
SEL 1,0 39.990 42.490
SE 1,5 40.390 42.890
SE Plus 1,5 42.390 44.890
SEL 1,5 44.990 47.490

A Ford espera alguma canibalização sobre o New Fiesta, fato normal na indústria, mas nada que seja preocupante. O objetivo é aumentar presença no mercado brasileiro com um produto inteiramente novo, à altura de enfrentar concorrência forte como HB20, Ônix,  Sandero, Gol e Palio. Para o Ka+ os alvos são Logan, Siena, Voyage, Prisma e HB20 S.

A dotação de itens de série no básico SE inclui ar-condicionado, direção com assistência elétrica, acionamento elétrico dos vidros dianteiros, travas elétricas com controle remoto, rádio My Connection Gen.3 com AM/FM, USB, My Ford Dock, controle de frenagem em curvas (associado à EBD, distribuição eletrônica das forças de frenagem), limpador e lavador do vidro traseiro e abertura elétrica do fecho do porta-malas.

 

DSC00636 web

O SE Plus recebe acionamento elétrico dos vidros traseiros e sistema de conectividade Sync, menos o lavador e lavador do vidro traseiro no caso do sedã Ka+.

O topo de linha SEL traz controle de estabilidade e tração AdvanceTrac (primazia neste segmento), assistente de partida em rampas, rodas de alumínio de 15 pol. e pneus 195/55R15V, faróis de neblina, computador de bordo (uso prático, botão na extremidade da alavanca da seta, esta com função pisca-3), alarme volumétrico, ajuste de altura do banco do motorista, grade dianteira com acabamento cromado e lanternas traseiras escurecidas. O estepe armazenado horizontalmente no interior do porta-malas é temporário, roda de aço e pneu 175/65R14T, adesivado com limite de velocidade de 80 km/h.

As vendas começam em setembro nas 435 concessionárias da marca com o hatchback 1-litro e em outubro, o sedã, inicialmente com motor 1,5-l, quando passa a ser disponível também no hatchback. Só em novembro é que chegará o sedã com motor 1-L.

Charme do 3-cilindros

Não há dúvida de que o maior charme do novo KA é estar estreando o novo motor 1-litro de três cilindros fabricado em Camaçari.  Apesar do bloco de ferro fundido, supera em potência e torque o todo-alumínio do Volkswagen up! e Fox BlueMotion, decorrência de fatores como a taxa de compressão de 12:1 (11,5:1 no VW) e variador de fase tanto na admissão quanto no escapamento (só admissão no up!). Desenvolve a 80/85 cv (gasolina/álcool) de 6.300 a 6.500 rpm e 10,2 m·kgf a 3.500 rpm (gasolina) e 10,7 m·kgf a 4.500 rpm (álcool). O motor alemão, para comparação, fica com 75/82cv a 6.250 rpm e 9,7/10,4 m·kgf a de 3.000 a 3.800 rpm. Ambos são de quatro válvulas por cilindro. A partida do motor exige apertar o pedal de embreagem.

 

DSC00640 web

O motor 1-l de 3 cilindros é mais potente do Brasil nesta cilindrada

A configuração do motor é de curso longo, 81,8 mm para diâmetro dos cilindros de 71,9 mm, enquanto no up! o curso é 76,4 mm com diâmetro 74,5 mm. Motores de curso longo normalmente têm mais torque.

Ambos contam com sistema de partida a frio, quando com álcool e menos de 18 °C de temperatura ambiente, que não tem injeção de gasolina, mas só o Ford  tem a correia dentada de acionamento dos comandos de válvulas enclausurada e lubrificada com óleo, o que lhe garante vida útil igual a do motor. sempre definida pela Ford com 240.000 km. No VW a correia dentada deve ser trocada a cada 120.000 km ou 4 anos e meio.

Em funcionamento são motores praticamente idênticos. Olhando-se os motores em marcha-lenta oscilam igual, ficam “tremendo”, mas o efeito cessa à menor acelerada, e sem que passe para o interior.  No dia do teste em Trancoso (BA) só havia versões 1-L para se andar, a maioria hatchback, que foi o carro em que andei, um SEL.

Seu peso em ordem de marcha é 1.026 kg, 68 kg mais que o VW up! high up! 4-portas, o mais pesado da linha. Desempenha bem, retoma bem. velocidade, o motor é muito elástico.  A Ford não informou desempenho das duas motorizações, mas em conversa informal o gerente de engenharia veicular da Ford, Klaus Mello falou em 0-100 km/h em 13,9 segundos, “abaixo de 14 s,” disse.  Ou seja, regula com o up!, que oficialmente efetua essa aceleração em 12,4 segundos, com álcool.

 

DSC00654 web

Visual da traseira agrada

A v/1000 é 30,5 km/h, portanto se a velocidade máxima for igual à do up!, 165 km/h, o motor estaria a 5.400 rpm. praticamente 1.000 rpm abaixo do pico a 6.300 rpm. Em quarta, no corte observado a 6.700 rpm, iria a 162 km/h (v/1000 24,2 km/h).  A 120 km/h em 5ª, 3.900 rpm.

 

DSC00594 web

A traseira do sedã Ka+ é agradável

A sonoridade do motor é bastante agradável, igualando-se ao up!  nisso. Lembra o rumor de um seis-cilindros boxer e vai ao corte  (limpo) facilmente, atingindo esse ponto antes que se espere, tal a presteza.

O consumo Inmetro/Conpet deu a o novo Ka 1-litro nota nota “A” no Selo de Eficiência  Energética. Com gasolina, 13 km/l na cidade e 15,1 km/l na estrada; com álcool, 8,9 km/l cidade e 10,4 km/l estrada.

Quem desejar subir de categoria em veículos, sair do 1-litro, terá no Ka+ como o motor Sigma 1,5 (1.498,5 cm³) um bom passo. Motor moderno, bloco e cabeçote de alumínio, estado-da-arte exceto pela injeção de combustível, no duto em vez de direta, é um duplo-comando de quatro válvulas por cilindro que desenvolve 105 cv a 6.500 rpm com gasolina e 110 cv a 5.500 rpm com álcool, e 14,6 m·kgf a 4.250 rpm com gasolina e 14,9 m·kgf, à mesma rotação, com álcool. Falarei mais dele quando receber o novo Ka 1,5-l para teste.

Esse novo Ka é bom de andar,  confortável, preciso de direção, relação provavelmente é a mesma do New Fiesta, que é 14,3:1. Faz curva muito bem com a bem calibrada suspensão dianteira McPherson com subchassi e traseira por eixo de torção. O câmbio do transeixo IB5— o mesmo do Escort 1984, de origem francesa, porém melhorado ao longo dos anos e produzido há bastante tempo na unidade Ford de Taubaté — funciona  impecavelmente com seu comando a cabo. Freios a disco ventilado na dianteira e a tambor na traseira mostram potência adequada e cumprem bem seu papel.

O quadro de instrumentos não é “Wolfsburg”, mas tem boa legibilidade, embora o conta-giros de diâmetro cerca de 60% em relação ao velocímetro central não seja o ideal na minha opinião. Pelo menos fica no lado esquerdo. Há luz de troca de marcha para ajudar a dirigir com menor consumo.

 

DSC00631 web

O quadro de instrumentos não é “Wolfsburg”, mas tem boa legibilidade

Por enquanto, segundo os objetivos mercadológicos do novo Ka, não se cogita eliminar o pedal de embreagem, mas um dos executivos presentes ao lançamento admitiu que poderá vir um robotizado num futuro próximo.

 

DSC00645 web

Por enquanto, só câmbio manual, mas poderá vir um robotizado

O volante tem ajuste de altura em todas as versões, mas o do banco do motorista, só na topo. Há a interessante solução de um porta-objetos “secreto”, situado na extremidade esquerda do painel e que fica totalmente ocultado pela porta quando fechada. Há também um cada  ponta do assento do banco traseiro, bastante útil. A lamentar mesmo é não haver ajuste elétrico dos espelhos — pelo menos no direito — nem na versão-topo,  e tampouco repetidoras do indicador de direção vindas de fábrica, só como acessório. E nem faixa degradê no pára-brisa.  Elogios para os bancos dianteiros, com assentos de comprimento adequado que proporciona bom apoio das coxas, mas os pedais de freio e acelerador são muito distantes um do outro, tornando difícil o punta-tacco.

 

DSC00625 web

O porta-objetos “secreto”, uma idéia brilhante

Atrativos adicionais

A Ford conta com dois fortes atrativos para o seu novo produto. Um é conectividade Sync, opcional na versão SE e de série na SEL.  O equipamento vem com rádio, CD e MP3-player com Bluetooth, controles no volante e comandos de voz para celular e áudio, leitor de SMS, download automático da agenda de telefones e permite parear até 10 telefones. A conectividade inclui o sistema AppLink, tecnologia que permite acessar aplicativos do celular por meio de comandos de voz, abrindo um leque de novas possibilidades de serviço e entretenimento. Tudo isso mantendo o motorista com as mãos no volante e os olhos na pista, a premissa da filosofia de conectividade com segurança da fabricante.

O outro atrativo, e primazia num carro fabricado no Brasil, é a chamada de emergência  automática, por um aparelho celular pareado, para o Samu (Serviço de Assistência Móvel de Urgência, o 192) ao disparar uma bolsa inflável ou houver corte do sistema de alimentação de combustível, ambos sinais de que o veículo se acidentou de maneira grave.

Atrairá compradores também a evolução do plano de manutenção, iniciada com o novo KA. Antes, a primeira revisão de veículos Ford era com seis meses ou 10.000 km (prevalecendo o que ocorresse primeiro) e as revisões sucessivas com mesma quilometragem ou periodicidade. Agora a primeira revisão continua aos seis meses mas sem quilometragem e as demais serão a cada ano ou 10.000 km. Ficou mais lógico, pois era muito inconveniente antes e pesava no bolso do proprietário, fora a perda de tempo.

 

DSC00622 web

Portanto, temos aí mais um contendor de peso no disputado mercado de carros compactos, compreendendo hatchbacks e sedãs, que responde por quase 60% do mercado brasileiro.

BS

 

FICHA TÉCNICA NOVO KA/KA+
MOTOR 1-L 1,5-L
Tipo 3 cilindros em linha, duplo comando de válvulas no cabeçote, variador de fase admissão e escapamento, correia dentada, 4 válvulas por cilindro, bloco de ferro fundido e cabeçote de alumínio; instalação transversal 4 cilindros em linha, duplo comando de válvulas no cabeçote, correia dentada, 4 válvulas por cilindro, bloco e cabeçote de alumínio; instalação transversal
Cilindrada 997,3 cm³ 1498,5 cm³
Diâmetro e curso 71,9 x 81,8 mm 79 x 76,4 mm
Taxa de compressão 12:1 11:1
Potência 80 cv (G), 85 cv (A) de 6.300 a 6.500 rpm 105 cv a 6.500 rpm (G), 110 cv a 5.500 rpm (A)
Rotação de corte 6.700 rpm 6.800 rpm
Torque 10,2 m·kgf a 3.500 rpm (G) e 10,7 m·kgf a 4.500 rpm (A) 14,6 m·kgf (G) e 14,9 m·kgf (A), a 4.250 rpm
Formação de mistura Injeção eletrônica seqüencial nos dutos
Combustível Gasolina e/ou álcool
TRANSMISSÃO
Embreagem Monodisco a seco, comando hidráulico
Câmbio Transeixo dianteiro de 5 marchas manuais, tração dianteira
Relações das marchas 1ª 3,846:1; 2ª 2,038:1; 3ª 1,281:1; 4ª 0,951:1; 5ª 0,756:1; ré 3,615:1
Relação do diferencial 4,73:1 4,07;1
SUSPENSÃO
Dianteira Independente, McPherson, braço triangular inferior, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora
Traseira Eixo de torção, mola helicoidal e amortecedor pressurizado
DIREÇÃO
Tipo Pinhão e cremalheira, assistência elétrica indexada à velocidade
Relação de direção 14,3:1
FREIOS
Dianteiros A disco ventilado
Traseiros A tambor
RODAS E PNEUS
Rodas Aço, 5,5Jx14 ou aluminio 6Jx15
Pneus 175/65R14T ou 195/55R15H
DIMENSÕES
Comprimento 3.886 mm (KA+ 4.254 mm)
Largura sem/com espelhos 1695/1.911 mm
Altura 1525 mm
Distância entre eixos 2491 mm
CONSTRUÇÃO
Tipo Monobloco em aço, hatchback, 4 portas, 5 lugares, subchassi dianteiro
AERODINÂMICA
Cx 0,33 (KA+ 0,32)
Área frontal (calculada) 2.06 m²
Cx x área frontal 0,679 m² (KA+ 0,659 m²)
PESOS E CAPACIDADES
Peso em ordem de marcha 1.007 kg (SEL 1.026 kg) / KA+ 1.022 kg (SE e SEL) 1.018 kg (SEL 1.034 kg) / KA+ SE 1.032 kg e SEL 1.048 kg
Porta-malas 257 litros (KA+ 445 litros)
Tanque de combustível 51,6 litros
DESEMPENHO
Aceleração 0-100 km/h 13,9 s (A; G N.D.) N.D.
Velocidade máxima (est) 165 km/h
CALCULOS DE CÂMBIO
v/1000 em 5ª 29,8 km/h 35,4 km/h (motor 1,5-l)
Rotação a 120 km/h em 5ª 4.000 rpm 3.390 rpm
Rotação em vel. máxima, 5ª 5.540 rpm 5.900 rpm (em 4ª, motor 1,5)
GARANTIA
Termo 3 anos
Troca de óleo 10.000 km ou 1 ano
Revisões 10.000 km ou 1 ano
EQUIPAMENTOS NOVO KA E KA+
SE SE Plus SEL
Abertura ele’trica do porta-malas
Acabamento SEL
Acionamento 1-varrida do limpador
AdvanceTrac (controle de establidade e tração)
Ajuste de alt. do banco do motorista
Ajuste de altura do volante
Alarme volumétrico
Antena de teto na traseira
Ar-condicionado
Assistente de partida em rampa
Chave-canivete
Computador de bordo
Conta-giros
Direção com assist. elétrica
Espelhos retrovisores cor do veículo
Freios com controle de curva
Grade dianteira com aplique cromado
Indicador de troca de marcha
Lanternas traseiras escurecidas
Limpador/desembaçador do vidro traseiro (Ka+ não)
Maçanetas externas cor do veículo
My Ford Dock
MyConnectio Gen.3 (rádio AM/FM, USB, Bluetooth)
Pacote de acabamento SE
Pisca-3
Pneus “verdes” 175/65R14
Pneus “verdes” 195/55R15
Quatro alto-falantes
Roda de aço 14″ com calota integral
Roda de alumínio de 15″
Sync media system com Applink, Assistência de emergência, CD/MP3/USB/Bluetooth, comandos de voz em português, controles de áudio e telefone no volante
Tapetes de carpete
Travas elétricas c/ controle remoto
Vidros elétricos dianteiros
Vidros elétricos traseiros
(2.320 visualizações, 2 hoje)